Millenium / Artigos e reportagens de games / League of Legends /

O que esperar da Liberty para o CBLOL 2022?

O que esperar da Liberty para o CBLOL 2022?
0

Com as chegadas de KiaRi e Disamis, a organização aposta na filosofia da comissão técnica para prosperar nesta etapa da competição

Com mais uma mudança na marca, a Liberty perdeu algumas peças importantes em sua equipe de League of Legends. As saídas de fNb e Yampi marcaram o fim do ciclo de uma base que foi muito importante para colocar a equipe dentro do radar entre as melhores organizações da modalidade. Isso será um problema para o futuro? Vem cá que eu te conto.

É verdade que a dupla do topo e selva tinha os principais nomes de toda essa trajetória da PRG, Vorax, Vorax Liberty e agora Liberty, porém não acho que as saídas serão tão sentidas e te explico o por quê. É óbvio que na habilidade individual o time perde, e perde muito, mas mais importante que isso é o coletivo, são as ideias, e isso a Liberty não perdeu, afinal a base continua lá. Kalec e Alocs foram mantidos para 2022 e esse sim é o ponto que devemos observar desse novo elenco.

O elenco da Liberty para o CBLOL 2022

Thiago "Kiari" Luiz
Pedro "Disamis" Gonçalves
Marcos Henrique "Krastyel" Ferraz
Pedro "Matsukaze" Gama
Willyan "Wos" Bonpam
Rodrigo "Kalec" Rodrigues (Head Coach)
Leonardo "Alocs" Belo (Assistant Coach)
Márcio "Eryon" Costa Jordão da Silveira Reis (Assistant Coach)

Entre todos os times, acredito que somente eles possuem uma filosofia de jogo bem estabelecida e que esteve ali desde sempre. Os maiores exemplos disso são as recentes saídas e chegadas de jogadores, como Aloned, dyNquedo e hoje Krastyel na rota do meio. Como atirador, tivemos a saída de Garo e chegada de Matsukaze, mas o estilo de jogo nunca mudou e mais importante que isso, o processo segue o mesmo.

É óbvio que atualmente acho que o principal foco será o Matsu, algo que não acontecia quando se tinha fNb e Yampi como principais protagonistas da equipe. E isso realmente será importante. Matsu sempre fez muito com pouco e agora pode ter  a oportunidade de ser o real foco de recursos do time - algo  que estou muito ansioso para ver, ainda mais em um meta com Caitlyn e Jinx, campeãs que exigem bastante protagonismo e personalidade. 

Ainda como Vorax Liberty, a organização chegou a final da primeira do CBLOL 2021. Reprodução: Vorax/Twitter - League of Legends
Ainda como Vorax Liberty, a organização chegou a final da primeira do CBLOL 2021. Reprodução: Vorax/Twitter

Outro ponto a se observar, é como Krastyel jogará sem precisar ser o coringa da equipe. Aquele que, muitas vezes, não demonstrava mais do que podia fazer e atuava com o que o time precisava no momento, sem muito protagonismo nas suas escolhas e dentro das partidas. Agora, será que veremos aquele Krastyel da Redemption que puxava Vayne e Ezreal no mid e carregava os jogos? Espero que sim. Acho que ele pode mais, estou apostando nisso. Outro ponto a se observar é se ele vai encaixar com o Disamis, o garoto que subiu do Academy e sempre figurou nas principais posições das filas ranqueadas brasileiras. Nos treinos, fontes dizem que ele anda voando e promete ser uma grande revelação nessa etapa do CBLOL. Pelos jogos que disputou profissionalmente no ano passado, é válido dizer que o caçador é um jogador bastante ofensivo e que gosta de jogar para frente, minando as possibilidades do jungler inimigo. 

No topo, a chegada de KiaRi é uma incógnita para mim. Substituir fNb não é fácil e não podemos esperar que o ex-cowboy seja como ele. O KiaRi é o KiaRi. Ponto. É verdade que não teve uma boa participação nos playoffs em que a Rensga chegou na final, mas fez uma fase regular muito sólida. Acho que o ambiente da Liberty e a filosofia da comissão técnica serão essenciais para que o jogador encontre constância na sua jogabilidade. Ele é bom, já demonstrou isso, e só precisa estar na mesma página com os seus companheiros de equipe e consigo mesmo. No bootcamp que fez no final de 2021, foi muito bem e alcançou posições altas nas filas ranqueadas europeias. É torcer para que a experiência no exterior tenha sido útil e que ele demonstre tudo isso em solo brasileiro.

