Menu
Millenium / Artigos e reportagens de games / Counter-Strike: Global Offensive /

CS:GO: FURIA anuncia que HEN1 não seguirá na equipe em 2021

CS:GO: FURIA anuncia que HEN1 não seguirá na equipe em 2021
0

Pedido partiu do próprio jogador, que deseja voltar a atuar ao lado do irmão LUCAS1. A princípio, atleta ficará no banco de reservas da organização

CS:GO: FURIA anuncia que HEN1 não seguirá na equipe em 2021

A FURIA anunciou nesta sexta-feira (8) que Henrique "HEN1" Teles não seguirá na equipe de Counter-Strike: Global Offensive em 2021. A organização disse em comunicado que o pedido partiu do próprio atleta, que deseja voltar a jogar ao lado do irmão, Lucas "LUCAS1" Teles, ex-MIBR. Enquanto o vínculo entre jogador e organização não é encerrado oficialmente, "HEN1" ficará no banco de reservas do time.

"Atendendo a um pedido do @HEN1, o jogador agora está livre para buscar opções junto de seu irmão e será realocado para o banco de reservas enquanto esse processo durar", disse a FURIA em seu perfil oficial no Twitter."

De acordo com o portal DRAFT5, o americano Paytyn "Junior" Johnson, destaque da Triumph na temporada de 2020, será o substituto de HEN1. O jogador já teria acertado as bases contratuais de sua transferência e restam apenas detalhes para o negócio ser oficializado entre a FURIA e a organização americana.

Os primeiros rumores de que a FURIA estaria em busca de um jogador para o lugar de HEN1 surgiram no fim de 2020. Na ocasião, o CEO da organização, Jaime Pádua, confirmou que a organização estava em busca de um sexto jogador, mas negou que o atleta em questão viria para substituir HEN1. O dono da FURIA, André Akkari, disse que estava todos na organização estavam muito felizes com o jogador, e que ele só sairia da equipe de CS:GO se assim desejasse.

Em texto publicado em seu blog pessoal, Akkari elogiou o empenho e entrega de HEN1 durante todo o período em que atuou pela FURIA, e confirmou que desde que LUCAS1 começou a atuar pela MIBR na reta final de 2020, e jogador manifestou o desejo de voltar a atuar com o irmão.

"A Furia não pode ser e nunca será segunda opção para ninguém. Somos a maior organização de esports da América Latina e estaremos entre as maiores do mundo nos próximos anos. Queremos que fique nos nossos times apenas quem quiser muito, quem sonhe em defender a nossa camisa como fazem hoje todos os atletas de todas as lines.

O Henrique fez isto durante todo o período. Lutou, batalhou, vibrou, entregou tudo que tinha. Mas agora a cabeça dele está em uma outra possibilidade com toda a justiça do mundo, é famÍlia e com família não se brinca, mas por outro lado não podemos querer na Furia quem não esteja 1000% de corpo e alma.

O Henrique não viaja com os meninos para a Europa e terá todo o tempo que precisar agora para organizar o seu futuro da maneira que nos foi solicitado e nós vamos anunciar em breve mais um ou dois jogadores, sempre buscando o melhor para a Furia e a combinação de mantermos nosso DNA.

Caso no futuro o Henrique não consiga realizar o seu sonho e volte a sonhar conosco, iremos analisar a sua reintegração ao time principal. No momento ele está fora dos planos mas continuará sendo tratado como nossa família", disse Akkari.

Em 2020, HEN1 teve a melhor temporada da carreira no aspecto individual. Além dos quatro títulos conquistados com a FURIA no ano passado, com destaque para as edições da América do Norte da Dreamhack Masters Spring, ESL Pro League Season 12 e IEM New York, o jogador apareceu pela primeira vez entre os 20 melhores jogadores do mundo no ranking da HLTV, ficando na 16ª posição.

Uma informação publicada pelo portal Frag Líder, e confirmada pelo MGG, aponta que HEN1 faz parte do novo projeto encabeçado por Raphael "Cogu" Camargo e composto pelos cinco jogadores que defenderam a MIBR na reta final de 2020, mas não seguirão na organização em 2021.

Caso o projeto se concretize, "HEN1" jogará ao lado LUCAS1, Vito "kNg" Giuseppe, Alencar "trk" Rossato, Leonardo "leo_drk" Oliveira e Vinicius "v$m" Moreira, numa line-up composta por seis jogadores no elenco. Ainda não se sabe, porém, para qual organização os jogadores e Cogu irão, especialmente porque kNg e trk ainda possuem vínculo contratual com a MIBR.

esports-csgo

Cogu diz que foi chamado de criança e se sentiu um lixo em negociação com MIBR

Cogu afirmou que o Diretor de operações da IGC Tomi "lurppis" Kovanen o tratou extremamente mal, enquanto o finlandês nega as acusações

esports-csgo

Yuurih da FURIA é o 14º melhor jogador do mundo de CS:GO no ranking da HLTV

Yuurih é o terceiro jogador da FURIA que aparece no ranking

esports-csgo

W7M anuncia line-up feminina de CS:GO

É a primeira vez que a organização entra no cenário feminino de CS:GO

0

Mais Reportagens

20:13 Jamppi sofre com lag, joga rodada olhando tela do amigo e acerta tiro
18:03 Yel faz ACE de AWP e salva round para MIBR diante da FaZe Clan
17:39 MIBR vence FaZe e segue viva no CS_Summit 7
20:00 "Muitos vacilos que não podem rolar", diz guerri sobre derrota da FURIA para VP
19:28 FURIA perde para Virtus.Pro, mas segue viva no CS_Summit 7
13:01 Yel, da MIBR, fala em jogo ruim na Vertigo contra a Heroic e promete rever lado TR
20:15 FURIA estreia CS_Summit 7 com vitória sobre a Cloud9
18:03 Gaules se torna o emote global PogChamp da Twitch por um dia
18:00 Liquid entra no top 5 e FalleN se torna o brasileiro mais bem colocado por time
17:22 CS:GO: Isurus dispensa brasileiro Caike e Jony Boy e anuncia ida para a Europa

Recomendados

Retrospectiva do CS:GO em 2020: FURIA em alta, nova MIBR e domínio da Boom no Brasil
Sete jogadoras para ficar de olho no cenário feminino de CS:GO e Valorant
Vsm pode ter uma carreira internacional no CS:GO?

Descubra guias

Guia BLAST Premier Global Final tem FURIA e estreia de FalleN na Liquid
Quando a MIBR joga?
Quando a FURIA joga?