Millenium / Artigos e reportagens de games / League of Legends /

CBLOL: Netshoes Miners precisa mudar de nome até final da primeira etapa, determina Riot

CBLOL: Netshoes Miners precisa mudar de nome até final da primeira etapa, determina Riot
0

A E-Flix, empresa que faz a gestão da equipe, deve encerrar o patrocínio e encontrar novos parceiros até 31 de maio de 2022

A Riot Games anunciou nesta segunda-feira (13) a decisão tomada referente à aquisição da Kabum Comércio Eletrônico, proprietária da KaBuM! Esports, pela Magazine Luiza, relacionada à Netshoes Miners. Conforme determinação da desenvolvedora, a Netshoes Miners deve mudar de nome e apresentar novos parceiros até o fim da primeira etapa do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLOL) 2022.

Um comunicado foi publicado com a cronologia dos fatos e o parecer da Riot, que reforça que a empresa titular da vaga no CBLOL é a E-Flix, gestora do projeto que não é detida nem controlada pela Magazine Luiza ou Netshoes, sendo a relação existente apenas de patrocínio com direito de incluir a marca no nome da equipe. Ou seja, não se trata de múltipla propriedade de organizações no campeonato. Sendo assim, é necessário que a gestora encerre o patrocínio com a Netshoes e apresente novos parceiros até 31 de maio de 2022.

Ainda de acordo com a Riot, a Netshoes Miners poderá disputar a primeira etapa do CBLOL 2022 com o mesmo nome, junto da KaBuM! Esports. Além disso, será possível manter Miners no nome, visto que é a propriedade original da equipe.

"Estamos seguros de que esta decisão preserva a integridade competitiva do CBLOL, está totalmente baseada em políticas e condições descritas em contratos e acordadas entre as partes, e reflete o pensamento global da Riot Games sobre o funcionamento de suas competições. Essa decisão foi amplamente discutida e compartilhada com times globais e regionais da Riot Games, para garantir a consistência das políticas da empresa no mundo", se lê no comunicado.

A Riot explica ainda que permitiu que a Netshoes Miners dispute a primeira etapa do CBLOL 2022 com o mesmo nome para que a organização tenha tempo e recursos para ajustar a estratégia "e seguir com seu planejamento para esports".

"Acreditamos profundamente na conduta profissional e esportiva de todos os times do CBLOL, e confiamos no compromisso da KaBuM! e da Miners com a integridade competitiva do campeonato", continua a desenvolvedora. "Como sempre, permanecemos monitorando o cenário competitivo de esports do League of Legends com base nos processos e regras do CBLOL. Ainda, seguimos contando com a colaboração de nosso parceiro global SportRadar, que apoia a Riot Games com informações e análises sobre potenciais aspectos de quebra de integridade competitiva. Estamos confiantes de que a questão será resolvida com a colaboração de todos os envolvidos".

Vale ressaltar ainda que essa decisão é válida apenas para a line-up de League of Legends da Miners, conforme o comunicado: "É importante esclarecer que essa decisão somente inviabiliza uma relação comercial entre o time de League of Legends da Miners e a Netshoes enquanto perdurar o conflito de interesses com a Kabum! Esports e, ainda, não tendo relação com as demais equipes de outros Esports da Miners".

A KaBuM! revelou em 9 de dezembro, depois de semanas sem qualquer publicação nas redes sociais oficiais, os atletas que representarão a equipe no CBLOL 2022: Parang, Wiz, Hauz, Disave e Scuro.

A Miners, por sua vez, ainda não divulgou os jogadores para o ano que vem, mas segundo fontes próximas ao MGG Brasil, o elenco da equipe pode ser composto pelos sul-coreanos DoRun e Croc, com Anyyy no meio e a dupla Drop e Hawk na rota inferior.

O CBLOL 2022 ainda não tem data para início, mas acontecerá de forma presencial e potencialmente com torcida já na primeira etapa, em um novo estúdio em São Paulo.

personalidades

Ga Kim: Conheça a tradutora e intérprete de coreano do CBLOL

A sul-coreana de 25 anos trabalhou em times como a Red Canids e o Flamengo hoje atua com a Riot Games e na Liga Latinoamérica de League of Legends, com a Isurus

esports-lol

CBLOL: "Intenção é que seja até o 2º split", diz brTT sobre pausa na carreira em 2022

Em entrevista coletiva após o prêmio CBLOL, o atirador brTT afirmou que a lição que tirou dos últimos dois foi cuidar da própria saúde mental

esports-lol

CBLOL: "Tem grandes chances de eu voltar no 2º split", diz Jean Mago sobre 2022

Após afirmar: "Ser pro player não é para mim", o meio Jean Mago acendeu as esperanças dos fãs do CBLOL com a possibilidade de retornar ao competitivo

0

Mais Reportagens

18:31 Riot revela teaser da nova campeã do LoL Renata Glasc, a Baronesa da Química
13:57 "Minha gata tem mais fãs que a INTZ", provoca Kami, ex-pro player de LoL
23:20 Vi: Runas, builds e guia da campeã do LoL para jogar como caçadora
13:30 Diana: Runas, builds e guia da campeã do LoL para jogar como caçadora
13:17 Tudo sobre o passe Festival Lunar 2022 e suas missões no LoL
12:14 A ultimate mais eficaz de Ezreal que você verá hoje
10:42 Saiba qual é a estratégia por trás da Janna Top de Smite para vencer no LoL
09:17 Vel'Koz receberá atualização visual em suas habilidades no LoL
19:21 A assustadora skin Rek'Sai K/DA de LoL criada pela comunidade para "zoar" a Riot
18:21 LoL: Prévia do patch 12.3 indica nerfs em Zeri, Senna, Amumu, ajustes em itens e mais

Recomendados

As escalações da primeira etapa do CBLOL e Academy 2022
Tudo o que você precisa sobre a segunda temporada do ULT, o reality show de LoL
Por dentro da LOUD: como é e como funciona a estrutura para os atletas da organização

Descubra guias

Quanto gastei no LoL? Site oficial mostra dinheiro investido no game
Diana: Runas, builds e guia da campeã do LoL para jogar como caçadora
Akali: Runas, builds e guia da campeã de LoL para jogar no meio