Millenium / Artigos e reportagens de games / Diablo Immortal /

Diablo Immortal: Blizzard impede uso de funções do game para jogadores que pedem reembolso

Diablo Immortal: Blizzard impede uso de funções do game para jogadores que pedem reembolso
0

Jogadores que conseguem algum tipo de reembolso pelas microtransações em Diablo Immortal são punidos e têm sua jogabilidade limitada

Diablo Immortal: Blizzard impede uso de funções do game para jogadores que pedem reembolso

As polêmicas com a Blizzard ainda não acabaram. Diablo Immortal já está com uma série de problemas desde seu lançamento por seu sistema de microtransações agressivo, de modo que seria necessário gastar cerca de R$ 500 mil para ter um personagem com uma build completa e maximizada, além do fato de que jogadores free-to-play possuem sua gameplay suprimida.

Agora descobrimos que usuários do Reddit estão reclamando sobre a política de reembolso da empresa em Diablo Immortal que corta funcionalidades do jogo, deixando os jogadores de mãos atadas.

Em primeiro lugar é preciso dizer que vários jogadores estão encontrando dificuldades em ter o reembolso de moedas virtuais da Blizzard, que não dá um retorno satisfatório, então eles apelam para as plataformas como Apple Store e Google Store, que fazem a mediação, e só então conseguem o reembolso desejado.

A partir daí esses usuários se depararam com uma grande surpresa, pois quando logaram no jogo perceberam que várias funções foram desabilitadas.

Como a Blizzard lida com o reembolso em Diablo Immortal

Após solicitarem o reembolso para outras empresas, os jogadores acabavam conseguindo o valor de volta, se davam por satisfeitos, iam conferir o jogo e lá tinham uma grande surpresa: os orbes dos quais eles haviam solicitado o reembolso, mas o valor aparecia na tela negativado, informando que os jogadores estavam devendo. Enquanto esses jogadores estiverem "em dívida" terão uma série de funções desabilidades, basicamente tendo a gameplay bloqueada.

Os players não conseguem equipar itens, jogar no modo multiplayer, formar grupos e nem mesmo modificar itens na forja. Com todas essas restrições os jogadores decidiram reclamar e questionar a empresa, que aparentemente tomou a atitude de banir a conta deles do Battle.Net.

Isso não foi uma surpresa para quem pediu o reembolso diretamente pela Blizzard, já que eles anunciavam uma mensagem com as consequências da solicitação, pois consideram que todos os itens digitais foram utilizados.

Quem considerasse fazer um charge back, ou seja, pedir para a empresa de cartão de crédito reembolsar o valor, também relatou sofrer um ban permanente da Battle.net.No caso os jogadores compraram orbes e não os utilizaram. Logo a empresa os transformaram em "orbes negativos". O suporte alegou que qualquer item virtual já foi usado de alguma forma. No entanto, esses orbes literalmente não foram utilizados e é por isso que o reembolso é teoricamente possível.

É importante considerar também que um reembolso realizado por uma empresa terceirizada poderia ter alguma regra diferente, já que os jogadores supostamente não teriam concordado com os termos de reembolso da Blizzard diretamente.

Alguns jogadores concordam com a Blizzard

É possível encontrar alguns jogadores que aprovam a atitude da empresa, argumentando que os jogadores já usufruiram de serviços como PvP, PvE e uma série de outras coisas, ou seja, utilizaram o serviço. Fizeram uma analogia com um filme, de modo que você não pode pedir seu dinheiro de volta em um cinema porque não gostou de um filme.

Podemos ver que alguns jogadores conseguiram o reembolso total e decidiram nunca mais jogar o jogo, estando satisfeito com a empresa. Outros ficaram bastante chateados com essas políticas.

Seria isso uma conduta ética ou mesmo legal?

O ideal seria que os jogadores tivessem seus valores restituídos e os itens comprados fossem retirados de sua conta. Apesar de serem itens virtuais, a regra para qualquer tipo de reembolso é a mesma.

Essa política da Blizzard coloca os jogadores em uma "zona vermelha" na qual são devedores e estão com saldo negativo. A única forma de sair dessa condição é gastando um valor equivalente ou superior em Diablo Immortal para que tenham as funções que foram desabilitadas de volta ao normal.

A atitude de banir as contas do Battle.Net também é bastante duvidosa, pois caso um jogador tenha alguma conta em outro jogo, tem o direito de usufruir desse serviço, especialmente se já gastou algum dinheiro com a empresa (jogos como Overwatch e World of Warcraft são pagos).

Podemos questionar também o que aconteceria caso um jogador decidisse pagar o valor para sair do vermelho. Ele continuaria apenas com seus itens que estavam lá antes ou ganharia os novos? A primeira opção poderia implicar em fraude e propaganda enganosa. Só nos resta esperar o posicionamento da empresa em relação aos reembolsos.

jogos-mobile

Diablo Immortal e suas controvérsias: quase R$ 500 mil para deixar o personagem no máximo?

Depois de uma semana bem-sucedida de lançamento o novo game da Blizzard é causando alvoroço entre a comunidade pela enorme quantia de dinheiro tecnicamente necessária para ter o melhor equipamento

Diablo 4: Blizzard tira dúvidas sobre monetização após polêmica com Immortal

Enquanto os abusos de monetização do novo game da franquia estão causando raiva e os jogadores estão preocupados com o futuro de Diablo IV, o gerente da comunidade está tentando tranquilizá-los... de qualquer forma, espere uma loja paga no jogo

jogos-mobile

Diablo Immortal: Simulador de Gemas Lendárias mostra quanto dinheiro seria gasto para o melhor loot

Um jogador usou as estatísticas oficiais da loja online para criar um simulador de fenda com 10 emblemas lendários, que custam R$ 140,00. Isso permite que você visualize suas chances de conseguir um e quanto isso lhe custaria

0
Vika Rosa
Vika Rosa  - Redatora

Jornalista, apaixonada por games, especialmente RPGs e mais especialmente ainda Final Fantasy e Kingdom Hearts. Amo fantasias, sejam em livros, filmes ou animações.

Mais Reportagens

15:45 Diablo Immortal perde um de seus principais suportes de conteúdo por conta da monetização do jogo
12:07 Diablo Immortal: Personagem com atributos máximos pode custar mais de R$ 2,8 milhões
20:00 Legado dos Horadrim: Tudo sobre o Sacrário de Iben Faad em Diablo Immortal
17:00 Diablo Immortal: Lista de atividades diárias que você não pode deixar de fazer
16:00 Começando bem em Diablo Immortal: dicas de ouro para o novo game da Blizzard
12:57 Diablo Immortal: Streamer gasta R$ 81 mil para obter item e deleta conta logo em seguida
09:09 Em meio a escândalos, Bobby Kotick é reeleito diretor da Activision Blizzard por acionistas
19:00 Lorde Martanos: Localização e como derrotar o chefe em Diablo Immortal
18:00 Rosa Sangrenta: Localização e como derrotar a chefe em Diablo Immortal
17:00 Golem de Pedra de Areia: Localização e como derrotar o chefe em Diablo Immortal

Recomendados

Diablo Immortal: Data de lançamento, requisitos, gameplay... tudo o que você precisa saber

Descubra guias

Pesadelo Ancestral Diablo Immortal: Como derrotar, ataques, efeito do altar e tudo sobre o chefe
Hidra Artecarne Diablo Immortal: Localização e como fazê-la aparecer
Vitaath Diablo Immortal: Onde encontrar e como vencê-la?