Millenium / Artigos e reportagens de games / Jogos de Luta /

Street Fighter V: FGC Rivals promove duelo entre Rio de Janeiro e São Paulo

Street Fighter V: FGC Rivals promove duelo entre Rio de Janeiro e São Paulo
0

Time carioca será representado por Brolynho, Dark e Shades, equanto paulistas terão Jah Lexe, Chuchu e Zenith

Street Fighter V: FGC Rivals promove duelo entre Rio de Janeiro e São Paulo

Uma das maiores rivalidades dos jogos de luta no Brasil ganhará um novo capítulo nesta quinta-feira (17), a partir das 20h. Evento promovido pelo streamer e organizador de campeonatos Victor Hugo "Buiu", o FGC Rivals reunirá times do Rio de Janeiro e e São Paulo para representar os maiores eventos de comunidade de cada estado: Fight in Rio, que até 2019 fez parte do circuito da Capcom Pro Tour, e o Tiger Upper Quarta, que encerrou suas atividades durante a pandemia.

O time do Rio de Janeiro será representado por Thomas "Brolynho", campeão de oito torneios oficiais da Capcom Pro Tour e o único sul-americano a figurar no top 10 do ranking mundial, Diego Dark Lins, campeão do Treta 2016 e do Fight in Rio 2019, ambos eventos oficiais da CPT, e Lucas "Shades", jogador que tem se destacado na cena de torneios online, vencendo etapas e aparecendo frequentemente no top 8 de circuitos como o BR Kumite e o PogChamp, os dois principais da cena online brasileira de SFV.

Já o lado paulista será representado por Alexandro "Jah Lexe" Rodrigues, campeão sul-americano da Capcom Pro Tour 2020, Raphael "Zenith", campeão do Treta 2019 e do CPT Latam Regional Finals 2019, e Eric "ChuChu", veterano da cena que representou o Brasil na Capcom Cup 2014 após vencer a Brasil Game Show de Ultra Street Fighter IV naquele mesmo ano, atual campeão BRK Finals e vice-campeão do CPT Online 2020: South America 2.

Nos vídeos de divulgação das equipes, os jogadores e representantes de cada evento trocaram farpas e esquentaram o clima da competição. Enquanto Vinícius "Freenicius", fundador do Tiger Upper Quarta, provocou dizendo que o Rio de Janeiro "só tem três jogadores" e precisou "tirar Brolynho da aposentadoria" para representar seu estado, Brolynho respondeu dizendo que ele sozinho possui mais títulos do que todos os jogadores da cena paulista juntos.

Vale lembrar que apesar do formato 3 vs 3, os dois estados contam com diversos outros jogadores de destaque que não estarão na disputa.

Do lado do Rio de Janeiro, alguns dos nomes que não estarão na competirão no FGC Rivals são PauloWeb, campeão do Fight in Rio 2018, da edição brasileira da ESL Brasil Premier League 2018 e da terceira etapa do Intel World Open - South America Regional, RonaldinhoBR, atual campeão da etapa brasileira da Capcom Pro Tour, e HorusPaulin, jogador que já conquistou títulos do BR Kumite e PogChamp e venceu também a segunda etapa do Intel World Open - South America Regional.

Do lado paulista, nomes como DidimoKOF, campeão do CPT LATAM Regional Finals 2017 e do Ultimate Crush Counter 2019, e HKDash, vencedor de torneios como o Buenos Aires True Salt 2018, etapa oficial da Capcom Pro Tour, o Campeonato Brasileiro de Street V 2018, e o Battle Coliseum 2019, e Zangief Bolado, terceiro colocado da última edição brasileira da Capcom Pro Tour, estão entre os jogadores de destaque fora desta edição do FGC Rivals.

De acordo com Buiu, o duelo entre Fight in Rio e Tiger Upper Quarta é apenas o primeiro de uma série de eventos que farão parte do FGC Rivals. A transmissão do desafio acontecerá no canal oficial do streamer e organizador de torneios na Twitch.

influenciadores

"Meu objetivo é fazer uma ponte entre fãs e ídolos", diz criador do Punho do Dragão Esports

Vini "DiddyKV" Oliveira fala sobre sua história como criador de conteúdo nos jogos de luta e importância de tornar os títulos do gênero mais acessíveis

esports

MK 11: "Espero ter aberto um caminho para outras mulheres", diz Baka, finalista da Liga Latina

Jogadora da TXT eSports se consolidou na elite do Mortal Kombat brasileiro em 2021 e mira terminar pelo menos no top 3 do evento mais importante da temporada

esports

Conheça RonaldinhoBR, advogado, estudante de concursos e representante do Brasil na Capcom Cup 8

Em entrevista ao MGG Brasil, jogador enaltece evolução da cena brasileira e fala sobre seu gosto por destrinchar personagens "esquecidos" competitivo

0
Gabriel SALES
Gabriel Sales

Jornalista apaixonado por games desde o jardim de infância e fã de quase todo tipo de RPG, especialmente os da série Chrono. Nos esports, shooters e jogos de luta são minhas maiores paixões, mas abraço qualquer jogo com uma cena competitiva pulsante.

Mais Reportagens

11:17 KOF XV: Time Awakened Orochi chega como DLC e traz novas versões de Yashiro, Shermie e Chris
10:00 Street Fighter 6: Todos os easter eggs revelados até agora
16:48 Street Fighter 6: Guile é oficialmente anunciado em trailer de gameplay
11:00 Política de aprovação de visto nos EUA prejudica eventos de esports realizados no país
19:59 Street Fighter 6 ganha trailer de gameplay; jogo terá modo aventura e chega em 2023
16:16 Projeto L "ainda não está próximo de ser lançado", conta Rioter
19:30 Mod coloca personagens de Elden Ring em Tekken 7
11:21 Presidente do COB diz que lutará contra videogames nas Olimpíadas
12:34 Jogadora de Mortal Kombat 11 é acusada de usar namorado e ex em torneios femininos online
18:00 Street Fighter V recebe última grande atualização no fim de março

Recomendados

Mudando de vida: como Free Fire e LoL trouxeram novas perspectivas para a favela
PogChamp, LUL, Kappa: O significado e origem dos memes dos esports
Conheça os jogos que foram sucessos ou fracassos na história dos games

Descubra guias

Mortal Kombat 11: Cinco dicas que transformarão todos em kampeões
Como treinar após escolher um personagem em Mortal Kombat 11