Millenium / Artigos e reportagens de games / League of Legends /

O que esperar da LOUD para o CBLOL 2022?

O que esperar da LOUD para o CBLOL 2022?
0

Agressiva no mercado, a organização busca o seu primeiro título no League of Legends com as chegadas de Robo e tinowns

A LOUD chegou apenas em 2021 no cenário de League of Legends, mas já fez muito barulho, principalmente nesta última janela de transferências. Com as chegadas de tinowns e Robo, a verdinha se reforçou bem e vem para buscar o título em 2022. Além disso, a equipe manteve a dupla inseparável Duds e Ceos, e garantiu a permanência de Tay, que agora atuará na selva.

Assim como a FURIA, vejo a LOUD como um time pronto, daqueles que no começo, vai muito bem. Ou seja, podem ganhar partidas na individualidade enquanto não encaixarem o coletivo. Afinal, chegam no CBLOL com um jogador em mudança de rota e outros dois players completamente novos, embora ambos estivessem jogando juntos na última equipe em que atuaram. Além disso, a chegada de Von também traz novas ideias para o elenco, que pode demorar para assimilar toda essa nova filosofia. Ainda assim, seguem na primeira prateleira de franco favoritos para a competição e te conto por quais motivos.

O elenco da LOUD para o CBLOL 2022

Leonardo "Robo" Souza
Rodrigo "Tay" Panisa
Thiago "tinowns" Sartori
Igor "DudsTheBoy" Lima Homem
Denilson "Ceos" Oliveira Gonçalves
Gabriel "Von" Barbosa (Head Coach)
Rafael "RafaP" Pinheiro (Strategic Coach)

A chegada de Robo e Tinowns com certeza eleva o nível da LOUD, não que já não fosse alto com as antigas peças, mas são dois jogadores que nos últimos anos figuram no topo das suas posições e foram campeões. O topo, por exemplo, desde que estreou profissionalmente nunca ficou fora de um playoff. Isso é um dado muito importante. Além disso, a personalidade e versatilidade que Robo traz para a equipe com certeza será algo que a LOUD irá explorar bastante ao longo da etapa. Vindo de uma ótima temporada, Robo quase jogou lá fora, mas não conseguiu por problemas externas com a paiN Gaming e a experiência trazida da Europa pode ser um dos trunfos do topo para se sobressair ainda mais na sua rota, que já vinha sendo dominada por ele desde que conseguiu encaixar a sua forma de jogar com a antiga equipe na qual trabalhou.

Tin, por sua vez, não vem de uma etapa brilhante. Após um campeonato mágico na primeira metade de 2021, com título e uma ótima performance individual no MSI, era esperado que o jogador chegasse e dominasse sua rota no Brasil, mas não foi o que aconteceu. A mudança de meta impactou muito o seu desempenho, principalmente por conta do sumiço dos magos de controle que são a sua especialidade. Ainda assim, conseguiu fazer bons jogos, mas longe do Tinowns que vimos brilhar e ser campeão com a paiN. 

Tay volta a atuar na jungle após 5 anos. Reprodução: LOUD/Twitter - League of Legends
Tay volta a atuar na jungle após 5 anos. Reprodução: LOUD/Twitter

Na minha visão, e acho que na de todos, a principal incógnita é na jungle. Após cinco anos, Tay retorna para a posição que lhe rendeu um vice-campeonato e um rebaixamento. Muita gente o julga mais pelo decesso, do que pela boa campanha que fez indo até a final, na qual a paiN perdeu para a Team One. No Combo Podcast, comandado pelo narrador do CBLOL Tácio “Schaeppi”, Tay contou que no momento a possível mudança seria diferente da última vez. Isso porque hoje ele é um jogador de muito mais personalidade e comunicativo, algo que é super necessário para quem joga em uma posição tão importante como a selva. Afinal, é você quem dita o ritmo do jogo, comanda e nos últimos anos Tay fez isso muito bem como topo.

Foram dois títulos de CBLoL pela INTZ, sendo uma das peças fundamentais para todo esse sucesso. Voltando ao assunto da mudança, é válido ressaltar que ele está jogando na posição há 6 meses, desde quando a LOUD foi eliminada pela Rensga. E são jogos com diversos campeões, sejam eles mais agressivos ou defensivos, e com todos ele vem apresentando um desempenho muito bom. Outro ponto que será crucial para essa mudança é a sinergia entre Tay e Tin, que já jogaram juntos no ano de rebaixamento da paiN. Hoje, vejo que se ambos encaixarem, serão  uma dupla que dará muito trabalho durante o campeonato. Além disso,  os campeões que estão mais fortes no competitivo hoje fazem parte do leque de Tinowns, o que pode facilitar esse processo de adaptação da dupla.

