Millenium / Artigos e reportagens de games / League of Legends /

Presidente do COB diz que lutará contra videogames nas Olimpíadas

Presidente do COB diz que lutará contra videogames nas Olimpíadas
1

Paulo Wanderley, presidente do Comitê Olímpico do Brasil, afirmou que lutará contra a entrada dos videogames nas Olimpíadas. Ele se refere a jogos que não estejam relacionados aos esportes tradicionais

Na última quinta-feira (31), a Folha de São Paulo publicou uma entrevista com James Macleod, diretor de Relações com os Comitês Olímpicos Nacionais e da Solidariedade Olímpica, e Paulo Wanderley, presidente do Comitê Olímpico do Brasil. No texto, Paulo Wanderley afirma que lutará contra a entrada dos videogames nas Olimpíadas.

De acordo com Macleod, é uma questão de tempo até que os esports estejam oficialmente nas Olimpíadas. "Uma coisa que o COI reconhece é que a indústria de games evolui constantemente. Olhamos para estes jogos que estão ligados a esportes e onde há atividade física. No ano passado, lançamos a Série Olímpica Virtual. Vela, ciclismo... Tudo apoiado por federações internacionais".

O que o diretor quer dizer é que o Comitê Olímpico Internacional gostaria que apenas jogos ligados a esportes tradicionais, e, nos quais há esforço físico apesar do meio virtual, fossem realmente levados em conta. No entanto, não descarta a entrada de games mais populares.

"Podemos ver os números e a demografia. Queremos encorajar que as pessoas pratiquem esports em vez de jogos como League of Legends. Mas também estamos atentos a isso".

No entanto, Paulo Wanderley disse à Folha que descarta a possibilidade de que os videogames sejam olímpicos um dia. Ele afirmou ainda que lutará contra essa ideia, caso ela surja com força entre as instituições olímpicas.

League of Legends

Vale lembrar que de acordo com a Agenda Olímpica 2020+5, o rejuvenescimento do programa olímpico deve ser levado em conta como um objetivo do COI. Esta medida quer fazer com que a lista de modalidades olímpicas ainda seja interessante e relevante para um público mais jovem.

Thomas Bach, presidente do COI, já disse no passado que "alguns jogos eletrônicos não são compatíveis com os valores olímpicos". Bach afirmou ainda que as Olimpíadas querem promover "a não discriminação, a não violência e a paz entre as pessoas. Isso não combina com os videogames, que são sobre violência, explosões e mortes. É preciso traçar um limite claro". Ele ressaltou também que o mercado dos esports "é impulsionado comercialmente, enquanto o movimento esportivo é baseado em valores [humanos, não comerciais]".

Vale lembrar que modalidades de esports já apareceram nas Olimpíadas de certa forma, por meio da edição de 2018 dos dos Jogos Olímpicos Asiáticos, nos quais já foram disputados jogos como LoL, PlayerUnknown's Battlegrounds, Hearthstone, Dota 2, entre outros. Em 2022, este feito se repetirá.

Com apoio do COI, a Intel, que é patrocinadora global das Olimpíadas, promoveu em 2018 competições de StarCraft 2 durante a IEM PyeongChang, que foi realizada como um evento pré Jogos Olímpicos de Inverno. O mesmo aconteceu antes da Olimpíadas de 2020 (realizada em 2021), quando a marca promoveu o Intel World Open, com jogos de Rocket League e Street Fighter V.

 

Mundial de Apex Legends terá 5 times brasileiros e US$ 1 milhão de premiação

Equipes brasileiras dominaram seletivas sul-americanas para o 2º Split do Apex Legends Global Series Playoffs

esports-valorant

Valorant Masters Reykjavík 2022 terá novo formato

Nova edição do Valorant Masters começa em 10 de abril com novo formato, trazendo o sistema de eliminação dupla para o torneio

O LoL foi nerfado? Vida do Nexus foi diminuída e inibidores não recuperam vida

O youtuber e criador de conteúdo Vandiril surpreendeu a comunidade ao descobrir um segredo do patch 12.6: a vida do Nexus foi diminuída e ele não recupera mais vida, assim como os inibidores

1
Beatriz Coutinho
Bia  - Repórter

Garota mágica formada em jornalismo que ama a sensação de assistir campeonatos e escrever sobre as histórias dos fãs de esports.

Manoel Higino há 4 meses

O presidente do COB diz que jogos eletrônicos são violentos. Boxe é um esporte olímpico totalmente Pacífico...

Mais Reportagens

17:23 Rioter diz que novo campeão K'Sante é inspirado na cultura do oeste da África
16:02 Riot tem o plano perfeito para tornar o encantador de Ixtal popular no LoL
11:59 Worlds 2022: Todos os times já classificados para o mundial de LoL
11:15 O pentakill de Fiddlesitcks que é uma verdadeira aula de como gerir recursos
10:43 Riot não sabe o que fazer com Zeri e novo nerf irrita a comunidade do LoL
17:38 Draven é o novo OP? Campeão do LoL tem mais de 60% de taxa de bans no Mestre
12:05 Riot vai deletar contas antigas "muito inativas" do LoL; entenda e veja critérios
11:00 Prévia do patch 12.16 do LoL traz buffs e nerfs para estabilizar meta até o Mundial
17:32 A jogada desesperadora de um pro player que não acontecerá mais na Temporada 13 do LoL
13:00 Rework visual de Ahri não será finalizado antes de 2023

Recomendados

Guia do 2º split do CBLOL 2022: tabela, times, jogos, ingressos e mais informações
7 curiosidades sobre League of Legends que você não conhecia
LoL: 4 vezes em que a Riot Games foi acusada de plágio

Descubra guias

LoL: Qual é o personagem mais forte de acordo com a lore?
Como configurar melhor o LoL? Veja dicas e opções mais usadas por streamers e profissionais
O que faz cada posição no LoL? Entenda os papéis dos campeões por rota