Millenium / Artigos e reportagens de games / VALORANT /

Valorant: LOUD, FURIA e MIBR entram para as franquias; veja lista completa

Valorant: LOUD, FURIA e MIBR entram para as franquias; veja lista completa
0

Campeã do Masters Reykjavík e vice-campeã do Champions, OpTic ficou de fora da franquias, assim como a FPX, campeã do Masters Copenhagen e quarta colocada no Champions

Valorant: LOUD, FURIA e MIBR entram para as franquias; veja lista completa

A Riot Games revelou nesta quarta-feira as 30 equipes selecionadas para as franquias de VALORANT, e o Brasil contará com três times para a disputa do VCT Américas: LOUD, atual campeã mundial do FPS da Riot, FURIA, que também representou o país no VALORANT Champions 2022, e MIBR, que conseguiu aprovação para as franquias mesmo após uma temporada apagada em desempenho esportivo.

Apesar de várias das melhores equipes do mundo terem conseguido a aprovação para as franquias, pelo menos dois dos melhores times do mundo em 2022 não estarão na elite do VALORANT mundial em 2023.

Campeã do VALORANT Masters Reykjavík 2023, a OpTic Gaming ficou de fora da lista de times selecionados, enquanto outras equipes da América do Norte que vêm de temporada apagada, como Evil Geniuses, Cloud9 e 100 Thieves, entraram para as franquias.

Já no VCT EMEA, que concentra equipes da Europa, a ausência de maior peso é a FunPlus Phoenix (FPX), campeã do VALORANT Masters Copenhagen e quarta colocada do VALORANT Champions 2022. Por outro lado, muitas equipes europeias que vêm de uma temporada sem brilho, como NAVI, Karmine Corp, KOI e Team Heretics, entraram para as franquias.

O desempenho esportivo, no entanto, é apenas uma parte das variáveis consideradas pela Riot na hora de decidir as equipes selecionadas para as franquias. A desenvolvedora tem o costume de avaliar aspectos como o projeto apresentado pelas organizações, engajamento junto ao público e torcida em mídias sociais e transmissões e garantias financeiras para a operação nas franquias. Por essas razões, times que tiveram desempenho esportivo de alto nível acabaram de fora das franquias, enquanto outras equipes que não vieram de boa temporada conseguiram aprovação da Riot.

Além disso, a Riot parece ter considerado estabelecer um equilíbrio de times de diferentes regiões. No VCT Américas, por exemplo, entraram para as franquias cinco equipes da América do Norte e cinco da América do Norte. No caso do VCT EMEA, foram contemplados times e organizações da Europa Ocidental, Comunidade dos Estados Independentes e Turquia. Já no VCT Pacífico, times de diferentes países da Ásia foram aprovados para as franquias.

Confira, a seguir, a lista completa de times aprovados.

Times do VCT Américas

  • LOUD
  • FURIA
  • MIBR
  • KRU Esports
  • Leviatán
  • Sentinels
  • 100 Thieves
  • NRG Esports
  • Evil Geniuses
  • Cloud9

Times do VCT EMEA

  • Fnatic
  • Team Liquid
  • NAVI
  • Team Vitality
  • Team Heretics
  • Karmine Corp
  • Giants
  • KOI
  • BBL Esports
  • FUT Esports

Times do VCT Pacífico

  • DRX
  • Gen G
  • T1
  • Talon Esports
  • Team Secret
  • ZETA Division
  • Paper Rex
  • Detonation Gaming
  • Global Esports
  • Rex Regum Qeon
esports-valorant
LOUD: De "Pancada e Amigos" ao título mundial de VALORANT; relembre a trajetória da equipe

Dominante no cenário brasileiro, equipe de Sacy, Saadhak, Pancada, Aspas e Less coroou temporada dourada com o título do VALORANT Champions, o mais importante do FPS da Riot

esports-valorant
LOUD Sacy: "Hoje, posso estar sim entre os maiores nomes dos esports no Brasil"

Campeão brasileiro de League of Legends e mundial de VALORANT, pro player da LOUD celebra melhor momento da carreira após conquista do Champions

Riot descarta G2 das franquias de Valorant após polêmica com Ocelote

Vários jornalistas apontaram que a Riot Games teria descartado a G2 Esports após a recente controvérsia estrelada por Ocelote, publicou um vídeo ao lado de Andrew Tate

0
Gabriel SALES
Gabriel Sales

Jornalista apaixonado por games desde o jardim de infância e fã de quase todo tipo de RPG, especialmente os da série Chrono. Nos esports, shooters e jogos de luta são minhas maiores paixões, mas abraço qualquer jogo com uma cena competitiva pulsante.

Mais Reportagens

15:23 Riot confirma retorno de Split ao VALORANT em 2023; Bind e Breeze serão removidos da rotação
18:23 Quando vem o Mercado Noturno no VALORANT? Datas, funcionamento e detalhes da loja
13:17 Patch de VALORANT mais aguardado de todos trará nerfs para Chamber, possível retorno da Split e mais
19:01 Yayah entra para LOUD como nova influenciadora e streamer da organização
13:00 VALORANT: Artista realça a beleza dos agentes com artes absurdamente realistas
13:21 Faker no VALORANT? Astro do LoL brilha em primeira partida casual e termina como MVP
17:42 VALORANT: Estádio do Pacaembu será palco de mundial universitário em dezembro
15:00 Mundial feminino de Valorant bate recorde e atinge pico de 239 mil espectadores simultâneos
11:24 VALORANT: G2 Gozen supera Shopify Rebellion de virada e vence VCT Game Changers
19:03 Harbor, de VALORANT, é desabilitado do competitivo por bug com ultimate

Recomendados

Mudando de vida: como Free Fire e LoL trouxeram novas perspectivas para a favela
PogChamp, LUL, Kappa: O significado e origem dos memes dos esports

Descubra guias

4 jogos viciantes que os pro players usam para treinar
Aim Lab: Como usar para treinar mira no Valorant, CS:GO e outros jogos de tiro
Tudo sobre elos e o sistema de partidas ranqueadas