Menu
Millenium / Artigos e reportagens de games / Valorant /

VCTBR: Gamelanders, Vorax, FURIA e Vikings garantem vaga no Valorant Masters

VCTBR: Gamelanders, Vorax, FURIA e Vikings garantem vaga no Valorant Masters
0

Classificadas pela chave dos vencedores, GL e VRX garantiram o prêmio de R$ 15 mil, enquanto Panteras e VKS, que venceram as finais da lower bracket, receberam R$ 10 mil

Neste fim de semana, durante a disputa do Valorant Challengers Brasil 2, foram definidos os quatro primeiros times classificados para a primeira edição brasileira do Valorant Masters. No sábado (20), a Gamelanders derrotou a Rise Gaming pela final dos vencedores do grupo A, enquanto a Vorax superou a Slick na decisão da upper bracket do grupo B. No domingo (21), aconteceram as finais dos perdedores, e a FURIA bateu a Rise para ficar com a segunda vaga do grupo A, enquanto a Team Vikings venceu a Slick derrotou a Slick e garantiu a segunda vaga do grupo B.

Com os resultados, Gamelanders e Vorax, que avançaram de forma invicta ao Valorant Masters, garantiram o prêmio de R$ 15 mil, enquanto FURIA e Vikings levaram o prêmio de R$ 10 após vencerem as finais dos perdedores em seus respectivos grupos.

Além das quatro primeiras vagas para o Valorant Masters definidas, as quatro equipes derrotadas do Valorant Challengers Brasil 2 já estão garantidas na terceira edição do VCTBR, que define os quatro últimos classificados para o Masters. O Challengers 3 acontece de 27 de fevereiro a 6 de março, enquanto o Masters será realizado entre os dias 19 e 21 de março.

Confira, a seguir como foram as partidas deste fim de semana pelo VCTBR 2.

Gamelanders 2 x 0 Rise Gaming

Na primeira partida deste fim de semana, a Gamelanders mostrou que não foi o time número 1 do Brasil em 2020 por acaso e dominou a partida contra a Rise Gaming. O primeiro duelo entre as equipes foi disputado no mapa Icebox, e a atual campeã do First Strike Brasil venceu por 13 a 7.

A segunda partida da série MD3 foi disputada na Split, e a Gamelanders foi ainda mais dominante, encerrando o confronto com um convincente 13 a 5.

Vorax 2 x 0 Slick

Apontada como a segunda melhor equipe do Brasil ao longo da temporada de 2020, embora não tenha disputado o First Strike em função de casos de Covid-19 na equipe, a Vorax mostrou que ainda é uma das grandes forças do Valorant nacional no contra a Slick. O primeiro jogo da série foi disputado na Split e vencido com facilidade pela VRX, que superou os rivais com um tranquilo 13 a 6.

O segundo duelo entre as equipes foi disputado na Haven, e mais uma vez a Vorax não tomou conhecimento da SLK, finalizando a série com um 13 a 5 e garantindo sua vaga no Valorant Masters.

FURIA 2 x 0 Rise Gaming

Na decisão da chave dos perdedores do grupo A, a FURIA fez jus ao status de ser apontada como uma das principais forças do Valorant no Brasil. No duelo contra a Rise, as Panteras tiveram uma performance extremamente dominante na Haven e finalizaram o primeiro jogo com um contundente 13 a 2.

A segunda partida da série foi disputada no mapa Icebox, e desta vez a série foi marcada pelo equilíbrio. Embora tenha jogado melhor no ataque e finalizado a primeira metade vencendo por 8 a 4, a FURIA viu a Rise reagir após a troca de lados e quase forçar uma prorrogação, mas conseguiu fechar o duelo em 13 a 11 e garantiu sua vaga no Masters.

Team Vikings 2 x 0 Slick

Na última partida deste fim de semana, a Team Vikings confrimou por que é considerada uma das equipes que fazem parte do atual top 4 brasileiro e não deu chances para Slick na final dos perdedores do grupo B. No duelo disputado na Bind, VKS controlou o jogo desde o início e garantiu a vitória por 13 a 5 sem dificuldades.

A segunda partida foi disputada no mapa Split, e a Vikings deu a impressão que venceria mais uma vez com facilidade, especialmente após uma performance dominante na defesa e fechar a primeira metade vencendo por 11 a 1. Na troca de lados, a Slick lutou muito para se manter viva no duelo e fez 8 pontos, contra apenas 2 dos rivais. No entanto, a equipe de Sacy e Saadhak fez bom uso da enorme vantagem aberta no começo do jogo e fechou o duelo em 13 a 9.

Valorant terá punições mais severas para toxicidade e AFKs

Dependendo do nível das atitudes e também de reincidência, as contas ficarão banidas do competitivo e até do jogo por períodos consideráveis

Atualização 2.03 Valorant traz nerfs para Reyna e novo modo Disparada

Além disso, Stinger e Guardian também receberam mudanças e Yoru ganhou buffs

Pacote de skins do Valorant inspiradas em agentes no estilo anime é divulgado

Com skins para os agentes Cypher, Sage, KillJoy, Jett e Reyna, o pacote GO VOLUME 1 mostra os personagens ilustrados em estilo de anime

0

Mais Reportagens

17:06 Notas da atualização 2.04 de Valorant incluem Ato 2, dublagem tática e mais
15:50 Trailer do Ato 2 de Valorant mostra Astra e novo Passe de Batalha
12:39 Comunidade pede para Gaules transmitir jogos dos brasileiros no Mundial de Valorant
17:47 Valorant: Ethan deixa cenário de CS:GO e fecha com a 100 Thieves
14:36 MSI de LoL e Valorant Masters serão disputados em maio na Islândia
12:16 Valorant Challengers Brasil 3: Pain e Slick se mantêm vivas na competição
11:30 Novo pacote Sublime 2.0 (pew pew) é anunciado em Valorant
18:00 Saiba tudo sobre Astra, a nova agente de Valorant
12:00 Cosplay de Raze está pronta para disparar um Bumba a qualquer momento
17:30 Quantas skins tem no Valorant e quanto custaria para comprar todas elas

Recomendados

Por que Valorant conquistou jogadores de diversas comunidades diferentes
Um manifesto contra discriminação de gênero em Valorant

Descubra guias

Saiba tudo sobre Astra, a nova agente de Valorant
4 jogos viciantes que os pro players usam para treinar
Tudo sobre elos e o sistema de partidas ranqueadas