Millenium / Artigos e reportagens de games / VALORANT /

Valorant: Riot descarta G2 das franquias após polêmica com Ocelote

Valorant: Riot descarta G2 das franquias após polêmica com Ocelote
0

Vários jornalistas apontaram que a Riot Games teria descartado a G2 Esports após a recente controvérsia estrelada por Ocelote, publicou um vídeo ao lado de Andrew Tate

Valorant: Riot descarta G2 das franquias após polêmica com Ocelote

A polêmica protagonizada por Carlos “Ocelote” Rodríguez no último final de semana - quando o empresário publicou ao vídeo festejando ao lado do ex kickboxer e influenciador digital Andrew Tatw - pide ter sérias consequências para a G2 Esports. De acordo com diferentes repórteres especializados em esports, a Riot Games teria decidido punir a organização pelas ações recentes do fundador G2, fazendo com que a tag fique de fora das franquias di Valorant, que começarão no ano de 2023.

Dessa forma, a equipe perderia imediatamente muito de sua relevância no FPS da Riot e também muito de sua capacidade de investimento para a próxima temporada competitiva. Vale lembrar que Andrew Tate é investigado por uma série de crimes e ficou conhecido por declarações machistas e misóginas contra mulheres. Ainda assim, Ocelote se pronunciou nas redes sociais defendendo que tinha o direito de festejar com quem quisesse.

G2 perdeu vaga praticamente garantida nas franquias de Valorant

A informação de que a G2 ficará de fora das franquias foi revelada pelo jornalista de eSports neL, que tem um histórico de vários acertos de vazamentos quando se trata de CS:GO e Valorant.

“Minhas fontes me dizem que a G2 Esports está fora das franquias (América do Norte e Europa) devido a controvérsias recentes. A G2 já Esports tinha uma vaga na liga da América do Norte, mas a Riot Games teve uma reunião de emergência e mudou sua decisão. A Leviatán provavelmente ficará com a última vaga da região”, explicou neL em sua conta pessoal no Twitter. A informação também foi confirmada por outros jornalistas especializados no mercado de, como George Geddes e Alejandro Gomis.

Quanto à polêmica a que os leakers se referem, trata-se do vídeo compartilhado por Ocelote com Andrew Tate e a reação do dono da G2 Esports às críticas que recbeu. Andrew Tate foi uma espécie de celebridade de curta duração da internet que acabou sendo banido de todas as plataformas em que compartilhava conteúdo por fazer comentários misóginos constantes. Entre eles, que as mulheres “devem assumir alguma responsabilidade” por serem estupradas. O vídeo de Ocelote festejando ao lado de Tate repercutiu muito negativamente e parece ter prejudicado enormemente a G2, uma das organizações de Eports mais ricas do mundo e que tinha vaga praticamente garantida nas franquias de Valorant.

Após a polêmica por compartilhar o vídeo com Tate, o fundador da G2 Esports tentou consertar a situação. Em primeira instância, ele declarou que não havia nada de errado e que tinha o direito de festejar com quem quisesse. No entanto, após o impacto negativo que o vídeo e declarações de Ocelte tiveram, o empresário recuou e pediu desculpas por meio de um texto publicado nas redes sociais e provavelmente escrito pelo time de relações públicas da G2.

A polêmica chegou a tal ponto que até a organização puniu Ocelote, afastando-o do clube por 8 semanas. No entanto, a punição mais severa até agor, sem dúvidas, veio da Riot Games, o que pode colocar em xeque até mesmo a permanência da organização no cenário competitivo de Valorant.

esports-valorant
VALORANT Champions: LOUD vence OpTic Gaming na grande final do mundial por 3-1

A grande final do VALORANT Champions em Istanbul foi bastante acirrada, com duas equipes de alto nível, mas o time brasileiro levou a melhor

esports-valorant
LOUD: De "Pancada e Amigos" ao título mundial de VALORANT; relembre a trajetória da equipe

Dominante no cenário brasileiro, equipe de Sacy, Saadhak, Pancada, Aspas e Less coroou temporada dourada com o título do VALORANT Champions, o mais importante do FPS da Riot

Atualização 5.06 de VALORANT traz várias mudanças no mapa Pearl e ajustes na Stinger

De acordo com a Riot, Pearl recebeu diversas pequenas atualizações "que visam reduzir parte da complexidade e facilitar a movimentação em algumas áreas, tanto para os atacantes quanto para os defensores"

0
Gabriel SALES
Gabriel Sales

Jornalista apaixonado por games desde o jardim de infância e fã de quase todo tipo de RPG, especialmente os da série Chrono. Nos esports, shooters e jogos de luta são minhas maiores paixões, mas abraço qualquer jogo com uma cena competitiva pulsante.

Mais Reportagens

16:48 Quando vem o Mercado Noturno no VALORANT? Datas, funcionamento e detalhes da loja
11:05 VALORANT: Riot confirma estar trabalhando em sistema de replay
11:37 VALORANT: Team Liquid oficializa chegada de isaa, joojina e bizerra para line inclusiva
11:50 VALORANT: Patch 6.01 traz mudanças para Lotus; mapa está disponível para filas ranqueadas
11:25 VALORANT Challengers Brasil começa nesta quarta-feira; veja formato, calendário e mais
17:40 VALORANT: Riot Games divulga formato do LOCK//IN e divide opiniões
17:26 Challengers 2023 de VALORANT terá interpretação em Libras durante transmissões
18:35 Split VALORANT: Os melhores pixels para jogar no mapa
15:40 VALORANT: Riot e Gamers Club anunciam torneio que dará acesso para Split 2 do Challengers
15:56 VCT Game Changers: Escalações das equipes em 2023 até agora

Recomendados

Mudando de vida: como Free Fire e LoL trouxeram novas perspectivas para a favela
PogChamp, LUL, Kappa: O significado e origem dos memes dos esports

Descubra guias

4 jogos viciantes que os pro players usam para treinar
Aim Lab: Como usar para treinar mira no Valorant, CS:GO e outros jogos de tiro
Tudo sobre elos e o sistema de partidas ranqueadas