Millenium / Artigos e reportagens de games / League of Legends /

LoL: Vorax Liberty deve se chamar apenas Liberty em 2022

LoL: Vorax Liberty deve se chamar apenas Liberty em 2022
0

Preparando-se para mais uma mudança, a Vorax Liberty deve passar a se chamar somente Liberty em 2022

Após uma série de mudanças, a Vorax se prepara para mais uma em 2022. Segundo fontes próximas ao MGG Brasil, a organização, que anunciou parceria com a Havan Liberty em 2021 e está no sistema de franquias do Campeonato Brasileiro de League of Legends, se chamará apenas Liberty.

No final de 2020, Falkol e PRG anunciaram uma parceria e candidatura conjunta para as franquias do CBLOL 2021. A fusão resultou na organização Vorax, que foi aceita pela Riot Games para ser uma de suas franqueadas. Entretanto, em março deste ano, um dos CEO da Vorax, Aristóteles “Toti”, teceu comentários antidemocráticos ao falar sobre os benefícios da ditadura no Brasil. Depois deste episódio, a situação dentro da organização ficou tensa e a Vorax decidiu afastá-lo do cargo de diretor, mas o manteve no grupo de investidores.

Depois de alguns meses, Toti foi completamente desligado da Vorax, o que fez surgir uma nova oportunidade de mercado para a organização - a parceria com a Havan Liberty. Não é segredo para ninguém que os planos da Havan sempre foram estar no CBLOL, tanto que foi apresentado um projeto ambicioso para a Riot Games, com o maior gaming office da América Latina, e mesmo assim eles foram recusados pela desenvolvedora para as franquias. Na época, o CEO da Havan Liberty, Samuel Walendowsky, convocou uma coletiva de imprensa para explicar melhor a movimentação da organização.

“Sempre quisemos estar no CBLOL e mesmo depois do processo de franquias ter sido finalizado, tivemos algumas conversas e estudamos possibilidades de entrar, até que recentemente surgiu essa oportunidade com a Vorax, que estava buscando um parceiro para dar os próximos passos na competição e crescer cada vez mais. Para nós da Havan Liberty, esse é um movimento que visa acelerar o processo de crescimento da organização e ao mesmo tempo agregar os valores da Vorax juntamente com a figura da Marina, que tem mostrado habilidade de gestão e tem sido fundamental para os bons resultados da Vorax”, disse o diretor na ocasião.

Segundo nossas fontes, a mudança para o nome Liberty deveria ter acontecido já nesse primeiro momento em que a união entre as organizações foi oficializada, mas a Riot Games não permitiu que a Havan entrasse com tudo logo de cara - o que foi negado por Marina Leite, CEO da Vorax em contato com a reportagem.

Procuramos a CEO da Vorax Liberty, Marina Leite, que se pronunciou da seguinte forma acerca dos nossos questionamentos:

“Existe sim um movimento para que, a partir de 2022, passemos a funcionar como uma única organização, e essa não é uma informação exclusiva, pois eu e Samuel já falamos sobre essa movimentação na primeira coletiva de imprensa que realizamos - ao tratarmos da aquisição da Vorax pela Liberty. Também voltei a falar publicamente sobre essa questão na semana passada.

Ainda estamos trabalhando em nosso plano de comunicação. Ou seja, não batemos o martelo para essa situação. Há algumas variáveis de marketing e comerciais que estão sendo consideradas para a definição completa de nossa estratégia."

Entramos em contato com a Havan Liberty e não obtivemos reposta até a publicação da matéria. Atualizaremos a nota em caso de retorno.

A Havan Liberty ficou com o vice-campeonato do VCT e representará o Brasil em Berlim, na Alemanha, no Masters. Já a Vorax Liberty acabou eliminada pela RED Canids na semifinal do CBLOL.

esports-lol

Robo e Tinows miram bootcamp na Europa durante o Worlds 2021

Dupla da paiN Gaming demonstrou interesse e procura por estadias em postagens nas redes sociais

esports-lol

Maestro deixa INTZ e anuncia que está free agent para propostas de todas as regiões

Após cinco anos na organização, o técnico deixou a INTZ para "partir para novos ares", como disse em um texto feito no Twitter

0
Luis Santana
Showtana  - Redator

Estudante de jornalismo com paixão em contar histórias. Amante do cenário competitivo de League of Legends e assíduo comentarista de coisas que não sou pago para fazer.

Mais Reportagens

21:02 CBLOL: Maestro diz ter errado em draft da derrota da FURIA; "Até pedi desculpas para o RedBert"
14:00 Fanart de Gwen como Draculaura é o crossover perfeito de LoL com Monster High
18:58 LoL: Riot trai a si mesma, saiba como as novas skins colocam o futuro da empresa em risco
14:50 Bug em habilidades de Olaf e outras falhas corrigidas com o Patch 12.12 do LoL
14:30 LoL: A contradição dos campeões mais populares e o objetivo oculto da Riot com Nilah
11:44 Um dos itens mais importantes do LoL receberá um grande nerf no próximo patch
19:11 Riot propõe mudanças controversas para um dos campeões mais odiados do LoL
17:40 A Loja de Essência Azul vai sumir por tempo indeterminado no LoL e comunidade reage; entenda
17:24 Essa campeã quase foi cancelada do LoL por conta de um simples chapéu
16:42 Juíza determina instauração de inquérito policial sobre caso Mit

Recomendados

Guia do 2º split do CBLOL 2022: tabela, times, jogos, ingressos e mais informações
LoL: 4 vezes em que a Riot Games foi acusada de plágio
As maiores novidades do LoL: novas skins, campeões, reworks e mais

Descubra guias

Bel'Veth: Runas, build e guia da campeã de LoL para jogar na jungle
Quais são os campeões mais difíceis de se jogar em LoL?
Dicionário e glossário completo de termos e gírias de League of Legends