Millenium / Guias de games / League of Legends /

LoL: Os campeões mais difíceis de se jogar em cada rota

LoL: Os campeões mais difíceis de se jogar em cada rota
0

É muito comum que jogadores iniciantes procurem quais são os campeões mais fáceis de se jogar, mas e quanto aos mais complexos?

Apesar de alguns campeões possuírem mecânicas mais complicadas em League of Legends, será bastante recompensador dominá-los, pois também costumam ser confusos e imprevisíveis para os adversários.

Vocês já conferiram nosso guia com os campeões mais fáceis de se jogar em cada rota, com 18 campeões para você escolher. Mas agora chegou a hora de saber quem são os campeões mais difíceis de cada rota.

Lembrando que Irelia, Riven e Gangplank não estarão no guia, porque já foram inclusos na lista de campeões mais difíceis de se jogar da rota do topo. E se você acha que algum outro campeão precisa estar nessa lista é só comentar. Nós queremos saber a sua opinião.

Rota inferior - Atirador

Aphelios

Aphelios, um dos atiradores mais difíceis de se jogar - League of Legends
Aphelios, um dos atiradores mais difíceis de se jogar

Com certeza ele estaria nessa lista. Aphelios possui uma mecânica bastante diferente, trocando de arma constantemente. Isso o torna muito dinâmico, mas sua vantagem pode ser uma desvantagem.

Embora possua armamentos para situações diferentes e uma adaptabilidade altíssima, cada arma possui munição limitada e é preciso saber o que cada uma faz. Além de saber as funções de cada arma, também é necessário saber qual é a próxima que ele usará, pois após a munição acabar ele troca.

O que não falta para ele é dano, mas suas habilidades requerem um bom tempo para serem masterizadas e todo o seu arsenal para se dominar torna Aphelios um campeão extremamente difícil. Nossa equipe te ajuda nessa tarefa, com nossas dicas incríveis para o atirador.

Kalista

Kalista, a rainha do kite - League of Legends
Kalista, a rainha do kite

Depois de Aphelios, Kalista é a ADC mais difícil de se dominar, já que sua mecânica é bem diferente. Sua passiva permite que a campeã salte, o que permite um kite constante e efetivo quando se possui mais velocidade de ataque.

Em troca disso, Kalista perde dano e velocidade de movimento, o que a torna bastante vulnerável no early game. Além disso, somente seu Q e seu E são ofensivos, de modo que não causam nenhum dano realmente absurdo.

Apesar disso, a campeã consegue realizar jogadas incríveis quando kaita, se reposicionando, perseguindo ou fugindo. Seus saltos a tornam dinâmica, mas ela precisa usar essa habilidade constantemente, ou seja: ter velocidade de ataque. Ela também combina com tanks, já que sua ultimate consiste em lançar seu aliado em uma direção. Claro que a habilidade pode ser usada para salvar o seu suporte.

Em resumo a campeã possui tantas vantagens quanto desvantagens e cabe à você que quer masterizá-la, montar as melhores opções de itens e dominar kite, da qual ela é dependente. Nosso guia pode ajudar com as melhores builds para Kalista.

Draven

Draven, de League of Dra... Legends - League of Legends
Draven, de League of Dra... Legends

Já foi um dos campeões mais polêmicos de League of Legends e não é para menos, já que sua mecânica difícil é igualmente recompensadora. Quando ele ativa seu Q, seu ataque causa mais dano, mas ele precisa se movimentar para recolher os machados e continuar com a habilidade.

Seguindo essa mecânica, ele consegue continuar com a habilidade ativa em dois ataques, causando muito dano, mas revela a posição em que pretende se locomover, abrindo estratégias para inimigos. Isso como se correr para as devidas posições já não fosse uma tarefa difícil o suficiente. Apesar disso, seu dano já devastou muitos oponentes e rendeu lutas incríveis.

As outras habilidades de Draven são para complementar seu set, sendo úteis em situações diversas, mas não causando tanto efeito na gameplay, como o seu Q. Para não ter problemas com os itens, a nossa equipe fez um guia completo do atirador, para você.

Rota inferior - Suporte

Bardo

Bardo, nosso suporte cósmico - League of Legends
Bardo, nosso suporte cósmico

Bardo é provavelmente o suporte mais difícil de se jogar, por possuir habilidades bem peculiares. Seu Q é sua única habilidade mais segura de se utilizar, que causa dano e pode dar stun, mas ainda assim tem uma distância pequena.

