Millenium / Artigos e reportagens de games / League of Legends /

O que esperar da INTZ para o CBLOL 2022?

O que esperar da INTZ para o CBLOL 2022?
0

Após ano turbulento e de maus resultados, equipe Intrépida busca reconquistar DNA vitorioso e apostou em formação com mistura de jovens talentos e jogadores mais experientes

Depois de um ano turbulento e repleto de maus resultados, a INTZ reformulou completamente o seu elenco de League of Legends e manteve apenas o veterano micaO para ser o capitão dessa nova leva de jogadores que chegaram. Em 2021, os Intrépidos tentaram ousar e levar mais a fundo o formato de sucesso que sempre deu certo para a organização: transformar jogadores renegados em grandes nomes no cenário, como foi com Tay e Shini, por exemplo. Mas essa tática não deu certo. Em nenhuma das etapas a equipe alcançou os playoffs, tanto no Academy quanto no CBLOL, e isso acendeu a luz vermelha . Algo precisava ser mudado.

O elenco da INTZ para o CBLOL 2022

William "Tyrin" Portugal
Foto: Leaguepedia/Leaguepedia
Yan "Yampi" Petermann
Foto: Leaguepedia/Leaguepedia
João "Kick" Rosas
Foto: Leaguepedia/Leaguepedia
Micael "micaO" Rodrigues
Foto: Leaguepedia/Leaguepedia
Daniel "Decoy" Ealam
Foto: Leaguepedia/Leaguepedia
Alexander "Abaxial" Haibel (Head Coach)
Foto: Leaguepedia/Leaguepedia
Guilherme "Mills" Uessler Conti (Assistant Coach)
Foto: Leaguepedia/Leaguepedia

Para o CBLOL 2022, o foco da INTZ é retornar com a mentalidade vencedora que os fez o time que tem mais títulos do CBLOL. É bem verdade que a janela de transferências começou complicada para os Intrépidos, com jogadores extremamente receosos de se juntarem à organização, e por isso a equipe foi um dos times que mais teve nomes ventilados e sondados no mercado. Porém, tudo mudou com a chegada de Abaxial, que será o pilar da INTZ nesta nova etapa, assim como foi há anos quando venceu dois títulos com a tag. As contratações passaram pelas suas mãos, desde indicações e até conversas com os jogadores sondados pela equipe.

Muito por isso, tivemos as apostas em Tyrin e Kick, ex-jogadores da FURIA. Além disso, a chegada de Yampi é um ponto muito positivo para o time, afinal, ele é um dos melhores da sua posição e vem de desempenhos muito bons nas últimas temporadas, podendo ser a experiência para a parte superior do mapa que é completada por dois jogadores novatos. Por fim, a chegada de Decoy é o movimento ousado da INTZ para a temporada. O neo-zelandês chegou aos Intrépidos após diversos nomes especulados para a posição.

Decoy é apenas o terceiro estrangeiro a jogar pela INTZ. Reprodução: INTZ/Twitter - League of Legends
Decoy é apenas o terceiro estrangeiro a jogar pela INTZ. Reprodução: INTZ/Twitter

É claro que, olhando por cima, o elenco é uma grande incógnita. Um estrangeiro, dois novatos e uma dupla já consolidada no cenário. Ainda assim, esse time pode mais e vou mostrar o porquê. Você pode não gostar de Tyrin, mas ele é bom. Vamos enxergar o contexto em que ele esteve inserido na FURIA: caos, desorganização e nem mesmo a comissão técnica sabia o que queria fazer. Em outra ótica, no Academy, pela mesma organização, ele simplesmente passou por cima de todos os adversários que enfrentou. Tanto que substituiu rapidamente o chileno Skeeto na divisão principal e a partir daí, realmente, não foi bem. Em um time organizado, acredito que sim, ele vai bem e finalmente demonstrará seu valor. Ele se mostrou muito acima do nível Academy e com toda certeza tem algo a mais para mostrar no CBLOL.

Falar do Yampi é chover no molhado. Um jogador de altíssimo nível que saiu da Vorax Liberty após o ciclo ter se encerrado. Ele e fNb formavam a base daquela equipe e ficaram por muito tempo na organização, sem conseguir levantar um título, mesmo com boas campanhas, incluindo a final da primeira etapa de 2020. Um jogador versátil, mas que gosta bastante de ser protagonista. É válido lembrar dos seus jogos de Graves durante todo o ano de 2021 - quando abria vantagem ninguém mais o parava. A sua adaptabilidade é algo bem interessante de pensar em como vai funcionar com os dois novos jogadores das rotas solo. Um deles, Kick, também tem essa particularidade na sua gameplay. Afinal, durante o último CBLOL Academy, ele jogou com mais de 15 campeões diferentes durante toda a etapa. E todo estilo de campeão. Seja mago, assassino, encantador… tudo. É um jogador coringa que será uma carta muito importante no baralho de Abaxial. Esse diferencial também combina com Yampi e acho que isso trará uma química muito importante para o time. Afinal, é sempre importante que tanto o meio quanto o caçador estejam na mesma página em suas ideias fora e dentro de jogo. É um casamento que tem tudo pra dar certo.

