Millenium / Artigos e reportagens de games / Counter-Strike: Global Offensive /

Brasileirinho, está na hora de apoiar a FURIA no CS:GO

Brasileirinho, está na hora de apoiar a FURIA no CS:GO
7

A equipe está no momento mais importante de sua história na modalidade e precisa do apoio dos fãs para chegar ainda mais longe

Brasileirinho, está na hora de apoiar a FURIA no CS:GO

A trajetória da FURIA no Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) está se mostrando vitoriosa. A equipe já conquistou grandes patrocinadores, títulos importantes, o posto de principal time brasileiro em atividade e até o de line-up mais forte do cenário norte-americano. O que os furiosos ainda não conquistaram totalmente foi a torcida do Brasil - e está na hora de mudar isso.

Não é de se admirar que grande parte dos fãs ainda estejam apegados à MIBR e a jogadores como Gabriel "FalleN" Toledo, Fernando "fer" Alvarenga e Epitácio "TACO" de Melo. Afinal, a história por trás de cada um destes nomes é regada de superações, vitórias e troféus.

No entanto, o que vou abordar neste texto não se trata de esquecer e muito menos de menosprezar o passado. Tão pouco de ignorar o possível futuro brilhante que a MIBR e o ex-trio da equipe ainda possam construir em breve, pois todos tem capacidade para tal.

O que quero dizer é que a torcida precisa viver o agora. A FURIA é a principal potência da nossa cena e está fincando a bandeira verde e amarela em diversos torneios nos Estados Unidos. Com isso, pela primeira vez eles conseguiram o top 3 no ranking da HLTV e miraram o próprio destino rumo à Europa onde conquistas ainda maiores podem se tornar realidade - inclusive a volta do Brasil ao top 1 do ranking mundial.

A tarefa é extremamente árdua. Counter-Strike possui 20 anos de existência e até hoje somente a MIBR no CS 1.6 e a Luminosity/SK no CS:GO conseguiram colocar o Brasil no topo. Finalmente temos uma chance real da história se repetir e para isso precisamos deixar de lado qualquer sentimento ou birra do passado para abraçar outros seis brasileiros que pretendem levar o país ao lugar que merece.

Sejam jogadores ou organizações, sempre haverá favoritos no coração de cada torcedor e isso é completamente normal. A questão vai muito além de MIBR e FURIA, já que Team One, BOOM, Sharks, PaiN Gaming, YeaH Gaming e outras já estão com planos de representar o brasileirinho fora do país de maneira cada vez melhor. Ainda assim, isso não impede que o torcedor apoie cada um dos seus compatriotas que carregam as cores do Brasil mundo afora.

No meio de tantos possíveis candidatos, chegou a vez da FURIA. A equipe provou dentro e fora dos servidores que merece apoio e o resgate do sentimento do torcedor brasileiro. Em 2 de novembro eles estreiam contra a G2 Esports pela BLAST Premier Fall Series 2020 na Europa, ocasião perfeita para os panteras serem empurrados pela apaixonada torcida que têm em casa.

É óbvio que não depende apenas de nós, já que os atletas precisam apresentar o bom desempenho. Mas enquanto eles se preocupam em fazer a parte deles lá, os fãs fazem a deles aqui.

As homenagens mais incríveis feitas por fãs de CS:GO

O carinho pelos ídolos e time do coração é uma das coisas mais belas do esport

esports-csgo

O sonho que se tornou realidade: a história da MIBR no CS

A trajetória da organização carioca que conquistou o carinho dos brasileiros e cresceu para mais tarde ser uma das figuras mais importantes do cenário de CS

esports-csgo

Fã conta história em que foi enquadrado pela polícia tentando conhecer FalleN

A história de Gedeão foi tão boa que a Gamers Club e o próprio FalleN o notaram

7
Jhonatan Alves há 5 meses

respeito os cara, porém não sou adepto deles , boa sorte sucesso

Joao Pedro Alves de Moraes há 5 meses

Rivais sim inimigos tmb, vai tomar no cu fúria

corongavirusbrr há 5 meses

vc faz parte da escoria da imprensa brasileira.nojentos e burros

corongavirusbrr há 5 meses

vc faz parte da escoria da imprensa brasileira.nojentos e burros

Gabriel Wanzeler há 5 meses

Os mlks merecem e muito! Tem personalidade, trabalham muito, são reconhecidos mundo à fora a ponto de ter 1 vídeo por semana de gringo babando o ovo do art enquanto brasileiro fica de birrinha sem motivo. Azar de quem não apóia, FURIA é emoção, é CS ousado, é personalidade e não abaixar a cabeça pra ninguém. Enfim, torcer pra FURIA é muito bom e depois que você experimenta uma vez, acaba viciando

eusouocelso há 5 meses

não, obrigado.

eusouocelso há 5 meses

não, obrigado.

Mais Reportagens

16:00 Jogadores e times que colocaram seus países no mapa dos esports
20:11 Da perda dos pais ao domínio no Brasil e ida ao NA: a ascensão de biguzera
12:49 CS:GO: Campeão mundial em 2018, Tarik vai para o banco da Evil Geniuses
11:51 Major de CS:GO: CBCS sediará dois eventos RMR da América do Sul
15:27 CS:GO: v$m poderá disputar Majors e RMRs após Valve mudar regras sobre banimento
15:47 FURIA vence MIBR, mas jogadores lamentam estreia contra brasileiros
15:10 FURIA elimina MIBR e avança na BLAST Premier Spring Showdown 2021
17:47 "Derrota decepcionante", diz EliGE após eliminação da Liquid
17:22 Aim Lab: Como usar para treinar mira no Valorant, CS:GO e outros jogos de tiro
16:23 Liquid perde para Dignitas e é eliminada da BLAST Showdown 2021

Recomendados

Aim Lab: Como usar para treinar mira no Valorant, CS:GO e outros jogos de tiro
Sete jogadoras para ficar de olho no cenário feminino de CS:GO e Valorant
Vsm pode ter uma carreira internacional no CS:GO?

Descubra guias

Quando a MIBR joga?
Agenda completa de quando o FalleN joga pela Team Liquid
Quando a FURIA joga?