Millenium / Artigos e reportagens de games /

Os pro players mais ricos e valiosos dos esports

Os pro players mais ricos e valiosos dos esports
0

Que os esports movimentam milhões de dólares todos os anos, já sabemos, mas quais são os jogadores mais valiosos e ricos deste mercado?

Os pro players mais ricos e valiosos dos esports

De acordo com a consultoria New Zoo, a receita do mercado de esports deve ultrapassar US$ 1,1 bilhão em 2020. Em um segmento com grandes campeonatos e premiações, as verdadeiras estrelas dos esportes eletrônicos são os pro players. São eles que acumulam fãs, deixam organizações famosas e ditam comportamentos na comunidade.

Cada cenário competitivo possui suas próprias estrelas e pensando nisso o MGG Brasil reúne nesta lista os nomes de alguns dos pro players mais ricos e valiosos dos esports ao redor do mundo.

Os mais premiados do mundo

Foto: Valve/Reprodução - Millenium
Foto: Valve/Reprodução

Apesar dos dados de salários e publicidade e propaganda de jogadores profissionais de esports não serem amplamente divulgados, quando se trata de quem recebeu as maiores premiações deste mercado, há um consenso sobre o cenário competitivo de Dota 2.

Todo ano, o The International, torneio mundial do MOBA, distribui premiações que quebram seus próprios recordes. Em 2020, mais de US$ 40 milhões foram arrecadados para a premiação do campeonato.

Em 2019, quem venceu o TI foi a organização OG, que na época, era composta pelos jogadores Anathan "ana" Pham, Topias Miikka "Topson" Taavitsainen, Sébastien "Ceb" Debs, Jesse "JerAx" Vainikka e Johan "N0tail" Sundstein.

Por conta da premiação de mais de US$ 34,3 milhões distribuída naquele ano do torneio, eles são os pro players que lideram a lista de jogadores que ganharam mais dinheiro com premiações do Esports Earnings. Confira abaixo o ranking entre eles:

Jogador

Total ganho com premiações

N0tail

US$ 6,964,322.80

JerAx

US$ 6,470,548.78

ana

US$ 6,000,411.96

Ceb

US$ 5,554,297.41

Topson

US$ 5,470,902.57

Faker, o garoto propaganda da Riot Games

Riot Games/Reprodução - Millenium
Riot Games/Reprodução

Lee "Faker" Sang-hyeok é tricampeão mundial de League of Legends. Jogando há sete anos pela mesma equipe, T1 (ex-SK Telecom T1), o pro player tornou-se uma lenda do cenário competitivo de LoL ao redor do mundo com suas habilidades e títulos.

Apesar dessa fama toda, o jogador não vence um Worlds desde 2016, mesmo que continue mostrando muita capacidade dentro de Summoner's Rift. Poucos têm a chance de não cair no esquecimento de uma comunidade mundial mesmo após anos sem conquistar títulos importantes e Faker é um deles.

Em 2020, mesmo após não se classificar para o Mundial, o jogador foi o personagem principal da animação da canção Take Over, música tema do campeonato oficial da Riot Games.

O salário de Faker também é um grande mistério há anos na indústria. Em 2018, o ex-pro player de StarCraft Hong "YellOw" Jin-ho afirmou que o jogador de LoL recebia aproximadamente US$ 5 milhões por ano para jogar profissionalmente.

Faker é um jogador tão valioso que já recebeu propostas como US$ 10 milhões para jogar em uma organização chinesa e até mesmo um cheque em branco de um time norte-americano, para que ele mesmo definisse seu salário. Ele negou ambas as propostas e permaneceu na T1.

Perkz, um import valioso no NA

Foto: Cloud9/Reprodução - Millenium
Foto: Cloud9/Reprodução

Com nada mais, nada menos, que oito títulos da liga europeia de League of Legends, Luka "Perkz" Perkovic é um dos jogadores mais famosos do mundo quando se trata do MOBA da Riot Games.

O croata de 22 anos foi vice-campeão mundial em 2019 jogando pela equipe europeia G2. Em 2020, chegou até a 3ª/4ª colocação do campeonato global, este que, ao menos por enquanto, foi seu último torneio representando a Europa.