Por fim, acredito que Matsu e Wos serão os principais pilares da Liberty nesta etapa. Como eu disse anteriormente, são dois jogadores bem sólidos e que fazem uma boa dupla, encaixaram muito bem desde quando começaram a atuar juntos. Agora, com mais liberdade e podendo mais, quero ver como vão se sair e se serão mais dominantes, pois antes jogavam mais como quem absorve pressão para que o outro lado do mapa prospere, e ainda assim faziam muito ao longo do jogo. Minha maior expectativa é pelo Matsu como um atirador protagonista, como ele foi no passado, quando fazia essa função muito bem. Acredito que possam se consolidar como uma das melhores bot lanes do país se tudo correr bem e como o esperado. Ademais, é um time que precisa de encaixe, entender a filosofia da comissão e colocar isso dentro de jogo. São peças que realmente precisam estar na mesma página, pois aqui é o coletivo que vai importar, não o individual.

Para mim, a Liberty chega como uma equipe bem subestimada para o CBLOL 2022 e isso é bom para eles. Silêncio e trabalho foi sempre o que essa comissão técnica fez de melhor. Não acho que podem chegar ao título, mas devem conseguir beliscar playoffs e também surpreender adversários durante o mata-mata. Quem sabe uma semifinal? Só vendo para saber. 

Mais textos da série de expectativas para o CBLOL 2022:

esports-lol
As escalações da primeira etapa do CBLOL e Academy 2022

Veja como ficaram as line-ups das 10 equipes que disputam o 1° split do Campeonato Brasileiro de League of Legends

esports-lol
Fogueta e Tabata são anunciadas no CBLOL e Academy; confira elenco completo de 2022

Equipe de repórteres do CBLOL é composta completamente por mulheres, mas na narração e comentários só há homens; elenco de comentaristas do Academy é majoritariamente feminino

esports-lol
CBLOL suspende venda de ingressos após nova alta de casos de Covid

Decisão da Riot é válida por tempo indeterminado. Disseminação rápida da variante Ômicron foi determinante para a decisão

0
Luis Santana
Showtana  - Redator

Estudante de jornalismo com paixão em contar histórias. Amante do cenário competitivo de League of Legends e assíduo comentarista de coisas que não sou pago para fazer.

Mais Reportagens

21:30 “Minha família respeitou minha decisão”, Faker explica motivo de ter recusado proposta milionária de equipe chinesa
12:13 LoL: RED Canids anuncia retorno de Grevthar, bicampeão do CBLOL
11:47 LoL: Jogadores tentam imitar Faker e destroem a taxa de vitórias do campeão mais presente no Mundial 2023
16:18 LoL: Ex-campeão mundial pode estar envolvido em grande polêmica na China que abala sua carreira profissional
12:29 LoL: Duas grandes movimentações ocorreram na LPL, a hegemonia do JDG poderia estar ameaçada?
11:42 LoL: KT Rolster recruta dois ex-campeões mundiais para a temporada de 2024 da LCK
12:06 LoL: RED Canids oficializa retorno de Jojo por R$ 300 mil
15:03 LoL: Alguns jogadores da T1 podem ter problemas na escolha de skins para seus campeões
13:42 LoL: Brance é o novo reforço da RED Canids para a temporada de 2024
09:12 Guia do Worlds 2023: Times participantes, formato, horários dos jogos e mais

Recomendados

Guia do 2º split do CBLOL 2023: tabela, times, jogos, ingressos e mais informações
LoL: Tier list 13.18 com guia dos melhores campeões de LoL
7 curiosidades sobre League of Legends que você não conhecia

Descubra guias

LoL: Tier list 13.18 com guia dos melhores campeões de LoL
Dicionário e glossário completo de termos e gírias de League of Legends
Tudo sobre o passe do Mundial 2020 e suas missões