Millenium / Artigos e reportagens de games / ULT /

ULT: Kenai, LRK, Vapo, Dipper e Lunardeli falam sobre a eliminação

ULT: Kenai, LRK, Vapo, Dipper e Lunardeli falam sobre a eliminação
0

Mais cinco participantes foram eliminados da 2ª temporada do ULT e conversaram com o MGG Brasil sobre como foi a experiência de participar do reality show e seus planos para o futuro

Nesta quinta-feira (18) durante o sexto episódio do reality show de League of Legends ULT aconteceram mais cinco eliminações na 2ª temporada. Kenai, LRK, Vapo, Dipper e Lunardeli deram adeus ao ULT, mas suas jornadas fora do programa continuam e o MGG Brasil conversou com os eliminados sobre a experiência de participar da competição e planos para o futuro.

Vale lembrar que o próximo episódio é o da grande final. Zecas, Nin, Luuukz, Miehe, Angelzada, Sleepy, Jime, Doppler, Renanzinho e Kishine disputarão a decisão do reality show. Os cinco vencedores ganharão a oportunidade de atuar no cenário competitivo de LoL pela RED Canids Kalunga.

Kenai

Foto: Kelly Fuzaro/Reprodução - ULT
Foto: Kelly Fuzaro/Reprodução

Sempre pronto para os desafios do ULT com seu óculos Juliet ou a capa do Super Choque, Kenai deixou sua marca no reality. O topo acredita que o que faltou para ele permanecer no programa foi adaptação.

"Acho que reconheci o que eu precisava fazer e como jogar muito tarde, isso afetou o jeito como eu estava levando a competição. Acho que se eu tivesse percebido que a adaptação seria muito necessária aqui, eu teria mudado meu jogo no começo. Não foi possível, não foi o que pensei na hora, então acho que perdi para mim mesmo, mais do que para qualquer outra coisa".

Questionado sobre a pressão de estar no reality, o jogador afirmou que faria tudo de novo, mas ressaltou uma dificuldade. "Jogar em stage também foi algo que eu aprendi aqui no programa e é muito mais difícil do que parece. Quando você está só assistindo, parece totalmente tranquilo, mas não é, apesar de eu ter gostado bastante".

Kenai afirmou ter aprendido que "a conexão e o respeito" que as pessoas têm por quem depende e cuida delas e querem seu bem "é muito importante, talvez até mais do que dentro de jogo". Pensando nas amizades que fez no programa, o topo disse que sentirá muita saudade de Zecas e Angel.

Fazendo o famoso L de LOUD com a mão, o jogador disse que não pretende parar sua jornada antes de conquistar alguns troféus no cenário competitivo - mas explicou que está aberto para receber propostas de quaisquer times.

Assim como no segundo episódio do reality, quando conversou com Jessie, Dipper e Kishine sobre diversidade e representatividade, Kenai fez questão de deixar um recado para pessoas pretas dos esports.

"Eu estava muito receoso de tocar nesse ponto porque é muito triste saber que você ter orgulho de quem você é, é um problema para as pessoas do seu cenário, do cenário que você sonha em estar em representar algum dia. Sempre fiquei receoso de falar disso na casa, mas sempre falei. Acho que isso é importante porque sei que muitas pessoas também têm esse receio. O cenário é muito tóxico e violento nesse quesito, mas se ninguém puxar o gatilho, ninguém será nada, então estou aqui para colocar a cara a tapa e representar todo mundo que precisa ser representado, que tem um sonho, mas que não corre atrás porque falta alguém que mostre que tudo é possível. Não estou aqui só por mim, estou aqui por muita gente!".

Além de agradecer o apoio de todos que torceram por ele, Kenai também deixou seus palpites sobre a grande final do ULT:

"Acho que quem mais merece e que vai ganhar é o Zecas. Na jungle eu gosto dos dois, eles são muito bons, mas o Miehe seria a pessoa que eu escolheria para ganhar. No mid os dois merecem também, mas o Angel é um cara que cresceu muito aqui, entendeu muito do jogo e merece ganhar. De ADC eu confio muito na Jime, mas acho que ela tem um pouco mais a crescer ainda. O Doppler é um cara muito preparado já, que joga muito bem, acho que ele leva essa. Entre os suportes, gosto muito dos dois, eles têm muita capacidade, o Kishine vem crescendo absurdos, mas o Renanzinho tem muita experiência, acho que ele leva".