Em novembro de 2020, Perkz foi anunciado como o novo jogador da rota do meio da Cloud9, organização norte-americana. A C9 fechou um contrato de três anos com o pro player, que deverá receber aproximadamente US$ 2,7 milhões anualmente.

No vídeo de anúncio do jogador, o dono da Cloud9, Jack Etienne, sugere que o valor da negociação, incluindo o salário e a compra do jogador, seria algo próximo de US$ 11,75 milhões.

SwordArt, o pro player mais bem pago da LCS

Foto: Riot Games/Reprodução - Millenium
Foto: Riot Games/Reprodução

Perkz receberá um ótimo salário com sua mudança para a Cloud9, mas ele ainda não conseguirá superar a contratação de Hu "SwordArt" Shuo-Chieh pela Team SoloMid.

O suporte vice-campeão mundial de 2020 pela Suning foi anunciado como o mais novo jogador da TSM em 26 de novembro deste ano.

Sua troca da Ásua pela América do Norte lhe renderá US$ 6 milhões nos próximos dois anos, tempo de contrato que assinou com a TSM. Este é o maior salário da história da LCS, a liga norte-americana de LoL.

O rei do Fortnite

Foto: Reprodução - Millenium
Foto: Reprodução

Embora Tyler "Ninja" Blevins já tenha participado de diversos campeonatos profissionais de Fortnite, atualmente ele pode ser considerado "apenas" um influenciador do jogo.

Ainda assim, é inegável que ele continua sendo um dos maiores - senão o maior - nome do Fortnite ao redor do mundo. O streamer de 29 anos começou sua carreira como jogador profissional de Halo 3, H1Z1 e PlayerUnknown's Battlegrounds, mas sua vida mudou quando ele passou a streamar Fortnite.

O sucesso de Ninja é tão grande que ele possui a própria skin no battle royale. Além disso, é o dono de diversas linhas de produtos que vão desde cuecas até livros.

Em agosto de 2019, a extinta plataforma de streaming Mixer teria pago ao influenciador entre US$ 20 milhões e US$ 30 milhões para que deixasse a Twitch e fizesse parte de sua equipe de streamers.

Em setembro deste ano, Ninja voltou à sua antiga plataforma com um contrato de exclusividade, cujos valores não foram revelados.

*Esta matéria é patrocinada pelo banco digital Digio.

NRG constrói castelo de US$ 10 milhões para atletas e criadores de conteúdo da organização

Espaço ocupa 20 mil m² no coração de Los Angeles e está disponível para visitas virtuais

0
Beatriz Coutinho
Bia  - Repórter

Garota mágica formada em jornalismo que ama a sensação de assistir campeonatos e escrever sobre as histórias dos fãs de esports.

Mais Reportagens

18:55 Fortnite: Primeiros teasers do Capítulo 4 são revelados
18:55 3 vezes que o Tower of Fantasy soube agradar a comunidade brasileira
18:54 O que fazer todos os dias no Genshin Impact? Veja rotina diária para acumular recursos
18:39 LoL: Prévia do patch 12.23 exibe nerfs esperados, rework de Zeri e mudanças na selva
18:00 Casemiro, autor do gol do Brasil sobre a Suíça na Copa, é dono de time de CS:GO e outros games
18:00 Guia de Platina God of War Ragnarok: passo a passo para pegar os troféus
17:29 The Callisto Protocol: Lançamento, preço, gameplay e tudo o que você precisa saber sobre o título
16:24 Guia CCXP22: Tudo o que você precisa saber sobre a programação de games do evento
15:00 Robot Cache: Resgate 3 jogos gratuitos em dezembro no Free Games Festival
15:00 Pokédex Paldea: Todos os Pokémon de Pokémon Scarlet e Violet e como encontrá-los

Recomendados

Mudando de vida: como Free Fire e LoL trouxeram novas perspectivas para a favela
PogChamp, LUL, Kappa: O significado e origem dos memes dos esports

Descubra guias

Tier list 12.22 e guia dos melhores campeões de LoL
Quais são as melhores armas de Genshin Impact?
Marvel Snap Top Decks: tier list dos melhores decks do meta