Inseparáveis, Duds e Ceos foram mantidos na LOUD para 2022. Reprodução: LOUD/Twitter - League of Legends
Inseparáveis, Duds e Ceos foram mantidos na LOUD para 2022. Reprodução: LOUD/Twitter

Sobre a parte inferior do mapa, acredito que subestimam muito o Duds. Ele ficou muito marcado com as atuações de Jinx e se esqueceram de tudo que ele fez no ano e como jogou bem em diversos jogos. Na segunda etapa, especialmente, ele foi responsável por conseguir ganhar jogos praticamente perdidos para a LOUD, tudo isso por estar com o individual muito em dia. Pontuo especialmente um jogo de Kalista, contra o Flamengo que vinha invicto. O desempenho dele na partida foi surreal.

Já Ceos, é bem verdade que ele ainda não se mostrou como aquele “melhor suporte do Brasil”  como a maioria da comunidade pinta, mas mesmo em sua melhor fase consegue ser decisivo e super importante para o time. Quando tivemos lampejos da sua genialidade, vimos nos dois jogos em que a LOUD venceu a paiN nas quartas de final como ele acabou com as partidas e foi decisivo para os seus resultados. É esperar e torcer para que ele encaixe com os novos companheiros e também ver sua sinergia com Tay, agora na jungle. Espero que finalmente ele volte a ser o Ceos “melhor da posição” como já vimos anteriormente.

Por fim, é claro que a LOUD luta por título. Acho que isso não acontece caso o Tay não desempenhe bem, o que  acho bem difícil, vide os pontos que já apresentei. A organização precisará de confiança, personalidade e muito empenho para realmente se dar bem nessa mudança. É um time pronto, que vai começar bem e pode oscilar, mas que deve chegar a brigar pelo caneco desta etapa. 

Mais textos da série de expectativas para o CBLOL 2022:

esports-lol

Fogueta e Tabata são anunciadas no CBLOL e Academy; confira elenco completo de 2022

Equipe de repórteres do CBLOL é composta completamente por mulheres, mas na narração e comentários só há homens; elenco de comentaristas do Academy é majoritariamente feminino

esports-lol

CBLOL suspende venda de ingressos após nova alta de casos de Covid

Decisão da Riot é válida por tempo indeterminado. Disseminação rápida da variante Ômicron foi determinante para a decisão

esports-lol

CBLOL 2022 deve voltar ao formato online após aumento de casos de Covid-19

Riot Games deve voltar atrás na decisão de manter o campeonato de forma presencial após diversos jogadores, staff e membros da empresa testarem positivo nesta semana para a doença

0
Luis Santana
Showtana  - Redator

Estudante de jornalismo com paixão em contar histórias. Amante do cenário competitivo de League of Legends e assíduo comentarista de coisas que não sou pago para fazer.

Mais Reportagens

16:00 LoL: Quantos tipos de dano existem em League of Legends? A resposta pode surpreender
14:00 Brasileira é a Seraphine perfeita neste cosplay da skin Canção do Oceano do LoL
10:00 CS:GO, Valorant, Free Fire e mais: Todas as vezes em que o Brasil foi campeão mundial nos esports
19:34 Bolão do Worlds 2022 ganha novo formato com Bola de Cristal e mais recompensas; veja novidades
18:00 Final brasileira do Red Bull Solo Q de LoL: como e onde assistir, formato e informações
16:10 Worlds 2022: Todas as referências do clipe de Star Walkin', música tema do Mundial de LoL
16:00 Nova skin de Sett no LoL tem menção a ship com Aphelios; Rioter fala sobre sexualidade do campeão
17:00 O melhor campeão do LoL quando o ultimate é ativado
12:36 Worlds 2022: Saiba quem são os jogadores de Star Walkin', música tema do Mundial
10:50 Jogador tenta instalar LoL com seu CD original e desbloqueia memória nostálgica

Recomendados

Riot Games: Lista completa de todos os jogos lançados e em desenvolvimento pela criadora do LoL
7 curiosidades sobre League of Legends que você não conhecia
LoL: 4 vezes em que a Riot Games foi acusada de plágio

Descubra guias

Riot Games: Lista completa de todos os jogos lançados e em desenvolvimento pela criadora do LoL
Tier list 12.18 e guia dos melhores campeões de LoL
Dicionário e glossário completo de termos e gírias de League of Legends