Sua cura precisa de um tempo para que tenha valor total, então vai precisar da paciência e cooperação de seu ADC. Seu E pode salvar o time, como condená-lo e seu R pode mais atrapalhar do que ajudar.

Apesar de sua alta mobilidade e recuperação de mana, graças à sua passiva, Bardo precisa encaixar suas habilidades com precisão ou corre o risco de não só não ajudar como atrapalhar o próprio time. Não é incomum ver ults erradas que punem seus aliados ou portais da habilidade E que levam à posicionamentos ainda mais difíceis que o anterior.

Ainda assim, Bardo se mostra excepcional com aqueles que o dominam, abrindo brechas boas para teamfights ou mesmo para fugas e perseguições. Para descobrir as melhores runas e builds, basta conferir as dicas da nossa equipe.

Rakan

Rakan e sua amada Xayah - League of Legends
Rakan e sua amada Xayah

A jogabilidade de Rakan é bem diferente da maioria dos outros campeões. Ele possui um kit que lhe permite ajudar o aliado e aguentar uma grande quantidade de dano. O motivo do campeão estar nessa lista é o fato de sua mecânica exigir que o jogador reconheça os melhores momentos para dar engage e sair.

Seu W e seu E combinam perfeitamente, de modo que ele consegue avançar sobre os inimigos e recuar rapidamente para seu aliado mais próximo, mas isso, por exemplo, dependeria do fato de um aliado estar na distância correta.

O campeão possui bastante resistência, mas não espere que seja como um Alistar. Seu kit contém habilidades de escape justamente pelo fato de o campeão precisar fazer isso diversas vezes em sua gameplay.

Sua ultimate também requer aproximação, o que vai exigir uma boa estratégia. Simplesmente ativá-la e sair em direção aos inimigos pode fazer com que gaste a habilidade erroneamente ou mesmo que sofra muito dano.

Montar sua build também é um desafio, pois haverá momentos que exigirão que você invista mais em vida e resistência e momentos que exigirão mais dano ou utilidades. E é por isso que você precisa conferir nosso guia do personagem, caso queira começar a jogar de Rakan.

Renata Glasc

Renata Glasc, a suporte tóxica - League of Legends
Renata Glasc, a suporte tóxica

Desde Pyke (que também possui uma dificuldade considerável) nenhum outro suporte com foco em dano foi lançado. Claro que os jogadores conseguem utilizar campeões em diversas funções diferentes, como Brand, que originalmente era mid, mas hoje é mais utilizado como suporte, ou mesmo Veigar suporte, que costuma explodir os inimigos mais do que o próprio ADC.

Renata vem com um kit de habilidades bastante complexo e cheio de condições. Seu W faz com que o aliado viva mais um pouco e até sobreviva, caso consiga uma kill. Ao usar o Q ela lança o inimigo na direção desejada e o seu E gera escudo.

Sua ultimate deixa os inimigos em estado de Bersek, ou seja, eles irão na direção do inimigo mais próximo, usando ataques básicos. Usar essa habilidade na distância errada contra um ADC pode ser um desperdício. Ela não é tão segura quanto o charme do Rakan ou da Ahri.

De modo geral, Renata não é tão complexa, mas seu conjunto de habilidades pode puni-la se utilizados em momentos errados e distâncias inadequadas. Em contrapartida seu W pode virar teamfights do avesso e garantir a vitória.

Apesar de ser uma campeã lançada recentemente, nós já temos um ótimo guia com as melhores builds para Renata.

Rota Meio

Yasuo

Yasuo, tão polêmico quanto Lux - League of Legends
Yasuo, tão polêmico quanto Lux

Esse campeão é odiado por uns e amado por outros, mas o fato é que ele bastante popular entre os jogadores. Streamers como o Jukes realizam jogadas incríveis com o campeão e fazem com que muitos tentem jogar com ele. Apesar de popular, Yasuo não é fácil e é bastante comum os iniciantes acabarem 0/14 ou algo parecido quando tentam se arriscar ao jogar.