Yampi foi o primeiro reforço da INTZ na temporada. Reprodução: INTZ/Twitter - League of Legends
Yampi foi o primeiro reforço da INTZ na temporada. Reprodução: INTZ/Twitter

Já micaO nunca teve o papel de protagonista dentro da INTZ, durante toda a sua passagem, e o que ele faz de melhor é comandar. Hoje, como capitão, ele será o cara que guiará todo esse elenco, principalmente os dois novatos. E quando falo que ele nunca foi protagonista, isso não é algo ruim. É uma maneira que ele gosta de jogar. Ser um jogador versátil, que pode ou não jogar com recurso. E faz isso muito bem.

Lembro-me dos jogos de Ashe e Ezreal na sua carreira, além de vários de Ziggs na temporada passada. A grande incógnita é como Decoy vai encaixar na equipe, principalmente com micaO. E acho que vai ser uma combinação boa. Durante sua passagem pela Pentanet ele fazia muito bem a função de ser a parte mais fraca do mapa, mas também teve atuações extremamente satisfatórias atuando com campeões de mais protagonismo e que precisam de atitude, como Leona, por exemplo. O fato é que a comunicação também precisa fluir - e ele Yampi precisam encaixar. Existem diversos casos de times que explodiram simplesmente por ter estrangeiros e a dificuldade no inglês. A paiN, campeã do ano passado, só engrenou de verdade quando todos os jogadores conseguiram estar na mesma página falando com o estrangeiro do time, principalmente a dupla entre caçador e suporte.

Como disse anteriormente, no texto do Flamengo, a INTZ é o outro time que vejo que pode surpreender muito no decorrer do CBLOL, isso se encaixarem como estou imaginando. Acredito que, pensando em uma ótica positiva, esse time pode, sim, ir bem na fase regular e conseguir uma vaga nos playoffs. E aí é onde a mágica acontece. É um campeonato completamente diferente.

Mais textos da série de expectativas para o CBLOL 2022:

esports-lol

As escalações da primeira etapa do CBLOL e Academy 2022

Veja como ficaram as line-ups das 10 equipes que disputam o 1° split do Campeonato Brasileiro de League of Legends

esports

Riot exigirá vacinação completa em todos os eventos presenciais no Brasil

Medida é válida para todos os campeonatos de games como League of Legends, Valorant e Wild Rift

esports-lol

CBLOL suspende venda de ingressos após nova alta de casos de Covid

Decisão da Riot é válida por tempo indeterminado. Disseminação rápida da variante Ômicron foi determinante para a decisão

0

Mais Reportagens

18:31 Riot revela teaser da nova campeã do LoL Renata Glasc, a Baronesa da Química
13:57 "Minha gata tem mais fãs que a INTZ", provoca Kami, ex-pro player de LoL
23:20 Vi: Runas, builds e guia da campeã do LoL para jogar como caçadora
13:30 Diana: Runas, builds e guia da campeã do LoL para jogar como caçadora
13:17 Tudo sobre o passe Festival Lunar 2022 e suas missões no LoL
12:14 A ultimate mais eficaz de Ezreal que você verá hoje
10:42 Saiba qual é a estratégia por trás da Janna Top de Smite para vencer no LoL
09:17 Vel'Koz receberá atualização visual em suas habilidades no LoL
19:21 A assustadora skin Rek'Sai K/DA de LoL criada pela comunidade para "zoar" a Riot
18:21 LoL: Prévia do patch 12.3 indica nerfs em Zeri, Senna, Amumu, ajustes em itens e mais

Recomendados

As escalações da primeira etapa do CBLOL e Academy 2022
Tudo o que você precisa sobre a segunda temporada do ULT, o reality show de LoL
Por dentro da LOUD: como é e como funciona a estrutura para os atletas da organização

Descubra guias

Quanto gastei no LoL? Site oficial mostra dinheiro investido no game
Diana: Runas, builds e guia da campeã do LoL para jogar como caçadora
Akali: Runas, builds e guia da campeã de LoL para jogar no meio