Millenium / Artigos e reportagens de games / ULT /

ULT: Fizz, Xofa, Jessie, Bardeus e Semdente falam sobre a eliminação

ULT: Fizz, Xofa, Jessie, Bardeus e Semdente falam sobre a eliminação
0

Os cinco primeiros eliminados da 2ª temporada do ULT conversaram com o MGG Brasil sobre como foi a experiência de participar do reality show e seus planos para o futuro

Nesta quinta-feira (11) durante o quinto episódio do reality show de League of Legends ULT aconteceram as primeiras cinco eliminações da 2ª temporada. Xofa, Jessie, Fizz, Semdente e Bardeus deram adeus ao ULT, mas suas jornadas fora do programa continuam e o MGG Brasil conversou com os eliminados sobre a experiência de participar da competição e planos para o futuro.

Vale lembrar que a partir de agora, mais cinco participantes serão eliminados no sexto episódio, em 18 de novembro. Desta forma, restarão dez jogadores que disputarão a grande final do reality show. Os cinco vencedores ganharão a oportunidade de atuar no cenário competitivo de LoL pela RED Canids Kalunga.

Xofa

Foto: Kelly Fuzaro/Reprodução - ULT
Foto: Kelly Fuzaro/Reprodução

Xofa deixou o ULT como um dos participantes mais queridos da casa e do público. Diversos pro players e streamers declararam suas torcidas ao jogador, que também recebeu um destaque da casa durante o reality.

O topo acredita que diversos fatores podem ter influenciado sua saída do reality. "Eu diria que na primeira semana fiquei muito nervoso, foi minha primeira experiência desse tipo. Talvez também tenha sido minha champion pool, que era sempre de personagens defensivos".

Apesar do nervosismo, o jogador também afirmou que uma coisa o ajudou ao longo das semanas na casa. "Senti pressão no início, porque tive um desempenho muito ruim, usei runas ruins para alguns personagens, em momentos em que eles não foram pedidos, mas eu meditava. A meditação ajuda muito para a calma, perseverança, resiliência, então eu estava tranquilo".

Além disso, Xofa afirmou que participar do ULT foi uma "experiência maravilhosa". "Não vou esquecer ninguém daqui", disse o topo, que contou ao MGG Brasil que sentirá saudades de todos, mas em especial de Renanzinho, Miehe, Jime, Nin, Fizz ("mesmo ele enchendo meu saco"), Luuukz e Lunardeli.

Ao ser questionado sobre a possibilidade de estar free agent para 2022, a resposta foi: "Estou mais que livre, mais que disponível!".

Por fim, Xofa mandou um recado para seus fãs: "Gente, não foi dessa vez, mas desistir não vai ser agora, né? E lembrem-se: sempre sorria, abrace seus pais, tente viajar o mundo e socializar. Nunca reclamar, só agradecer, tudo o que vier foi por merecer. Obrigado pelo apoio!"

Jessie

Foto: Kelly Fuzaro/Reprodução - ULT
Foto: Kelly Fuzaro/Reprodução

Vencedora de dois Desafios Combate no episódio 4, Jessie, que já disputou um torneio internacional de LoL, inspirou muita gente com seus discursos sobre diversidade e representatividade. Contando com a torcida de grandes figuras do cenário, como Sher Machado e Samira Close, a caçadora deixou sua marca na 2ª temporada do ULT.

Em entrevista ao MGG Brasil, Jessie disse acreditar que faltou mais diversidade e versatilidade de campeões em sua jornada. "Não acho que pequei tanto em gameplay, mas sim em não ter uma pool maior dentro da competição, para poder explorar isso".

A jogadora ainda afirmou que se sentiu muito pressionada ao logo de sua participação no reality. "A pressão foi surreal. Ter 15, 16, 17 cabeças te pressionando, te subestimando... Disputar campeonato lá fora não teve tanta pressão quanto aqui. É preciso se provar a cada hora, a cada momento, a cada desafio".

Para a alegria de seus fãs, a jogadora disse querer continuar procurando uma oportunidade no cenário competitivo. Emocionada, ela contou de quem sentirá saudades fora da casa. "Vou sentir muita falta da Jime, do Dipper, que cantava todos os dias, e de ficar fuxicando com o Kishine. Também vou sentir muita falta do Zequinhas".