Como ele não usa mana e tem um set de habilidades bastante útil, logo chama a atenção dos desavisados, mas suas mecânicas são complexas. Seu E é tão importante quanto seu Q, pois é com ele que Yasuo consegue dar engage ou mesmo fugir.

Seu R precisa de certas condições para ser ativado e seu Q requer dois acertos para a ativação de seu potencial máximo. Sem os itens certos, Yasuo mal causará dano e apesar de ser melee, ele não é tank, então é preciso estar atento a sua vida o tempo todo.

Não é porque jogadores profissionais e streamers o utilizam que o campeão necessariamente será fácil. Sem contar que seu banimento em ranqueadas já é de praxe. Mas caso você queira se arriscar e tentar realizar jogadas como a do Jukes e outros pro players, nosso guia está disponível para você saber por onde começar.

Azir

Azir, o midlane mais complexo de se jogar - League of Legends
Azir, o midlane mais complexo de se jogar

Esse é um dos campeões mais difíceis de se jogar em League of Legends. Um Azir habilidoso consegue causar muito dano, se manter seguro, confundir a mente dos inimigos e realizar uma série de jogadas incríveis. Um Azir ruim vai confundir a si próprio e não fazer nada realmente útil.

Sua mecânica de invocação de soldados e reposicionamento faz com que você saiba exatamente quando usar as habilidades. Um E errado pode ser seu fim. Caso você consiga manter a distância correta para manipular seus soldados de areia e se manter relativamente seguro em relação aos seus inimigos, Azir será como uma mão na roda.

O problema é que leva muito tempo para se dominar todas essas habilidades e entender as situações em que suas habilidades são usadas. Nosso guia pode te ajudar com as melhores builds para o campeão.

Heimerdinger

Heimerdinger, um dos Yordles mais geniais de Runeterra - League of Legends
Heimerdinger, um dos Yordles mais geniais de Runeterra

Heimerdinger não é muito popular e sua mecânica é tão divertida, quanto complexa. A princípio pode parecer simples, já que ele possui duas habilidades com um ótimo alcance e dano e seu Q é uma habilidade defensiva, mas não funciona assim na prática.

Primeiramente, se você estiver contra uma Irelia, suas torres só servirão para que ela se aproxime ou até mesmo fuja, o que o deixa em muita desvantagem. Se estiver enfrentando uma Syndra, ela pode usar seu W para reposicionar suas torres como bem entender. Um Yasuo também consegue se aproximar com seu E. Ou seja, sua maior força é também sua fraqueza.

Apesar disso, com suas torres bem posicionadas e os itens de dano corretos para cada situação, Heimerdinger pode se tornar bastante ameaçador em partida, sendo defensivo e ofensivo ao mesmo tempo.

Seu E e W causam muito dano e possuem um ótimo alcance, permitindo que ele ataque na segurança da área protegida por suas torres. No entanto, usar suas torres em seu potencial máximo leva tempo e exige muita prática, de modo que é comum jogadores iniciantes posicionarem seu Q e perderem a torre por um ataque ranged imediatamente.

Com o domínio certo de posicionamento e de sua ult, escolhendo a melhor para cada situação, você conseguirá ajudar seu time nas mais diversas situações, seja para defender ou atacar uma torre, stunar um time inteiro para dar engage ou fugir e até mesmo causar uma grande quantidade de dano.

O Yordle também possui um guia completo, para você aprender a utilizar suas mecânicas da melhor forma possível.

Katarina

Katarina, a noxiana assassina - League of Legends
Katarina, a noxiana assassina

Katarina já foi uma das campeãs mais populares em League of Legends, principalmente por ser utilizada por pro players. Seu kit de habilidades permite uma mobilidade absurda, um dano altíssimo e muitos métodos de confundir seus inimigos, ao troco de ter pouquíssima vida e ser anulada por controle de grupo.

Apesar de ter perdido a popularidade com a chegada de novos campeões, Katarina é tão letal quanto antes e seu kit de habilidades continua absurdamente forte. Provavelmente com a quantidade de CCs que foram adicionados no jogo, a campeã se torna bastante inviável em muitos momentos, mas o encaixe perfeito a faz brilhar.

O fato é que se o jogador não souber dar engage na hora certa, basicamente não fará nada com Katarina. Ela entra na teamfight quando já utilizaram os CCs, caso contrário ela é rapidamente anulada.

