Millenium / Artigos e reportagens de games / Counter-Strike: Global Offensive /

GC Masters Feminina: 9z Team ganha da FURIA e avança para as finais

GC Masters Feminina: 9z Team ganha da FURIA e avança para as finais
0

Decisão do campeonato de CS:GO que tem R$ 60 mil em premiação total acontece neste domingo (13)

GC Masters Feminina: 9z Team ganha da FURIA e avança para as finais

A 9z Team avançou para as finais da GC Masters Feminina II de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) com vitória sobre a FURIA neste sábado (12). O time de Camila "napeR" Naper começou o campeonato com vitória sobre a Severe e teve uma partida inicialmente muito acirrada contra as Panteras para garantir a vaga na grande decisão do torneio, que tem R$ 60 mil de premiação total.

As escalações

FURIA

9z Team

Gabriela "gabs" Freindorfer

Julieta "khizha" Grilia

Karina "kaah" Takahashi

Florencia "Flossie" Gasparini

Gabriela "GaBi" Maldonado

Evelin "Chjna4Q" Acuña

Izabella "izaa' Galle

Josiane "josi" Santos

Gabriela "GABE" Lopes

Camila "napeR" Naper

Fernando "nandin" Serikawa (técnico)

O confronto

O jogo aconteceu no mapa Mirage e foi cheio de trocações com placares acirrados até a 9z Team assumir a dianteira nos rounds finais, com boas finalizações e bom uso dos utilitários, incluindo algumas surpresas de conversão de rodadas que pareciam perdidas. A calma na execução fez a diferença para a vitória de 16 a 12. Destaque para alguns clutches de napeR.

O campeonato

Ainda neste sábado Severe e Rebirth disputaram uma série melhor de três para decidir quem avança para as finais da lower bracket, com vitória da Severe, que enfrentará a FURIA no domingo (13) às 18h para definir a equipe que segue para a grande decisão, também em md3, contra a 9z Team.

De acordo com a Gamers Club, a GC Masters feminina "chega para incentivar e fomentar o cenário feminino de CS:GO, dando visibilidade às mulheres que atuam em diversas frentes dos esports brasileiro".

Iniciativas como esta chegam para dificultar um pouco menos tortuosa a tarefa de mulheres se consolidarem no cenário de esporte eletrônico, visto que estas sofrem constantemente com discriminação dentro e fora do jogo.

A divisão da premiação é a seguinte:

  • 1. R$ 30 mil
  • 2. R$ 15 mil
  • 3. R$ 7,5 mil
  • 4. R$ 7,5 mil

LoL: “O preconceito sobre as mulheres num geral é basicamente reflexo da nossa sociedade”, diz Cute

Cute é a primeira brasileira a jogar uma partida oficial de League of Legends. Conversamos com a pro player sobre sua carreira, presença feminina no cenário e planos para o futuro.

esports

Sim, nós jogamos: Mulheres contam sobre sua relação com videogames em documentário

Melany, Cherna, Marina, Victoria, Carol e Eliana são apaixonadas por games

Por que não vemos mais mulheres nos esports e nos games

Casos de machismo no cenário competitivo levantaram o debate novamente

0

Mais Reportagens

18:58 CS:GO: Dev1ce brilha e faz 70 kills em estreia pela NiP, mas perde para Anonymo
13:11 Casal Yadinho quebra a internet e viraliza mundialmente
17:23 MIBR Day arrecada mais de R$ 60 mil em doações para combate ao Covid-19
12:26 Team One garante vaga no qualificatório fechado do cs_summit 8; Imperial cai
15:03 CS:GO: NaVi vence Gambit e conquista a DreamHack Masters Spring
19:42 CS:GO: FURIA perde para NaVi e é eliminada da DremHack Masters Spring
20:05 Quem é Lincoln "Fnx" Lau? Prodígio do CS e acusado em exposed do esport
18:57 Episódio completo de "De Férias com o Ex" com fnx acontece nesta quinta (6)
11:27 Com MIBR, Sharks e mais, confrontos dos playoffs do CBCS Elite são definidos
18:38 Veja 11 jogadores que optaram por migrar de CS:GO a Valorant

Recomendados

Aim Lab: Como usar para treinar mira no Valorant, CS:GO e outros jogos de tiro
"O time que eu estiver será o melhor" e outras frases marcantes da história do CS
Sete jogadoras para ficar de olho no cenário feminino de CS:GO e Valorant

Descubra guias

Quando a MIBR joga?
Quando a FURIA joga?
CS:GO: Comandos para treinar e como montar sua configuração