LRK

Foto: Kelly Fuzaro/Reprodução - ULT
Foto: Kelly Fuzaro/Reprodução

Muita gente diz que ele é o NPC do ULT, mas LRK sempre se deu bem com todo mundo dentro da casa e mostrou bons desempenhos no reality. Ao MGG Brasil o caçador falou mais sobre sua eliminação: "Como os técnicos disseram: eu apago dentro de jogo. Quando falaram isso da primeira vez, não entendi muito bem, acho que esse foi o motivo da minha eliminação. Faltou não apagar".

Ainda assim, o jungler afirmou que deixa a casa "tranquilo" e cheio de saudade. "Estou sentindo falta da minha família, de amigos que estão acompanhando e até dos que não sabiam que eu estaria aqui".

Questionado sobre o que ele aprendeu ao longo do programa, LRK respondeu: "Aprendi que tenho que ser mais protagonista nos jogos e também conheci muitas pessoas incríveis e criei amizades com elas. Eu conhecia o Renanzinho da soloQ e nunca seria amigo dele, mas aqui na casa ele foi um dos meus melhores amigos. Aprendi que as pessoas mudam e isso é muito importante".

O caçador afirmou que está free agent para 2022 e que aguarda uma oportunidade para se provar no cenário competitivo. Além disso, disse que sentirá saudade de todos na casa, mas em especial de Zecas, Angel, Doppler, Kishine e Jime - na hora de dar seus palpites sobre a final, alguns desses nomes mudaram.

"Acho que os vencedores serão Zecas, Miehe, Angel, Doppler e Renanzinho. Os cinco são meus amigos e estou torcendo muito por eles, mas torço por todos os outros também".

Por fim, LRK mandou um recado para quem acompanhou sua jornada no ULT: "Quero agradecer principalmente à minha família, porque quando surgiu a oportunidade de vir ao ULT eles não hesitaram em deixar eu vir, e sei que foi difícil pra eles porque somos do interior, não conhecemos muita coisa aqui. Também quero agradecer a meus amigos, vocês são muito importantes para mim. De noite eu sempre pensava neles porque estou com muita saudade, fico feliz que agora pelo menos vou poder vê-los".

Vapo

Foto: Kelly Fuzaro/Reprodução - ULT
Foto: Kelly Fuzaro/Reprodução

Garantindo cada vez mais apoiadores da Vaponation ao longo dos episódios e representando Rio das Ostras, no Rio de Janeiro, Vapo (e seu Galio!) impressionaram quem assistiu ao ULT.

"Acho que comecei muito bem, fui seguindo estável, mas faltou um pouquinho de disciplina na hora de beber, porque no dia seguinte, de ressaca, joguei mal as duas partidas do Combate. Ainda assim, acho que no restante desempenhei muito bem, estava muito focado e estou satisfeito comigo", disse o mid laner, que afirmou gostar de se sentir desafiado.

"No começo senti muita pressão, sim, porque essa experiência foi muito diferente, tinha muita gente o tempo todo, mas lidei bem. Quando eu estava pressionado, precisando ganhar, desempenhei bem, e quando fiquei relaxado, desempenhei mal, então acredito que lido bem com a pressão, gosto dela, gosto de me sentir desafiado".

Além disso, o meio falou mais sobre seu desempenho individual e revelou ter sofrido com o frio paulistano. "Representei muito bem minha cidade, meus amigos devem estar orgulhosos, estou louco para chegar em casa e bater uma gameplay com eles. Representei muito bem a cidade que amo, o Rio de Janeiro e estou com muita saudade de lá. Não aguento mais o frio daqui de São Paulo, quero ir para a praia e em breve estarei lá".

Vapo também contou ao MGG sobre o que aprendeu no reality: "Aprendi a ter empatia e a respeitar as pessoas que têm opiniões diferentes das minhas. Em time rola muita opinião diferente, então é preciso saber lidar com elas, receber críticas. Fui muito elogiado por isso, porque aqui tinha gente que não recebia críticas muito bem, então sempre falaram que uma das minhas qualidades era saber receber críticas. Quando me falavam as coisas, eu aprendia, respeitava e procurava melhorar".

O meio também afirmou que quer receber propostas do cenário competitivo em breve, porque está 100% focado. "Quero chegar em casa e já voltar para minha rotina de jogo. Quero voltar a streamar porque esse é um dos meus grandes sonhos, jogar inhouse, soloQ no high elo. E o time que me quiser, estou no foco".

