Millenium / Artigos e reportagens de games / VALORANT /

Valorant Champions: "Não vou mentir, somos os underdogs", diz Sacy sobre equipes brasileiras

Valorant Champions: "Não vou mentir, somos os underdogs", diz Sacy sobre equipes brasileiras
0

Apesar de reconhecer que Vikings, FURIA e Vivo Keyd não são favoritas, destaque da VKS disse que trio brasileiro pode surpreender no Mundial

Após duas participações sem grande destaque nos Masters Reykjavík e Berlin de Valorant, o Brasil chega ao Valorant Champions como uma das regiões menos prestigiadas no Mundial do FPS da Riot, que será disputado de 1º a 12 de dezembro e terá premiação total de US$ 1 milhão (R$ 5,62 milhões). Uma das principais estrelas da Team Vikings e considerado um dos melhores jogadores do Brasil em 2021, Gustavo "Sacy" Rossi reconhece que tanto a VKS, quanto Vivo Keyd e FURIA chegam ao torneio como underdogs (azarões).

Durante entrevista coletiva concedida nesta terça-feira (30), Sacy reconheceu que, em função das más campanhas nos primeiros eventos internacionais de Valorant, o Brasil não chega à competição com o mesmo prestígio que regiões Majors, como América do Norte e Europa, mas acredita que o fato de Vikings, Keyd e FURIA jogaram "sem pressão" aumenta as chances de o trio brasileiro surpreender no evento mais importante da temporada.

"Não vou mentir, somos os times underdogs do torneio, tanto a Vikings, quanto Vivo Keyd e FURIA. Mas, para ser honesto, isso para mim é uma vantagem, porque não há tantos times nos estudando, faz algum tempo que não jogamos torneios e os outros times podem não nos respeitar muito. Com isso nós podemos surpreendê-los", projetou Sacy.

Dos três times brasileiros, a Vikings caiu no grupo que, em teoria, é apontado como o mais acessível. Apesar da presença da Gambit, campeã do VCT Masters Berlin, a equipe brasileira também caiu na mesma chave de Crazy Racoon, do Japão, e Team Secret, das Filipinas. Embora a chave não seja considerada fácil, a VKS tem somente um time de região Major em sua chave, enquanto Vivo Keyd caiu ao lado de Team Envy (América do Norte) e ACEND (Europa) e a FURIA foi sorteada no mesmo grupo de Sentinels (América do Norte) e Team Liquid (Europa).

Mesmo assim, Sacy prega respeito à Crazy Racoon, responsável pela eliminação da Havan Liberty do VCT Masters Berlin, e à Team Secret, estreante em grandes eventos internacionais no Valorant. Para o jogador, não existe a hipóstese de tratar a Vikings como um time já classificado aos playoffs.

"Para nós (da Vikíngs), não estamos já classificados para os playoffs. As pessoas falam que é um grupo fácil, mas não existe grupo fácil, sinceramente. Nossa primeira partida é contra a Crazy Racoon, e eles definitivamente não são um time ruim. Não estamos indo para esse jogo pensando "a Crazy Racoon é um time fácil", estamos encarando isso passo a passo. Pegamos a Crazy Racoon primeiro e somente depois vamos pensar em nosso próximo oponente, que pode ser a Gambit ou a X10. É isso, passo a passo, pois não estamos classificados"

Murizzz elogia Mwzera e fala em aprendizado após o VCT Masters Berlin

Murizzz elogiou rápido entrosamento de Mwzera com o restante do time da Vivo Keyd (Foto: Divulgação/Riot Games) - VALORANT
Murizzz elogiou rápido entrosamento de Mwzera com o restante do time da Vivo Keyd (Foto: Divulgação/Riot Games)

Durante a disputa do Valorant Masters Berlin, a Vivo Keyd fez a melhor atuação de uma equipe brasileira contra uma equipe de região Major. No duelo contra a Envy, que sagraria vice-campeã do evento, a VK perdeu por 15 a 13 em Icebox e 13 a 9 no mapa Bind. Após vencer a ZETA Division, do Japão, a equipe acabou derrotada por 2 a 0 pela KRU, do Chile, num duplo 13 a 11, e deu adeus à competição ainda na fase de grupos.

As derrotas nos detalhes no Masters foram dolorosas para a Keyd, que espera escrever agora uma história diferente no Champions, que também será disputada na capital alemã. Murizz considera que o time hoje está mais maduro e preparado para o torneio, e também ressalta o rápido entrosamento de Mwzera, emprestado pela Gamelanders, com o elenco da VK.

"Eu acredito que a nossa consciência de trabalhar mais como equipe e tentar decidir menos no individual, principalmente em momentos de vantagem, é o nosso grande diferencial hoje (em relação ao Masters). Esses fatores afetam bastante no fim da partida, então acho que teremos mais tranquilidade para fechar os jogos, se tudo der certo, passar para os playoffs", detalha.

"A adaptação com o Mwzera foi muito tranquila, pois ele é um cara que aprende fácil e muito rápido. Ele é um jogador muito esforçado, e a ideia de jogo dele se encaixou muito com a do time, então não tivemos muitas dificuldades nem precisamos adaptar muitas coisas dentro de jogo."

esports-valorant
Valorant Champions 2021: As chances das equipes brasileiras no Mundial

FURIA, Team Vikings e Vivo Keyd representam o Brasil no evento mais importante da temporada do FPS da Riot

Valorant: Team Liquid contrata lineup da Gamelanders Purple, diz site

Quinteto formado por Daiki, Nat1, Drn, Naxy e Bstrdd dominou o cenário brasileiro feminino em 2021 conquistando 13 títulos

Valorant Champions: Nivera, da Team Liquid, testa positivo para Covid-19

Partida da Cavalaria contra a KRU Esports não será jogada no palco do evento

0
Gabriel SALES
Gabriel Sales

Jornalista apaixonado por games desde o jardim de infância e fã de quase todo tipo de RPG, especialmente os da série Chrono. Nos esports, shooters e jogos de luta são minhas maiores paixões, mas abraço qualquer jogo com uma cena competitiva pulsante.

Mais Reportagens

15:23 Riot confirma retorno de Split ao VALORANT em 2023; Bind e Breeze serão removidos da rotação
18:23 Quando vem o Mercado Noturno no VALORANT? Datas, funcionamento e detalhes da loja
13:17 Patch de VALORANT mais aguardado de todos trará nerfs para Chamber, possível retorno da Split e mais
19:01 Yayah entra para LOUD como nova influenciadora e streamer da organização
13:00 VALORANT: Artista realça a beleza dos agentes com artes absurdamente realistas
13:21 Faker no VALORANT? Astro do LoL brilha em primeira partida casual e termina como MVP
17:42 VALORANT: Estádio do Pacaembu será palco de mundial universitário em dezembro
15:00 Mundial feminino de Valorant bate recorde e atinge pico de 239 mil espectadores simultâneos
11:24 VALORANT: G2 Gozen supera Shopify Rebellion de virada e vence VCT Game Changers
19:03 Harbor, de VALORANT, é desabilitado do competitivo por bug com ultimate

Recomendados

Mudando de vida: como Free Fire e LoL trouxeram novas perspectivas para a favela
PogChamp, LUL, Kappa: O significado e origem dos memes dos esports

Descubra guias

4 jogos viciantes que os pro players usam para treinar
Aim Lab: Como usar para treinar mira no Valorant, CS:GO e outros jogos de tiro
Tudo sobre elos e o sistema de partidas ranqueadas