Millenium / Artigos e reportagens de games / League of Legends /

CBLOL 2022: "Bootcamp na Coreia salvou minha carreira", revela fNb

CBLOL 2022: "Bootcamp na Coreia salvou minha carreira", revela fNb
0

Topo da FURIA comentou também sobre a mudança de Ranger por Goot e a evolução do coletivo da equipe da primeira para a segunda etapa da competição

A FURIA começou muito bem a 2 ª etapa do CBLOL 2022, acumulando cinco vitórias e apenas uma derrota no campeonato até agora, sendo o último time a perder a invencibilidade na competição. Além disso, eles também foram a única equipe a vencer a atual campeã, RED Candis até o momento. Para falar um pouco sobre essa boa fase que vive a organização, entrevistamos com exclusividade  fNb, o top laner  .

Adapação e evolução individual 

Considerado muitas vezes o melhor da posição, a caminhada de fNb após deixar a Vorax, atual Liberty, não tem sido fácil. O jogador abriu o coração contando mais de como conseguiu evoluir como atleta para retornar novamente para o alto nível que sempre demonstrou e como fez todos os holofotes virarem para si. 

‘’O último split foi um período de adaptação para mim. Fiquei muito tempo em um time só e não sabia como ia ser sair desse ambiente para trabalhar com novas pessoas. E, para ser sincero, mudou um pouco a forma como eu trabalhava. O Kalec era a principal peça e quem fazia o time rodar, organizava tudo, e ele já me conhecia muito bem. Eu estava em uma zona de conforto e tive que sair disso para um ambiente novo, no qual precisava não só mostrar serviço, mas fazer as pessoas me entenderem e também entender como elas jogam e o que pensam do jogo em si’’, explica o topo.

Para fNb, a FURIA até que conseguiu encontrar um caminho na última etapa, mas o processo como um todo foi muito difícil. Porém, na visão do top laner, ainda assim faltou tempo para consertar os problemas. Individualmente falando, o jogador  revelou ter estado em um estado mental abalado  e como o bootcamp foi essencial para que ele continuasse jogando em seu mais alto nível.

‘’Individualmente falando,  acho que estava entrando em um poço. Estava sem confiança por estar dois ou três splits sem conseguir ganhar e  fiquei muito frustrado com isso. Independente de  me achar melhor ou não do que os outros e de desempenho também, mas o resultado nunca chegava. Sempre quando perdíamos, por terem uma expectativa grande em mim, as coisas sempre caem nas minhas costas. Do tipo pipoqueiro ou que fui mal individualmente’’, revela fNb. O topo ainda completa dizendo que na sua ótica, só aconteceu isso em um playoff e nessa ocasião em questão sua equipe eliminou a RED Canids na primeira etapa de 2021

‘’Então, no restante das partidas, com toda certeza meu time estava menos preparado para ganhar do que a outra equipe. Na minha opinião, contra a mesma RED, no segundo split, eu joguei bem. Mas, como um time, não estávamos bem e na mesma página. Essas derrotas na minha conta me deixaram bem frustrado’’, explica.

Frustração, falta de confiança... e o poço parecia não ter fim. Mas uma luz no final do túnel apareceu para fNb: o bootcamp para na Coreia. A equipe completa da FURIA partiu para Seul para melhorar individualmente com as filas ranqueadas do servidor sul-coreano.

‘’O bootcamp salvou a minha carreira. Acho que se eu não fosse para a Coreia, provavelmente  continuaria do jeito que  estava e não conseguiria me reanimar. Lá consegui despertar de novo o amor pelo jogo. Parecia uma criança brincando no parque e foi muito satisfatório. Tanto em desempenho individual, quanto nos objetivos que  impus para mim, e  consegui atingi-los lá. Isso me deixou feliz e  vi que eu não era o que as pessoas achavam’’, conta. 

Reprodução: Riot Games/Bruno Alvares - League of Legends
Reprodução: Riot Games/Bruno Alvares

Relação com Maestro e mudanças no time

Durante o início do segundo split do CBLOL Maestro,  treinador da FURIA, disse publicamente que agora consegue enxergar um estilo padrão de jogo e que a equipe finalmente está com a sua cara. Para fNb, a tentativa do técnico de dar um voto de confiança e acreditar  no que os cinco jogadores sabiam não deu muito certo. Segundo o topo, cada um fazia o que pensava e acabava que as jogadas  saiam desconexas como um time.

‘’ Acho que o papel dele era mais corrigir o que estávamos construindo na última etapa e ele não teve tanta mão na nossa forma de jogar, na nossa identidade como um time. Já para essa etapa, ele mudou completamente isso e é ele quem dita a forma com que os jogadores vão jogar. Estamos seguindo, está dando muito certo e acho que é um trabalho bem feito’’, comenta o topo.

sobre a adição de Goot para o lugar de Ranger, fNb teceu elogios ao novato e elencou algumas diferenças entre os dois caçadores, além de declarar que não acha que a entrada de Goot impactou na sua evolução individual para essa etapa.

