Millenium / Artigos e reportagens de games / Jogos de Luta /

Street Fighter V: RonaldinhoBR vence etapa brasileira da Capcom Pro Tour

Street Fighter V: RonaldinhoBR vence etapa brasileira da Capcom Pro Tour
0

Jogador derrotou Jah Lexe na grande final representará o Brasil na Capcom Cup 8. Brasil, no entanto, é a única região do mundo cujo torneio não teve premiação em dinheiro

Street Fighter V: RonaldinhoBR vence etapa brasileira da Capcom Pro Tour

O jogador Ronaldo "RonadinhoBR" Barboza conquistou na noite deste domingo (30) o título da primeira etapa brasileira da Capcom Pro Tour 2021 de Street Fighter V e, com o resultado, é o primeiro representante do país garantido na oitava edição da Capcom Cup, o campeonato mundial da modalidade que será realizado em maio de 2022 e terá premiação total de US$ 200 mil (R$ 1,05 milhão, na cotação atual do dólar). A edição que seria realizada em fevereiro deste ano, na República Dominicana, foi cancelada em razão da pandemia de Covid-19.

Figura em ascensão na comunidade brasileira de de jogos de luta, RonaldinhoBR fez toda a sua campanha com o personagem Nash, que não costuma aparecer bem ranqueado nas tier lists, ao longo da competição, e bateu Alexandro "Jah Lexe" Rodrigues, atual campeão sul-americano da CPT, na grande final.

No caminho até o título, o jogador do Rio de Janeiro precisou passar por vários dos principais jogadores de Street Fighter V do Brasil. Ainda na fase de pools, RonaldinhoBR bateu Eric "Chuchu" Moreira e sua Chun-Li. No top 16, ele venceu por 2 a 0 o jogador Chocotone e avançou ao top 8 pela chave dos vencedores.

Em sua estreia na fase final da competição, RonaldinhoBR bateu Diego "Dark" Lins, jogador de G, por 3 a 1, e avançou para final dos vencedores. Na decisão da upper bracket contra Zangief Bolado, ele garantiu sua vaga na grande final com uma nova vitória por 3 a 1.

Na grande final, RonaldinhoBR encarou Jah Lexe, que por ter vindo da chave dos perdedores precisava vencer duas séries MD5 consecutivas, enquanto o jogador do Rio de Janeiro, que vinha invicto em toda a competição, precisa vencer uma série. Na primeira luta entre os finalistas, Jah Lexe foi dominante e aplicou um 3 a 0, enviando o rival à chave dos perdedores.

Na sequência, porém, RonaldinhoBR mostrou grande capacidade de adaptação ao jogo de pressão de Lexe e seu Rashid, conseguiu controlar bem o espaçamento com Nash e garantiu o título da primeira etapa brasileira da Capcom Pro Tour 2021. O país ainda terá um segundo representante na Capcom Cup, que será definido na segunda etapa brasileira da CPT.

Brasil é a única região do mundo sem premiação em dinheiro

Apesar de estar com vaga garantida na oitava edição da Capcom Cup, RonaldinhoBR não recebeu nenhum tipo de premiação em dinheiro pelo título na CPT. Enquanto todas as etapas regionais da Capcom Pro Tour 2021 contam com premiação total de US$ 5 mil (R$ 26,2 mil), sendo US$ 2,5 mil (R$ 13,1 mil) para o grande campeão, o Brasil não foi contemplado com esses valores.

Apesar da indignação da comunidade, que chegou a cogitar boicotar o torneio, a Capcom nunca se pronunciou oficialmente sobre os motivos que levaram a CPT brasileira ser a única em todo o mundo sem premiação em dinheiro para os melhores colocados.

esports

Como a comunidade brasileira de fighting games se mantém ativa em meio à pandemia?

Em entrevista ao MGG Brasil, Buiu, Ryoran e Zate relatam suas experiências como organizadores de torneios de jogos de luta

esports

Bandai Namco e NetherRealm rompem parceria com a WePlay Ultimate Fighting League

Estúdios, que tiveram seus jogos na primeira temporada da WUFL, encerraram vínculo pouco após produtora de torneios fechar parceria com o site de apostas 1xBet

esports

Nove veteranos dos esports que continuam jogando em alto nível

Os esportes eletrônicos costumam ser dominados pelos jovens, mas alguns jogadores já estão há mais de uma década no meio e continuam dando trabalho

0
Gabriel SALES
Gabriel Sales

Jornalista apaixonado por games desde o jardim de infância e fã de quase todo tipo de RPG, especialmente os da série Chrono. Nos esports, shooters e jogos de luta são minhas maiores paixões, mas abraço qualquer jogo com uma cena competitiva pulsante.

Mais Reportagens

17:45 CEO 2022: Brasileiros FKang e Hicchan ficam no top 5 de KOF XV e BlazBlue Central Fiction
11:17 KOF XV: Time Awakened Orochi chega como DLC e traz novas versões de Yashiro, Shermie e Chris
10:00 Street Fighter 6: Todos os easter eggs revelados até agora
16:48 Street Fighter 6: Guile é oficialmente anunciado em trailer de gameplay
11:00 Política de aprovação de visto nos EUA prejudica eventos de esports realizados no país
19:59 Street Fighter 6 ganha trailer de gameplay; jogo terá modo aventura e chega em 2023
16:16 Projeto L "ainda não está próximo de ser lançado", conta Rioter
19:30 Mod coloca personagens de Elden Ring em Tekken 7
11:21 Presidente do COB diz que lutará contra videogames nas Olimpíadas
12:34 Jogadora de Mortal Kombat 11 é acusada de usar namorado e ex em torneios femininos online

Recomendados

Mudando de vida: como Free Fire e LoL trouxeram novas perspectivas para a favela
PogChamp, LUL, Kappa: O significado e origem dos memes dos esports
Conheça os jogos que foram sucessos ou fracassos na história dos games

Descubra guias

Mortal Kombat 11: Cinco dicas que transformarão todos em kampeões
Como treinar após escolher um personagem em Mortal Kombat 11