Vapo disse que sentirá muita falta de Dipper, porque era "muito bom conviver com ele todos os dias", além de Renanzinho e Zecas também. Na hora de contar para quem torce na final, mais nomes apareceram também.

"No meio acho que o Angel ganha, ele merece muito e está bem focado. Na jungle acho que quem vence é o Luuukz, no topo estou torcendo pelo Zecas, mas acho que a disputa é bem parelha, para ADC estou torcendo pela Jime e entre os suportes estou torcendo muito pelo Renanzinho".

Por fim, rolou um agradecimento especial para seus fãs. "Muito obrigado pela Vaponation, quero agradecer todo mundo que torceu, que gostou de mim. É uma satisfação total estar aqui, um sonho para mim, então estou muito feliz e vocês podem aguardar porque ainda vão ouvir muito o nick Vapo por aí!".

Dipper

Foto: Kelly Fuzaro/Reprodução - ULT
Foto: Kelly Fuzaro/Reprodução

Sorrindo o tempo inteiro, pronto para dizer palavras amigas a quem precisasse e sempre a postos para defender seus amigos, Dipper encantou a comunidade de LoL e mostrou grande parte de seu potencial como atirador.

"Acho que faltou experiência para eu ficar. Sou o mais novo aqui, o que tem menos tempo de competitivo e acho que faltou a experiência que alguns aqui já tinham e eu ainda não, mas agora já dei meu primeiro passo, então daqui para frente é só continuar que vou longe", disse o jogador.

Questionado sobre o que ele aprendeu no reality, Dipper aproveitou para inspirar outras pessoas. "Aprendi a me valorizar, que era um negócio que eu não sabia fazer bem antes, não colocava muita fé em mim. Eu estava depressivo e com ansiedade no começo do ano, e assim ninguém consegue se ver em algum lugar na vida, mas aqui, com as experiências que passei e com as pessoas que conheci, passei a me dar valor".

O atirador também garantiu que quer continuar sua jornada pelo competitivo. "Quando eu voltar para casa, meus planos são voltar para minha rotina de treino, curtir minha família, pegar top 1 no challenger, no inhouse. Quero me dedicar o máximo possível e achar um time que me ajude a evoluir como jogador e pessoa".

Falando em cenário competitivo, o atirador se revelou Painzete. "Está na minha mala a camiseta da paiN. No Natal retrasado, meu namorado me deu ela de presente e disse: 'Isso aqui não é só um presente, é um símbolo de que você consegue seguir seus sonhos'. Sou Painzete desde 2015, mas estou aqui para todos os times que quiserem me chamar".

Dipper revelou que sentirá falta de todos na casa, especialmente de Jime, Kenai, Kishine, Vapo e Renanzinho e também contou seus palpites sobre quem vencerá na final, embora não tenha conseguido dar certeza sobre os meios e suportes. No topo ele acredita que Zecas vence; na selva Luuukz e entre os ADCs: Jime.

"Muito obrigado a todo mundo que torceu por mim, que gostou da minha trajetória aqui no ULT, fiquem tranquilos porque não vou sumir. Vou fazer stream, entrar no competitivo, ganhar CBLOL, Mundial e quero mandar uma mensagem para minha família também, que só tenho a agradecer. Quando falei para eles: 'Quero fazer faculdade de música', falaram 'Vai'. Quando falei: 'Quero jogar LoL profissionalmente', falaram 'Vai'. Eles me apoiam em tudo o que faço, tenho muita sorte de ter uma família assim".

Lunardeli

Foto: Kelly Fuzaro/Reprodução - ULT
Foto: Kelly Fuzaro/Reprodução

Com seus gritos confiantes e chamadas de responsabilidade dentro e fora de jogo, Lunardeli surpreendeu os especialistas e todos dentro do ULT. Ao MGG Brasil, ela contou que se sentiu pressionada no reality, por ter que jogar na frente de grandes nomes do cenário competitivo nacional.

"Me senti um pouco desconfortável no começo, com a questão das câmeras, mas depois me acostumei, acho até que eu já tinha um jeito de lidar com elas. Também senti um pouco de pressão por ter que jogar com o Kami, o Takeshi e o Djoko atrás de nós, você começa a tremer no meio do jogo, mas precisa ficar focado porque em um deslize pode perder tudo".

Luna disse que no ULT aprendeu que o estado mental afeta o jogo até mais do que boa mecânica e que está pronta para voltar a focar no LoL. Questionada sobre a possibilidade de estar free agent para jogar em 2022, ela foi direta: "O que vier será 'só agradece'", citando um dos bordões mais famosos de Baiano, que esteve no sexto episódio do ULT.