Seu W e E também precisam ser masterizados, para que ela consiga fugir e se reposicionar na batalha. Isso vai levar muito tempo, já que a campeã costuma entrar para matar ou para morrer.

Temos um guia excelente para você entender as melhores builds para a assassina e surpreender o time inimigo.

Kassadin

Kassadin, o campeão segue a role de assassin - League of Legends
Kassadin, o campeão segue a role de assassin

O assassino do Vazio também possui uma gameplay bastante complexa. Geralmente os jogadores de Kassadin costumam ser oito ou oitenta, nas partidas, realizando uma série de kills ou morrendo muito. Nós temos um guia completo do Kassadin para você não errar nos itens.

Seu kit possui um dano considerável, mas precisa dos itens certos para realmente ter efeito, ou ele é anulado rapidamente no jogo. Seu early game é fraco, principalmente antes do nível seis. Conforme o jogo avança, Kassadin vai se tornando mais evidente na partida.

Sua ultimate é seu maior trunfo, que permite o teleporte a uma curta distância. Isso é perfeito para o engage ou para a fuga, mas o preço que Kassadin paga é a sua mana. Usar a habilidade constantemente também pode gerar uma punição. Ou seja, o jogador vai precisar administrar o R em cada situação. Mesmo com itens de mana e o blue, Kassadin pode ficar rapidamente sem o recurso se você abusar da sua ult.

Vale destacar que seu E também depende habilidades terem sido conjuradas nas proximidades, então você precisará entender bem a habilidade, já que ela é essencial para não deixar alguns inimigos com um pouco mais de vida fugirem.

Viktor

Viktor, com sua magia e tecnologia - League of Legends
Viktor, com sua magia e tecnologia

O campeão já foi mais popular em outros momentos porque alguns streamers o elogiavam. Viktor possui um set de habilidades diferenciado e sua passiva pode aprimorar uma dessas habilidades.

Ele consegue variar entre causar um dano muito alto na partida e não causar dano nenhum, dependendo do jogador. O momento de conjuração de cada habilidade também é essencial, pois Viktor perde facilmente os seus alvos. Se quiser entender melhor, nosso guia está disponível para começar a jogar com o campeão.

Seu E é sua principal fonte de dano, além de sua ult. De modo que quando ele aprimora essa habilidade, todos os inimigos ficam cautelosos. As teamfights podem ser facilmente colocadas sob controle com seu R, já que ele consegue usar isso ofensivamente ou mesmo defensivamente, fazendo os inimigos se afastarem. Sua gameplay não é simples e Viktor está longe de ser resistente, mesmo com seu Q lhe dando escudo.

Aurelion Sol

Aurelion, o dragão que nunca é pickado - League of Legends
Aurelion, o dragão que nunca é pickado

O dragão já foi muito mais forte dentro do jogo, mas a quantidade de nerfs o fez se tornar ainda mais complicado. Ele continua sendo um bom campeão para a rota do meio, mas sua mecânica é bastante complicada de se dominar.

Sua passiva permite que esferas de energia o rodeiem, causando dano em inimigos, mas como elas ficam visíveis o tempo todo, você não conseguirá se esconder nas bushes. Apesar de seu W lhe dar um controle mínimo das esferas, você vai precisar dominar muito o personagem para se posicionar adequadamente.

Apesar de boa mobilidade, dano considerável e uma resistência maior do que a maioria dos midlaners, Aurelion é tão complexo e cheio de pontos fracos que está entre os campeões menos utilizados.

Se quer mudar isso e surpreender seus inimigos utilizando Aurelion, não deixe de conferir nosso guia, ensinando as melhores opções para o dragão.

Ryze

Ryze, o bruxo consegue mudar o rumo das teamfights - League of Legends
Ryze, o bruxo consegue mudar o rumo das teamfights

Ryze já foi um campeão mais simples e fácil, mas com o seu rework sua dificuldade aumentou. Suas habilidades ativam efeitos únicos, então você precisa entender os efeitos e ativá-los no momento adequado. A sequência em que você utiliza as habilidades muda seu efeito, causando algum CC ou simplesmente dano adicional.

Sua ultimate cria um portal para o time atravessar e pode ser usada para uma fuga mirabolante ou para criar uma armadilha para seus inimigos, se reposicionando. Dominar seu uso de mana e habilidades e entender como utilizar sua ult ao seu favor levará tempo e, muitas vezes, dependerá do trabalho em equipe.