‘’Falando a respeito dessa mudança,  acredito que a principal diferença entre os dois é que o Ranger é um cara bem mais vocal, nas transições do jogo ele é bem comunicativo e o Goot não tem muito esse papel. Ele é mais proativo no início do jogo, que é o papel dele, e acho que a forma que os dois jogam também é diferente. O Goot nos força muito  a não errar na fase de rotas porque ele não vai estar lá para consertar isso.

Já o Ranger não é assim, ele é um cara que ajuda muito mais o time e gosta de deixar os laners em uma posição muito mais confortável no jogo e às vezes isso acaba afetando e prejudicando o jogo dele. Ele tenta nos ajudar muito e fica atrás do outro caçador por conta disso’’, explica. 

Reprodução: Riot Games/Bruno Alvares - League of Legends
Reprodução: Riot Games/Bruno Alvares

Adversários da semana

A FURIA enfrenta a paiN Gaming e o Flamengo Los Grandes neste final de semana do CBLOL. Por um lado, os Tradicionais estão embalados com três vitórias consecutivas e se mostram realmente  favoritos ao título, e fNb enxerga Wizer sendo um dos grandes protagonistas dessa equipe.

‘’Esse jogo é bem importante. Falando por mim, jogar contra o Wizer, que está numa fase muito boa, vai ser bem difícil e se eu ganhar com certeza vou aumentar ainda mais minha confiança.’

Por outro lado, o FLA Los vem crescendo aos poucos e se encaixando como um verdadeiro time. Com um primeiro final de semana não tão bom, a equipe se recuperou e hoje soma três vitórias e a mesma quantidade de derrotas. Sobre Tay, seu adversário direto, fNb acha que a situação atual do topo o favorece bastante nesse retorno.

‘’Eu não parei muito para assistir aos jogos deles no CBLOL, mas treinamos algumas vezes contra eles e  acho que esse meta ajuda bastante o Tay. É uma situação que ele já esteve antes quando ele ainda jogava no top, em que vários bonecos de scaling estavam fortes e ele sabe se virar muito bem com eles. Então acredito que como eles estão ali no meio da tabela, eles estão naquele meio termo. Ele [Tay] é bem inteligente, sabe coordenar muito bem as transições, apesar da fase de rotas não ser o seu ponto mais forte, que é o que  acho que vem sendo mais impactante nessa situação atual do jogo entre os topos’’, finaliza. 

esports-lol

CBLOL 2022: Robo diz chegar com "sangue nos olhos" e conta expectativas contra Flamengo e Pain

Top laner declara querer se esforçar ainda mais para que torcedor veja o máximo de seu potencial no presencial

esports-lol

CBLOL 2022: ''Meu desejo é encerrar minha carreira aqui'', diz DyNquedo sobre paiN

Jogador ressaltou carinho dos fãs e discutiu sobre a primeira semana da paiN no campeonato

esports-lol

CBLOL: "Me sinto mais em casa aqui na KABUM", diz Duds após vitória sobre a LOUD

Após levar a melhor no reencontro com ex-equipe, atirador dos Ninjas diz que retorno à equipe em que foi campeão brasileiro em 2020 tem impactado positivamente seu desempenho

0
Luis Santana
Showtana  - Redator

Estudante de jornalismo com paixão em contar histórias. Amante do cenário competitivo de League of Legends e assíduo comentarista de coisas que não sou pago para fazer.

Mais Reportagens

13:09 LoL: Bugs bizarros impactam partidas ranqueadas, ARAM e TFT; Riot desativa filas para consertar
12:22 Desafio: Tente se lembrar do nome dos 161 campeões do LoL em 20 minutos
12:13 Ex-técnico da TSM no LoL, Peter Zhang é banido por desviar salário de jogadores
11:18 Bug nas torres coloca LoL em xeque e altera até mesmo cenário competitivo
19:12 Habilidade removida do rework de Udyr no LoL é a prova do erro mais repetido pela comunidade
19:05 Atualização 12.15 de LoL enfraquece dois campeões polêmicos e busca dar mais estabilidade ao jogo
16:15 LoL: Campeões masculinos são mais difíceis de fazer? Rioters explicam
15:30 Qual será o próximo campeão a receber um rework no LoL? Nós temos a resposta
14:56 Novas skins Valquírias de Aço são reveladas para Camille, Janna, Lucian e Nasus no LoL
12:36 Confira como ficaram as skins de Udyr após rework no LoL; splash arts e in-game

Recomendados

Guia do 2º split do CBLOL 2022: tabela, times, jogos, ingressos e mais informações
LoL: 4 vezes em que a Riot Games foi acusada de plágio
As maiores novidades do LoL: novas skins, campeões, reworks e mais

Descubra guias

Guardiãs Estelares 2022 no LoL: Tudo que você precisa saber sobre o evento
Tudo sobre o passe Guardiãs Estelares 2022 e suas missões no League of Legends
LoL: Qual é o personagem mais forte de acordo com a lore?