Jessie contou que o ULT lhe ensinou a lidar com o fato de que ninguém pensa igual a ninguém, e também mostrou uma lição ainda mais importante a ela. "Aqui dentro foi o momento em que mais me senti recebendo afeto. As pessoas não ligavam para o que eu comia, fazia, ou para como nasci. Simplesmente gostavam de mim pela minha personalidade, por quem eu sou, isso me foi negado desde que cresci. O que o ULT me ensinou foi me permitir conhecer outras pessoas e permitir que elas me conhecessem também".

Após dizer que aposta suas fichas em Angel, Kishine e Jime para vencer o programa, Jessie deixou um recado especial para sua torcida e a comunidade trans dos esports:

"Quero agradecer todo o carinho e apoio, espero um dia poder orgulhar cada um de vocês. E às pessoas da minha comunidade, as pessoas trans, quero falar que vocês são corajosos só por existirem. Sei que é difícil acordar e ouvir palavras ruins, se olhar no espelho, lidar com a falta de uma mãe, de um pai, isso machuca muito, mas quero dizer que vocês são extremamente fortes e que conseguem lidar com isso, assim como eu. Se eu estou aqui lidando com isso, tentando mudar a visão que o mundo tem sobre nós, espero que vocês continuem também".

Fizz

ULT

Conhecido por seu passado tóxico, como lembrou Semdente no primeiro episódio ao dizer que Fizz era bloqueado em todas as suas redes sociais, o meio que é main Fizz e estudou no Senai deixou o ULT com a certeza de ter feito 19 amigos no reality show.

"Acho que faltou tudo [para permanecer no programa]. Joguei muito mal, não mostrei muito da minha capacidade como jogador, mas como pessoa estou bem feliz. Melhorei bastante em relação à tudo. As pessoas confiaram em mim, me ajudaram muito e isso é algo que eu não vou esquecer".

O jogador contou ao MGG Brasil que somente um grande amigo seu sabia da possibilidade dele entrar no ULT. "Ele é o meu amigo mais antigo de internet, até já parou de jogar LoL, e ele sabe dos traumas que tenho nesse meio. Falei que essa seria a última vez que eu tentaria entrar no competitivo, que se não desse certo eu pararia com isso para sempre. Não contei nem para os meus pais, porque se não desse certo, eu nem queria que eles soubessem. Somente um dia antes de viajar para cá eu contei tudo".

E se Fizz é um homem de poucos amigos fora do ULT, agora ele tem mais 19 pessoas para acrescentar em sua vida. "Aprendi que existem pessoas muito diferentes e nem por isso elas estão erradas. Cada um tem seu próprio jeito e eu estou feliz de ter conhecido tanta gente, como o Xofa, super inocente, e o Zequinhas, todo bobo. Espero que eles continuem sendo meus amigos, vou sentir muita falta deles".

O meio afirmou ainda que reconhece as limitações que possui como jogador profissional, mas ressaltou que o ULT "foi só um começo e não um fim".

Além disso, Fizz revelou por quais jogadores está torcendo a partir de agora: "O Zecas é uma pessoa incrível, que se esforça muito. O Renan foi um irmão para mim e a Jime também é incrível. Eu acho que ela era uma das pessoas que não gostava de mim no começo, mas conversamos e acho que ela evoluiu muito como pessoa e como jogadora".

Semdente

ULT

Presente, doido! Com um público fiel que já o conhecia das streams, Semdente deixa o ULT orgulhoso de ter mostrado ao mundo quem ele é fora das lives. Emocionado, ele contou ao MGG sobre o que aprendeu no reality de LoL.

"Dentro de jogo eu não consegui mostrar tudo o que sei, porque quando entrava na Sala Nexus, ficava muito nervoso. [...] Achei que estava pronto, mas como nunca tive nenhuma experiência competitiva, isso me impactou muito".

Ainda assim, o atirador garante que se sentia pressionado apenas dentro de jogo. "Eu tinha muito para mostrar, mas fiquei nervoso. Vim aqui sabendo que poderia ser o melhor e com a intenção de ser o melhor, mas quando comecei a perder os Desafios Combate, isso me impactou".

