Millenium / Artigos e reportagens de games / League of Legends /

LoL: Riot resolve trazer de volta mecânica removida em rework de Caitlyn

LoL: Riot resolve trazer de volta mecânica removida em rework de Caitlyn
0

Quando a campeã recebeu sua atualização de arte e sustentabilidade a desenvolvedora retirou as redefinições de ataque básico ao disparar a passiva Bem na Mira, o que alterou drasticamente o padrão de jogo da personagem

LoL: Riot resolve trazer de volta mecânica removida em rework de Caitlyn

A atualização 11.24 de League of Legends não trará apenas mudanças de balanceamento da pré-temporada como também o retorno de mecânicas anteriormente removidas de Caitlyn após o rework sofrido pela campeã. Na ocasião de sua atualização de arte e sustentabilidade a Riot Games retirou a interação que permitia que a personagem disparasse os ataques básicos da passiva Bem na Mira quase que instantaneamente em alvos atingidos por suas armadilhas (W) ou pela rede (E), o que gerou bastante controvérsia entre a comunidade do LoL, principalmente entre os mains. Mediante toda a comoção, a desenvolvedora optou por adicionar novamente esse funcionamento, na verdade até o tornando mais acessível aos jogadores.

Conforme explicou o Rioter RayYonggi em um tópico do Reddit, Caitlyn receberá sua funcionalidade parecida antes do rework, com um adendo positivo. Se o alvo que você está atacando pisa em uma armadilha o headshot (passiva) é disparado automaticamente. Se enquanto você está atacando um campeão outro inimigo pisa em uma armadilha e você clica com o botão direito nele o headshot é disparado automaticamente.

A diferença desta vez é que antes do rework para o headshot sair instantaneamente o usuário precisava usar o A (attack move) no chão perto do alvo que pisou em uma armadilha ou que foi atingido pela rede, e não no inimigo em si. Agora basta usar o botão direito ou usar o comando de attack move diretamente no campeão atingido.

Experimentos entre mains e membros da comunidade mostram que a mecânica ficou melhor, sim, mas não idêntica a como funcionava antes do rework. Veja abaixo alguns testes feitos pelo usuário doctorpotatomd, publicados no Reddit:

Quando a mecânica de reset de ataque básico para os headshots foi removida o argumento da Riot Games era de que sempre foi um erro de código e não um funcionamento intencional, por mais que existisse há muito tempo e já fizesse parte do estilo de jogo de Caitlyn. A comunidade rebateu com exemplos de outros campeões com resets inicialmente não planejados, mas que se tornaram parte de suas identidades, como Riven. Os jogadores também lembraram de resets removidos que deixaram marcas nos mains, como os de Nidalee. Frente às reclamações a desenvolvedora afirmou que ficaria de olho no quanto essas alterações impactariam a taxa de vitórias da campeã, principalmente nos níveis mais altos de jogo.

Segundo os dados do LolAlytics, Caitlyn tinha 53,06% de win rate nos elos Diamante e superior na atualização 11.22, antes de seu rework. Pós-rework, na atualização 11.23, esse número caiu para 50,43%. Não é possível atribuir a queda simplesmente às mudanças mecânicas porque ela também se tornou uma escolha muito popular como resultado do sucesso de Arcane, a série animada de LoL. Com mais jogadores a escolhendo, a tendência é que a taxa de vitórias caia, uma vez que nem todos que estão a utilizando são proficientes/acostumados a jogar com ela.

Como essas mudanças ainda estão no ambiente de testes do PBE é possível que mais melhorias sejam aplicadas até que cheguem aos servidores oficiais de LoL, afinal, o próprio Rioter disse que está coletando feedback para melhorar a mecânica de Caitlyn. A atualização 11.24 está prevista para chegar em 8 de dezembro.

Por que o rank mais alto do LoL se chama Desafiante?

Uma das decisões mais curiosas da Riot ao criar o sistema de classificação de League of Legends é o nome escolhido para o elo mais alto de seu sistema de classificação

Fã cria conceito de campeão de LoL e acaba contratado por ex-membros da Riot

Uma artista da comunidade do MOBA criou praticamente um campeão completo e acabou notada não pela Riot Games, mas pela concorrência

Apenas um Feitiço de Invocador de LoL está há mais de 10 anos sem alterações

São poucos os elementos de League of Legends que passaram tanto tempo sem nenhuma alteração. Saiba qual é o feitiço

0
Matheus de Lucca
Zelsh  - Editor-chefe

Jornalista atuando no cenário de games e esports desde 2015. Sempre escolhe a protagonista menina porque as roupas são mais bonitas.

Mais Reportagens

17:30 Habilidades e skin de Bel’Veth, nova campeã do LoL, são reveladas pela Riot Games
16:55 Os melhores campeões para completar o desafio de não morrer no ARAM do LoL
12:50 CBLOL 2022: RED Canids tem acerto encaminhado com Boal
12:48 Somente 2 jogadores no mundo chegaram ao elo Platina dos Desafios do LoL até o momento
12:35 Novas skins Canção do Oceano no LoL são reveladas para Yone, Nidalee, Zeri, Ashe e Seraphine
11:35 Esse Lucian definitivamente nunca mais vai se sentir seguro ao voltar para a base no LoL
10:19 Mecânica única de Bel'Veth quebra os limites do LoL e surpreende a comunidade
09:21 O campeão do LoL que a Riot negligenciou de propósito até o rework
18:53 CBLOL: Los Grandes se torna sócia da Simplicty e disputará segundo split como Flamengo Los Grandes
18:35 CBLOL 2022: Flamengo Los Grandes fecha com Tay e dois sul-coreanos

Recomendados

Guia do 2º split do CBLOL 2022: tabela, times, jogos, ingressos e mais informações
LoL: 4 vezes em que a Riot Games foi acusada de plágio
As maiores novidades do LoL: novas skins, campeões, reworks e mais

Descubra guias

Guia do MSI 2022: horários, jogos, grupos e todas as informações do mundialito de LoL
Como ganhar RP de graça no LoL? Veja métodos oficiais e seguros
Guia do 2º split do CBLOL 2022: tabela, times, jogos, ingressos e mais informações