A suporte também deixou uma mensagem para as mulheres do cenário: "O meio dos esports é muito complicado. É difícil entrar nele, receber destaque, se mostrar, porque sempre terá alguém criticando você e não confiando no seu potencial, mas isso só depende de vocês. Todos nós somos capazes de chegar onde quisermos, só depende da gente. Se esse é o sonho de vocês, não desistam!".

Luna também falou mais sobre seus palpites sobre a final do ULT. "O Zecas está crescendo muito, sei que ele sente um pouco de pressão, mas ele está vindo hypado. Torço pelo nin também, mas acho que o Zecas vai vir quente para a final. Na jungle, acho que o Luuukz vai amassar. No mid acho que o Sleepy ganha, ele também fica muito inspirado em momentos importantes. Entre os ADCs, acho a Jime incrível, torço muito por ela, e o Doppler é excepcional, então minha torcida fica um pouco dividida. E entre os suportes é sempre aquela 'broderagem', então estou torcendo pelos dois, independente de quem ganhar eu ficarei feliz".

Para finalizar, a suporte agradeceu quem a apoiou durante o reality. "Só tenho a agradecer por quem torceu por mim, principalmente minha família que sempre me apoiou. Não sei o que esperar, não sei se vão gostar de mim porque tenho uma personalidade um pouco incisiva, fico batendo muito no peito, talvez algumas pessoas não gostem disso, mas pra quem gostar: tamo junto, obrigada pela torcida".

ULT

Transmissão, agenda e mais informações

O programa é produto de uma parceria da Webedia Brasil com a Endemol Shine Brasil - empresa responsável por outros sucessos como o MasterChef, com patrocínio de Coca-Cola, Trident e Subway, e apoio de Logitech e Geonav.

A apresentação do programa é feita por Bruna Thedy, as funções de mentores e jurados fica com Kami, Takeshi e Djoko, enquanto Felipe "Tonello" Souza e Eidi "esA" Yanagimachi atuam comos os casters dos desafios Combate.

Os episódios da nova edição do ULT terão duração de 1h20 e serão transmitidos sempre às quintas-feiras nos canais oficiais do MGG Brasil na Twitch, Facebook e YouTube. Após a exibição do programa em nossos canais, será possível assisti-los novamente em formato on-demand no serviço de streaming Vix.

Para saber de tudo e sempre estar a par do que está acontecendo no ULT, acesse nossa matéria especial.

ult

Golden shower no LoL? Entenda o que é Flame Horizon, a vantagem de 100 cs citada por nin no ULT

Conheça a história da vantagem de 100 CS, que vai além das risadas de Nin, Semdente, Luna, Fizz e Doppler sobre golden shower

ult

9 momentos em que a fofoca edificou a casa do ULT

O quarto episódio do reality show de LoL mostrou que a casa do ULT está completamente edificada de fofocas

ult

Fizz, Xofa, Jessie, Bardeus e Semdente falam sobre a eliminação do ULT

Os cinco primeiros eliminados da 2ª temporada do ULT conversaram com o MGG Brasil sobre como foi a experiência de participar do reality show e seus planos para o futuro

0

Mais Reportagens

19:14 Os melhores momentos da segunda temporada do ULT, reality show de LoL
21:34 Campeões do ULT, Nin, Luuukz, Angelzada, Jime e Kishine falam sobre vencer o reality de LoL
21:28 Resumo do 7º episódio da segunda temporada do ULT; relembre os principais momentos do reality de LoL
22:10 Kenai, LRK, Vapo, Dipper e Lunardeli falam sobre a eliminação do ULT
22:07 Resumo do 6º episódio da segunda temporada do ULT; relembre os principais momentos do reality de LoL
22:04 Fizz, Xofa, Jessie, Bardeus e Semdente falam sobre a eliminação do ULT
22:01 Resumo do 5º episódio da segunda temporada do ULT; relembre os principais momentos do reality de LoL
22:01 9 momentos em que a fofoca edificou a casa do ULT
21:57 Resumo do 4º episódio da segunda temporada do ULT; relembre os principais momentos do reality de LoL
21:53 Resumo do 3º episódio da segunda temporada do ULT; relembre os principais momentos do reality de LoL

Recomendados

Tudo o que você precisa sobre a segunda temporada do ULT, o reality show de LoL

Descubra guias

Tudo o que você precisa sobre a segunda temporada do ULT, o reality show de LoL