Ryze também não está em vantagem no meta atual, sendo considerado um dos piores campeões. Se quiser entender melhor, basta conferir nossa matéria, que explica os nerfs que o campeão já tomou.

O bruxo consegue ser bastante versátil nas builds e em suas estratégias quando se tem um domínio de suas mecânicas. Nosso guia pode te ajudar a construir os melhores itens para o campeão.

Cassiopeia

Cassiopeia, a irmã bonita de Katarina - League of Legends
Cassiopeia, a irmã bonita de Katarina

Ela está sempre em diversas listas entre os campeões mais difíceis de se jogar. Sua mecânica não é necessariamente complexa, mas exige prática e atenção. A construção de build também é essencial para causar dano suficiente e nisso nós podemos ajudar com nosso guia.

Cassiopeia brilha com seu E que causa muito dano, mas essa habilidade depende do envenamento do inimigo para que cause o dano em seu máximo potencial. Suas habilidades W e Q envenenam os adversários, mas não são tão simples de se acertar.

Por fim sua ultimate também precisa de um timing correto para causar stun nos adversários, já que ela só funciona quando eles estão de frente para Cassiopeia. Caso consiga dominar o R, conseguirá causa muito dano com seu veneno e E, além de abrir brechas em teamfights.

Zoe

Zoe, uma midlaner emblemática e problemática - League of Legends
Zoe, uma midlaner emblemática e problemática

Zoe consegue ser uma das midlaners mais emblemáticas e quando chegou em League of Legends causou muito reboliço, recebendo seus nerfs muito rapidamente. Para que ela cause dano, você precisará utilizar os itens certos e o nosso guia vai ajudar com isso.

Seu Q é sua melhor fonte de dano e é totalmente dependente de seu R, para reposicionamento. Isso obriga o jogador a se manter safe e causar dano estrategicamente, tendo muita paciência. Um jogador afobado se dará muito mal com Zoe.

É preciso ter cuidado ao usar a ultimate, pois inimigos mais experientes estarão esperando por esse momento. Dar as caras muitas vezes significa que você receberá uma boa quantidade de dano, então você precisará calcular muito se vale a pena usar seu R.

LeBlanc

LeBlanc consegue confundir os inimigos como ninguém - League of Legends
LeBlanc consegue confundir os inimigos como ninguém

A maga e assassina já foi muito popular em League of Legends, tendo um rework que foi revertido. Seu kit de habilidades é excelente, lhe permitindo ter um dano explosivo, mobilidade e CC. Todas as suas habilidades são úteis para que ela cumpra seu papel no jogo.

Sua dificuldade está em dominar todas as suas habilidades, mas principalmente sua ultimate, que repete a última skill utilizada, mas com algum tipo de efeito adicional. Desse modo, a ordem em que você casta afetará completamente sua gameplay. Utilizar habilidades na ordem errada podem te atrapalhar, mas conjurá-las no momento errado abre margem para que LeBlanc seja punida.

Basicamente você terá que calcular todos os seus recursos e definir se o bote vale a pena. LeBlanc possui um arsenal de skils que lhe permitem se aproximar, matar e fugir de maneira relativamente segura e sua passiva que lhe dá invisibilidade só ajuda, mas muitas vezes será mais estratégico não usar todo o seu combo e guardar alguma habilidade para adversidades.

Para aprender a montar builds úteis com LeBlanc, você só precisa entrar aqui e conferir todas as nossas dicas para a campeã.

Lissandra

Lissandra, a rainha e bruxa gélida - League of Legends
Lissandra, a rainha e bruxa gélida

Definitivamente Lissandra não é para jogadores novatos. O primeiro fator é que seu dano depende muito de seus itens, então as runas escolhidas e a construção da build se tornam algo primário para a campeã. Sua sorte é que podemos ajudar com isso, já que disponibilizamos um guia completíssimo aqui.

Lissandra precisa se aproximar para usar uma série de habilidades e isso abre margem para que os inimigos a punam. Seu E pode ser usado para fuga ou para engage e é bastante comum que se usado para avançar e Lissandra seja explodida, pois não entrou em combate no timing certo.

