Menu
Millenium / Artigos e reportagens de games / Valorant /

Banido pela Valve, Jamppi confirma migração do CS:GO para o Valorant

Banido pela Valve, Jamppi confirma migração do CS:GO para o Valorant
0

Jogador finlandês era impedido de jogar campeonatos como os Majors por conta de cheat usado aos 14 anos

Banido pela Valve, Jamppi confirma migração do CS:GO para o Valorant

Elias "Jamppi" Olkkonen, agora ex-jogador de Counter-Strike: Global Offensive da ENCE, confirmou nesta terça-feira (26) sua migração para o cenário competitivo de Valorant. O jogador finlandês, hoje com 19 anos, recebeu em 2015, quando tinha apenas 14 anos um banimento permanente da Valve ao ser pego pelo Valve Anti-Cheat (VAC), programa que identifica uso de códigos de trapaça usados no jogo. Nos últimos anos, Jamppi tentou, sem sucesso, recorrer a uma revogação da punição.

Em um vídeo publicado em sua conta oficial no Twitter, Jamppi disse que realizou seu sonho de jogar contra os melhores do CS:GO ao longo de 2020, e que a migração para o Valorant tinha relação direta com ban da Valve o desejo de permanecer jogando em alto nível internacionalmente, agora no FPS da Valve. Vale lembrar que o brasileiro Vinícius "v$m" Moreira, ex-MIBR, também foi banido para sempre de campeonatos da Valve por uso de um cheat ainda na adolescência.

Desde o anúncio anúncio do PGL Major de Estocolmo, que será disputado entre outubro e novembro de 2021, a ENCE, vice-campeã mundial no começo de 2019, pretende fazer mudanças em seu elenco visando à classificação para o campeonato, e Jamppi já seria um dos prováveis dispensados pela organização, uma vez que é impedido de participar de competições com envolvimento direto da Valve.

Ao longo de 2020, o jogador finlandês pôde jogar pela ENCE porque a maioria os campeonatos mais importantes da última temporada não tiveram participação da Valve na organização, uma vez que os Majors programados para o ano passado, incluindo a edição do Rio, foram cancelados em função da pandemia de Covid-19.

Com a migração de Jamppi para o Valorant, ele agora é o terceiro jogador banido de torneios da Valve a entrar no competitivo do FPS da Riot, a exemplo de Joshua ”steel” Nissan, campeão do First Strike da América do Norte pela 100 Thieves, e Braxton ”Swag” Pierce, jogador da T1.

esports-valorant

mwzera representa o Brasil em lista de melhores jogadores de Valorant eleitos pela Riot

Jogador da Gamelanders foi eleito o MVP do First Strike Brasil e apareceu ao lado de jogadores como mixwell, da G2, e Asuna, da 100 Thieves

esports-csgo

Gaules se torna o emote global PogChamp da Twitch por um dia

Figurinha do streamer brasileiro está disponível gratuitamente para usuários nesta segunda-feira

esports-csgo

Yel, da MIBR, fala em jogo ruim na Vertigo contra a Heroic e promete rever lado TR

Capitão do time brasileiro também lamentou virada sofrida no Overpass. Próximo compromisso da equipe no cs_summit 7 é contra Faze Clan

0

Mais Reportagens

17:06 Notas da atualização 2.04 de Valorant incluem Ato 2, dublagem tática e mais
15:50 Trailer do Ato 2 de Valorant mostra Astra e novo Passe de Batalha
12:39 Comunidade pede para Gaules transmitir jogos dos brasileiros no Mundial de Valorant
17:47 Valorant: Ethan deixa cenário de CS:GO e fecha com a 100 Thieves
14:36 MSI de LoL e Valorant Masters serão disputados em maio na Islândia
12:16 Valorant Challengers Brasil 3: Pain e Slick se mantêm vivas na competição
11:30 Novo pacote Sublime 2.0 (pew pew) é anunciado em Valorant
18:00 Saiba tudo sobre Astra, a nova agente de Valorant
12:00 Cosplay de Raze está pronta para disparar um Bumba a qualquer momento
17:30 Quantas skins tem no Valorant e quanto custaria para comprar todas elas

Recomendados

Por que Valorant conquistou jogadores de diversas comunidades diferentes
Sete jogadoras para ficar de olho no cenário feminino de CS:GO e Valorant
Um manifesto contra discriminação de gênero em Valorant

Descubra guias

Saiba tudo sobre Astra, a nova agente de Valorant
4 jogos viciantes que os pro players usam para treinar
Tudo sobre elos e o sistema de partidas ranqueadas