Millenium / Artigos e reportagens de games / Valorant /

Valorant: Team Liquid anuncia contratação de Jammpi, ex-jogador de CS:GO

Valorant: Team Liquid anuncia contratação de Jammpi, ex-jogador de CS:GO
0

Jogador finlandês de 19 anos se aposentou do FPS da Valve em função de um banimento permanente de Majors

A Team Liquid anunciou nesta quinta-feira (25) um reforço para a sua equipe de Valorant: o finlandês Elias "Jamppi" Olkkonen, ex-jogador profissional de Counter-Strike: Global Offensive. Com passagem pela ENCE em 2020, Jamppi se aposentou do FPS da Valve em função de um banimento por parte do estúdio que o proibia de jogar Majors pelo resto da vida. O jogador recebeu essa punição por cheat usado aos 14 anos de idade, e vinha lutando na Justiça para ter sua punição revogada.

Jamppi chega para substituir o britânico Adam "ec1s" Eccles, que teve seu vínculo encerrado com a Team Liquid no último dia 24. Desde sua chegada ao competitivo ao FPS da Riot Games, a Cavalaria ainda não conquistou nenhum título de expressão, e teve como melhores resultados um terceiro lugar no Allied Esports Odyssey e o vice-campeonato do Red Bull Home Ground.

Nas duas edições europeias do Valorant Challengers, a Liquid fez campanhas decepcionantes. Na primeira edição, a equipe ficou apenas no top 8, e na segunda, caiu ainda no top 16 do qualificatório, mesmo sendo uma das equipes do cenário com maior investimento. A contratação de Jamppi, que era considerado um prodígio no CS:GO por seu poder de fogo nas partidas, surge como uma tentativa de tornar o time mais agressivo.

"Obrigado a todos que me apoiaram durante meus últimos anos no CS:GO. Vamos começar um novo caminho na equipe de VALORANT da Liquid. Vai ser ótimo", escreveu Jamppi em sua conta no Twitter.

Campeão de quatro títulos em 2019 no cenário nórdico de CS:GO, quando ainda defendia a SJ Gaming, Jamppi foi contratado pela ENCE em abril de 2020. Pela organização, conquistou o título da BLAST Premier: Spring European Showdown 2020, um top 8 na BLAST Premier: Spring European Finals 2020 e um top 8 ESL Pro League Season 12: Europe. Em janeiro de 2021, ele foi dispensado pela ENCE e pouco depois anunciou sua migração para o competitivo de Valorant.

Atualização 2.03 Valorant traz nerfs para Reyna e novo modo Disparada

Além disso, Stinger e Guardian também receberam mudanças e Yoru ganhou buffs

esports-valorant

Gamelanders, Vorax, FURIA e Vikings garantem vaga no Valorant Masters

Classificadas pela chave dos vencedores, GL e VRX garantiram o prêmio de R$ 15 mil, enquanto Panteras e VKS, que venceram as finais da lower bracket, receberam R$ 10 mil

esports-valorant

Riot anuncia torneio feminino de Valorant e garante pelo menos mais 19 em 2021

O cenário feminino de Valorant vai deslanchar em 2021 e com grande apoio da Riot Games, começando pelo VCT Game Changers Series

0

Mais Reportagens

19:34 Organização britânica anuncia line-up feminina brasileira de Valorant
17:22 Aim Lab: Como usar para treinar mira no Valorant, CS:GO e outros jogos de tiro
12:21 Valorant: Atualização 2.07 traz buff em Astra e mudanças em Viper e Raze
12:00 Valorant: Sentinels negocia com Cloud9 extensão do empréstimo de TenZ
14:00 Valkyrae e CouRageJD se tornam coproprietários da 100 Thieves
18:01 Valorant: Bug permite que jogadores ativem câmera de Cypher no ar
19:54 Qual é o futuro das loot boxes no Brasil?
11:44 Com INTZ, Gamelanders e mais, participantes do Girl Pwr Valorant são definidos
19:04 Valorant: Gamelanders, Havan, Ingaming e SEMORGAINDA garantem vaga no VCT Challengers
16:23 isa1, ex-Vikings, é a nova jogadora da Havan Liberty de Valorant

Recomendados

Aim Lab: Como usar para treinar mira no Valorant, CS:GO e outros jogos de tiro
Por que Valorant conquistou jogadores de diversas comunidades diferentes
Sete jogadoras para ficar de olho no cenário feminino de CS:GO e Valorant

Descubra guias

Aim Lab: Como usar para treinar mira no Valorant, CS:GO e outros jogos de tiro
4 jogos viciantes que os pro players usam para treinar
Tudo sobre elos e o sistema de partidas ranqueadas