Sua ultimate pode ser usada tanto para defesa, quanto para ataque, e é um recurso muito valioso no estilo de gameplay da campeã, já que usar antes da hora pode a deixar em apuros.

De modo geral, suas habilidades requerem bastante prática e uma construção de build precisa, pois o dano da campeã não é algo tão explosivo como o de Veigar ou LeBlanc, que dependem menos de itens.

Akali

Akali, a ninja mais popular de LoL - League of Legends
Akali, a ninja mais popular de LoL

Definitivamente essa é uma campeã bastante chamativa. Pro players e streamers a utiizaram várias vezes e realizaram jogadas incríveis, o que leva outros jogadores a quererem fazer o mesmo. O problema é que a gameplay da ninja não se mostra muito amigável para iniciantes e, embora seu kit seja muito completo para várias situações, Akali não é uma campeã fácil de se jogar.

Para começar, seu uso de energia é uma vantagem, já que ela não depende de mana, mas se torna um problema quando você não sabe administrá-lo. Seu W utilizado no momento certo pode ser a diferença entre fugir de múltiplos inimigos ou cair em uma emboscada.

Dominar a ordem de suas habilidades também é um desafio, já que a campeã consegue uma mobilidade considerável, conseguindo dar engage e sair com uma segurança relativa. Sua ultimate no momento certo é garantia de kill, mas no momento errado é o que fará Akali ser punida.

Consulte nossas dicas para não errar na construção de item da campeã, já que ela precisará investir em atributos diferentes, dependendo de cada situação.

Rota do topo

Você já sabe que os campeões mais difíceis de se jogar na rota do topo já foram citados em outra lista, disponível no início do guia, mas existem alguns outros campeões que também apresentam uma dificuldade considerável e nós vamos citá-los como um tipo de menção honrosa.

Kayle

Kayle a (nem tão) justa irmã de Morgana - League of Legends
Kayle a (nem tão) justa irmã de Morgana

Kayle possui um early game mais complicado, mas só vai crescendo ao longo do jogo. Isso ocorre por conta de sua passiva que a deixa cada vez mais forte. Como você não começa no nível 16 logo de uma vez, precisará ter paciência e utilizar os recursos da campeã de acordo com suas condições.

Ela começa como melee e termina como ranged, então você precisará fazer uma construção de item adequada, já que não adianta focar em itens bom para ranged logo no início da partida. Nossas dicas estão disponíveis para você não cometer essa gafe.

Basicamente você precisa se adaptar ao early game, enquanto tem menos alcance e suas habilidade possuem menos efeito, até que fique forte o suficiente no late game, fazendo seus inimigos ficarem cautelosos.

Poppy

Poppy, apesar do tamanho, aguenta muito dano - League of Legends
Poppy, apesar do tamanho, aguenta muito dano

Poppy é uma toplaner tank, mas que não possui muito dano em suas habilidades. Apesar de seu Q ser bom, não espere explodir nenhum inimigo. Seu ponto forte está em conseguir abrir inúmeras brechas em teamfights.

Seu E é perfeito para reposicionar os inimigos e causar stun, mas geralmente Poppy precisará de algum aliado com dano considerável, para que isso dê certo. Seu W é bom para evitar o avanço de outros campeões. Sua ultimate serve para afastar os inimigos e só é útil em algumas situações específicas.

De modo geral Poppy depende de seus aliados para conseguir se fazer presente na partida, pois não adianta nada ela abrir as melhores brechas e os responsáveis pelo dano do seu time não aproveitarem.

Temos várias dicas para a personagem, caso você queira arriscar-se na top plane. Saber optar entre mais vida e resistência ou focar em um item de dano, pode fazer muita diferença na mecânica da personagem.

Fiora

Fiora, a espadachim virtuosa - League of Legends
Fiora, a espadachim virtuosa

A campeã é um melee com muito dano, mas não é um tank, o que a coloca em uma posição bastante desconfortável, já que é vulnerável a ganks e não possui nenhum tipo de escape propriamente dito. Em muitos momentos será preciso saber se optará por dano, roubo de vida, ou mesmo outros atributos e nossas dicas são essenciais para que você entenda Fiora.

Sua passiva já não é tão simples, pois requer que a campeã ataque em direções especificas, necessitando um bom posicionamento e velocidade de movimento. Sua ultimate segue a mesma linha, necessitando que você ataque em direções específicas. Esse tipo de mecânica é complexa, pois requer muita prática.