O jogador afirmou também que teve "sorte" de ficar no melhor quarto da casa, segundo ele. "Amo muito minha namorada e filhas [uma gata e uma cachorra]. Estou sentindo muita saudade, é muito difícil não ter notícias delas. Conheci muita gente engraçada, isso foi o que me fez não sair fora para ir ver como elas estavam", disse o atirador, se referindo a Sleepy, Miehe, Nin, Doppler, Luuukz e Luna.

Quando questionado sobre o que aprendeu no ULT, ele não hesitou em responder que mostrou seu verdadeiro eu no programa. "Saio daqui feliz porque como jogo há muito tempo no elo alto e sou muito competitivo, nunca mostrei meu outro lado e aqui no ULT as pessoas puderam ver como sou pessoalmente. Sempre falaram mal de mim, diziam que eu era arrogante, que xingava todo mundo, mas eu nunca fiz isso e pude provar que não sou aquilo que todo mundo fala. Por isso [o programa] foi importante pra mim, apesar de eu deixar um sonho pra trás, as pessoas vão começar a me julgar pelo que eu faço e não pelo que os outros falam".

O atirador também prometeu pensar sobre seu futuro no cenário competitivo. "Quando vim para cá, tudo aconteceu ao contrário. Quando tive experiências ruins no competitivo, fui muito bem dentro de jogo, e aqui, onde tive do bom e do melhor, dentro de jogo faltou um pouco. Colocaram muita expectativa em mim e eu não mostrei tudo o que queriam ver. Se eu conseguir jogar menos nervoso, em um time no qual me sinta mais à vontade, mais tranquilo, pode ser que eu entre no competitivo, mas meu foco agora é minha stream e continuar a vida lá fora".

Bardeus

ULT

Com voz calma, Bardeus estava sempre pronto para falar bastante, explicar suas ideias, defender seus pontos de vista e até mesmo estender um papo a quem estava precisando ouvir palavras amigas. Durante sua entrevista, o suporte falou mais sobre o que acha que faltou durante sua jornada no ULT.

"Faltou parar de focar tanto na vitória, em ganhar as partidas, e focar mais em mostrar meu jogo. Dos meus cinco campeões mais jogados na SoloQ, mostrei apenas dois. Não consegui mostrar meu Rakan, meu Nautilus e nem minha Leona, que são três das minhas melhores escolhas, porque são agressivas, e me fazem sentir mais confortável. Mas não achei que seria o melhor pra trazer a vitória com as equipes que eu tinha no Combate. E isso fez total diferença. Acabei pegando escolhas que prejudicavam minha imagem, mas favoreciam a equipe, e isso pesou na hora de eliminar", disse o jogador.

"Preferiram deixar pessoas que perderam mais, mas mostraram mais jogo, como a Lunardeli que perdeu três partidas para mim, do que eu, que joguei mais pro time e não mostrei tanto meu potencial como um jogador agressivo, que carrega a equipe, que lidera dentro e fora da partida. A acho que foi isso que faltou, e o que mais fez isso faltar foi pouca confiança".

Ao ser questionado se essa é a sina dos suportes, se entregar ao time, ele nega. "Acho que tem mais a ver com minha personalidade e competitividade, eu não teria me doado se não achasse que era o melhor pra minha equipe. Pela aleatoriedade dos times que caí, fiquei em equipes com pessoas que não tinham tanta confiança e precisavam reconquistar isso. Não sou o único jogador invicto da casa depois da quinta semana por sorte, soube identificar o que meu time precisava pra vencer e eu fiz. Se isso prejudicou minha imagem, é um problema maior do jogo do que meu como jogador. Tenho muito potencial, mais do que consegui mostrar pelos especialistas. Teria feito diferente, mas demorei demais para perceber que eu estava sendo julgado por outras métricas além da vitória".

O suporte afirmou ter aprendido muita coisa no reality show, principalmente quando se trata de convivência. "Aprendi a focar no que importa e não no que é óbvio, como a vitória. Interagi com pessoas diferentes. Aprendi sobre diversidade, sobre entender a vida e as prioridades do outro, que não tem nada a ver com as minhas. E ter minha primeira e possivelmente última experiência competitiva saindo como um jogador invicto, chega a ser cômico para mim, porque por um lado é angustiante, mas por outro satisfatório. Aprendi muita coisa aqui, sobre empatia, sobre saber o que os outros estão pensando e também a importância de pedir desculpas".