A skill Q pode quebrar um pouco o galho já que ela permite que você encurte a distância, mas pode ser mais vantajoso guardá-la para uma fuga nos mínions, já que não raramente a campeã fica sem vida e é muito visada pelo jungler inimigo.

Shen

Shen, o ninja mais resistente de Runeterra - League of Legends
Shen, o ninja mais resistente de Runeterra

O principal motivo de Shen não ser amigável para novos jogadores é simplesmente o fato de ele não causar muito dano. O ninja possui uma grande resistência e não costuma morrer a toa, mas não possui nenhuma habilidade que cause algum dano considerável, se tornando dependente do ataque básico ou de itens como a Capa de Fogo Solar. Para ajudar na construção da build fizemos esse guia para Shen.

Sua única habilidade propriamente ofensiva é o E e ela não causa dano considerável. Todas as suas outras habilidades são defensivas, o que tornam Shen bastante complexo. Apesar de ele ser resistente, não usar mana e conseguir fugir fácil de situações complexas, ele depende de seu time para que realmente consiga causar uma pressão em seus adversários.

É preciso entender sua ultimate, já que se ela for usada muito cedo, pode espantar os inimigos e fazer você perder as kills e se for usada muito tarde, pode custar a vida dos seu aliados. A energia também requer cuidado, principalmente com seu E que consome muita e possui um cooldown alto.

Rota Selva

É provavelmente a rota mais complexa, já que exige uma habilidade e experiência para dar clear nos monstros na hora correta, tomar cuidado com o jungler inimigo, se ele for mais forte no early game, saber quando invadir a selva, além de, claro, saber quando gankar.

Mesmo nas rotas mais difíceis, alguns campeões se mostram mais difíceis de serem dominados, com mecânicas complexas que podem até atrapalhar você se não dominá-las corretamente.

Rumble

Rumble, é tão explosivo quanto o Ziggs - League of Legends
Rumble, é tão explosivo quanto o Ziggs

Por não ter mana, Rumble possui bastante possibilidades de encaixe em combate, mas a questão fica com o seu superaquecimento, que acontece quando você usa muitas habilidades seguidas.

Nesse estado, Rumble não pode usar habilidades e causa dano adicional em seus ataques básicos. Ativar essa condição pode ser algo vantajoso em algumas situações e o seu fim em outras, já que você não conseguirá conjurar nada.

Sua ultimate, apesar de ter um dano incrivelmente alto, é difícil de encaixar. Você precisa escolher o ângulo e calcular isso rapidamente no momento de um combate requer muita pratica. É bastante comum ver um Rumble errando sua ult feio perdendo oportunidades incríveis para seu time.

A escolha de itens também é um fator importante, já que em alguns momentos terá que optar por um item de maior dano e em outros por mais vida. Para entender melhor, nossos guias estão disponíveis para te dar uma ajudinha.

Evelynn

Evelynn, a assassina cruel - League of Legends
Evelynn, a assassina cruel

Embora seu kit seja completo para sua função de assassina, Evelynn não é fácil de se dominar, a começar pela build, já que o item errado pode fazer você estagnar muito no jogo. Para não correr esse risco, confira nossas dicas para a campeã.

Para jogar bem com a personagem é preciso dominar o posicionamento, já que seu W leva um tempo para ativar o charme e esse pode ser o momento em que você perde sua presa. Exatamente por esse motivo ela é fraca antes do nível 6, já que não consegue usar a passiva e ficar invisível, recuperando vida e mana.

Sua ult pode ser usada para fuga, execução ou mesmo para mobilidade, possuindo muitos encaixes que geram jogadas magníficas, mas é claro que isso exige prática do jogador, que pode calcular mal, usar sua ultimate e se afastar do inimigo, permitindo que ele fuja com pouca vida.

Kayn

Kayn, com suas duas transformações - League of Legends
Kayn, com suas duas transformações

Kayn é um campeão bastante complexo, pois em vários momentos da partida, você terá que fazer escolhas de caminho. Nós podemos ajudar com nosso guia para você não começar completamente perdido. Para início de conversa você precisará escolher o melhor item da selva, que é situacional, então terá que escolher entra vida, dano ou letalidade, que podem fazer toda a diferença na partida e por fim entre a versão azul ou vermelha do campeão que trarão gameplays distintas.

De modo geral, você terá que se preocupar em encaixar bem as suas habilidades e conseguir sair sem morrer. Atravessar as paredes pode ser a skill perfeita para uma emboscada, mas como você pretende fugir caso ocorra alguma adversidade? Sua ultimate é ótima para prolongar sua vida, mas como reagirá quando o campeão em que você ultou começa a se reposicionar?

Tudo isso somado ao fato de ele ser melee e não ser nenhum tank (embora itens de vida encaixem em algumas builds, o fazendo perder dano) tornam Kayn um campeão difícil de se jogar.

Ivern

Ivern, o jungler pacífico - League of Legends
Ivern, o jungler pacífico

Ivern possui um kit de habilidades muito único para enfrentar a selva, já que o personagem funciona basicamente como um suporte. Desse modo, você precisará entender quais são as melhores construções de item para o personagem e nós disponibilizamos isso aqui.

Sua passiva permite que Ivern liberte os monstros da selva, garantindo buffs, gold e experiência. Ele também só pode atacar e ser atacado por monstros épicos e poderá compartilhar o buff com aliados, então toda a sua estadia na jungle é bem diferenciada.

Como se entender a jungle não fosse algo complexo, adaptar a jungle para as habilidades diferentes de Ivern é uma tarefa bem complexa, principalmente com as investidas do jungler inimigo que podem ser cruéis, já que Ivern está longe de ser um campeão ofensivo.

Se você dominar o timing de sua passiva e entender como funciona a jungle, conseguirá ajudar melhor seu time com seus escudos e sua ult, garantindo uma boa linha de defesa, mas se espera um campeão com um dano grande, é melhor procurar outro. Uma curiosidade é que Ivern sempre está em listas de campeões mais difíceis de se jogar.

Dicionário e glossário completo de termos e gírias de League of Legends

Se você está começando a mergulhar no universo do MOBA da Riot Games, confira este guia para saber o que é tankar, poke, AP e muito mais do palavreado do "lolzinho"

Os 12 campeões mais jovens do LoL

League of Legends possui quase 160 campeões e enquanto outros realmente já parecem ser bastante jovens, como Annie ou Nunu, outros surpreendem, como: Blitzcrank e Twitch

Os 5 campeões com passivas mais inúteis em League of Legends

Cada vez mais os campeões de League of Legends apresentam mais e mais linhas de efeitos em suas habilidades, mas há aqueles que foram deixados para trás pelo departamento de balanceamento da Riot Games

0
Vika Rosa
Vika Rosa  - Redatora

Jornalista, apaixonada por games, especialmente RPGs e mais especialmente ainda Final Fantasy e Kingdom Hearts. Amo fantasias, sejam em livros, filmes ou animações.

Mais Reportagens

16:12 Riot revela grandes mudanças para Jax no LoL; nova ult, ícones refeitos e mais
19:25 LoL: Rioter explica nerf "paradoxal" de Yuumi que chegará no próximo patch
18:19 League of Legends terá "o maior orçamento de todos os tempos" em 2023, declara Riot Games
17:06 Lensa: Astros do esports criam avatares em app que usa inteligência artificial
12:59 LoL: Riot esquece do campeão mais roubado e não fará mudanças a ele no próximo patch
12:53 LOUD domina Prêmio CBLOL 2022; confira os vencedores
19:31 CBLOL: Fluxo entra no competitivo de LoL; "Nosso time vai entrar para ser campeão", diz Nobru
16:29 A melhor build para o campeão mais forte do LoL no patch 12.12 não tem item mítico
12:40 Prêmio CBLOL 2022 revela lista de indicados; LOUD e Pain dominam nomeações
11:11 LoL: Qual foi o pior campeão do jogo na Temporada 12? Resposta não é o que você imagina

Recomendados

Tier list 12.22 e guia dos melhores campeões de LoL
7 curiosidades sobre League of Legends que você não conhecia
LoL: 4 vezes em que a Riot Games foi acusada de plágio

Descubra guias

Tier list 12.22 e guia dos melhores campeões de LoL
K'Sante: Runas, build e guia do campeão de LoL para jogar na rota do topo
Dicionário e glossário completo de termos e gírias de League of Legends