Emocionado, Bardeus disse que sentirá muita falta de Zecas, Renanzinho e LRK - que chorou muito com a eliminação do amigo.

Por fim, o suporte explicou porquê o ULT foi sua possível última experiência competitiva:

"Não falei disso antes porque não gosto de ser dramático, mas essa era a proposta desde o início. Desisti do competitivo por volta dos 17 anos e agora aos 20, esse ULT foi uma segunda chance de algo que acho que ainda tinha muito talento, que era muito bom, e no qual achei que minha maturidade poderia ajudar. E que acho que de fato ajudou, tanto que sempre gosto de interagir com jogadores mais novos, como o LRK, porque me enxergo nele, que é agressivo, que é criativo, que ama jogar, isso já foi muito gratificante pra mim.

Agora não pretendo continuar tentando. Essa foi uma vitrine suficiente para entenderem como sou como pessoa e como jogador. Devo seguir com minha graduação e agora é arrumar um trabalho em escritório para o resto da vida, sabe? Não é uma vida horrível, pretendo ser muito feliz nela, mas essa era minha última chance de correr atrás de um sonho. O ULT é o fim de um ciclo, que eu fecho bem, vencendo todas as partidas, convivendo bem com todo mundo e com muito aprendizado".

ULT

Transmissão, agenda e mais informações

O programa é produto de uma parceria da Webedia Brasil com a Endemol Shine Brasil - empresa responsável por outros sucessos como o MasterChef, com patrocínio de Coca-Cola, Trident e Subway, e apoio de Logitech e Geonav.

A apresentação do programa é feita por Bruna Thedy, as funções de mentores e jurados fica com Kami, Takeshi e Djoko, enquanto Felipe "Tonello" Souza e Eidi "esA" Yanagimachi atuam comos os casters dos desafios Combate.

Os episódios da nova edição do ULT terão duração de 1h20 e serão transmitidos sempre às quintas-feiras nos canais oficiais do MGG Brasil na Twitch, Facebook e YouTube. Após a exibição do programa em nossos canais, será possível assisti-los novamente em formato on-demand no serviço de streaming Vix.

Para saber de tudo e sempre estar a par do que está acontecendo no ULT, acesse nossa matéria especial.

ult

10 momentos em que as farpas reinaram no ULT

O segundo episódio do ULT foi recheado de clima tenso entre os participantes, que começaram a criar suas rivalidades

ult

Golden shower no LoL? Entenda o que é Flame Horizon, a vantagem de 100 cs citada por nin no ULT

Conheça a história da vantagem de 100 CS, que vai além das risadas de Nin, Semdente, Luna, Fizz e Doppler sobre golden shower

ult

9 momentos em que a fofoca edificou a casa do ULT

O quarto episódio do reality show de LoL mostrou que a casa do ULT está completamente edificada de fofocas

0

Mais Reportagens

19:14 Os melhores momentos da segunda temporada do ULT, reality show de LoL
21:34 Campeões do ULT, Nin, Luuukz, Angelzada, Jime e Kishine falam sobre vencer o reality de LoL
21:28 Resumo do 7º episódio da segunda temporada do ULT; relembre os principais momentos do reality de LoL
22:10 Kenai, LRK, Vapo, Dipper e Lunardeli falam sobre a eliminação do ULT
22:07 Resumo do 6º episódio da segunda temporada do ULT; relembre os principais momentos do reality de LoL
22:04 Fizz, Xofa, Jessie, Bardeus e Semdente falam sobre a eliminação do ULT
22:01 Resumo do 5º episódio da segunda temporada do ULT; relembre os principais momentos do reality de LoL
22:01 9 momentos em que a fofoca edificou a casa do ULT
21:57 Resumo do 4º episódio da segunda temporada do ULT; relembre os principais momentos do reality de LoL
21:53 Resumo do 3º episódio da segunda temporada do ULT; relembre os principais momentos do reality de LoL

Recomendados

Tudo o que você precisa sobre a segunda temporada do ULT, o reality show de LoL

Descubra guias

Tudo o que você precisa sobre a segunda temporada do ULT, o reality show de LoL