Millenium / Artigos e reportagens de games / Counter-Strike: Global Offensive /

PGL Major Stockholm: NaVi vence G2 e é campeã mundial de CS:GO pela primeira vez

PGL Major Stockholm: NaVi vence G2 e é campeã mundial de CS:GO pela primeira vez
0

Equipe de S1mple confirmou favoritismo na grande final e coroa temporada vitoriosa com o título mais importante do FPS da Valve

PGL Major Stockholm: NaVi vence G2 e é campeã mundial de CS:GO pela primeira vez

A Natus Vincere (NaVi) é a grande campeã do PGL Major Stockholm de Counter-Strike: Global Offensive, o primeiro título mundial da história da organização no FPS da Valve. Neste domingo, a equipe de S1mple, Electronic, B1T, Perfecto e Boombl4 venceu a G2 por 2 a 0 e conquistou o título de forma invicta. A partida marca também a primeira conquista de Major de S1mple, que desde 2016 figura entre os melhores jogadores do mundo no CS:GO, mas nunca havia vencido o título mais importante do FPS da Valve. Esta também foi a primeira vez na história que uma equipe conquistou um Major de CS:GO sem perder um mapa sequer.

Com o título, a NaVi conquista o prêmio de US$ 1 milhão (R$ 5,54 milhões), 50% do total da premiação de US$ 2 milhões (11,08 milhões) do PGL Major Stockholm, a maior da história de um mundial de CS:GO. A G2, por sua vez, ficou com a premiação de US$ 300 mil (R$ 1,66 milhão) pelo vice-campeonato. Eliminadas nas semifinais, Heroic e Gambit faturaram US$ 140 mil (R$ 776 mil) cada, enquanto FURIA (melhor brasileira na competição), Ninjas in Pyjamas, Virtus Pro e Team Vitality, que caíram nas quartas de final, ficaram com US$ 70 mil (R$ 388 mil cada).

Mapa 1 - Ancient

No primeiro mapa da série, a NaVi começou melhor após vencer o pistol round e abriu 3 a 0 jogando no lado CT, mas viu a G2 assumir o controle do jogo nas rodadas seguintes e virar para 7 a 5. Antes da troca de lados, porém, S1mple e companhia se recuperaram e retomaram a liderança do jogo, virando para 8 a 7. Na segunda metade, a G2 venceu o pistol e chegou a virar o jogo novamente para 10 a 9, mas dali em diante a Natus Vincere conseguiu levar a melhor nas trocações, dominou a partida na reta final ganhando 7 das 8 rodadas finais e fechou o mapa Ancient em 16 a 11.

Mapa 2 - Nuke

A disputa no mapa Nuke parecia indicar uma vitória tranquila para a G2, mas acabou crescendo em emoção na reta final. A equipe de NiKo venceu o pistol e abriu 2 a 0 logo em seguida, mas a Natus Vincere respondeu na sequência e virou para 3 a 2. Nas 10 rodadas seguintes, porém, a G2 venceu 8 delas e fechou a primeira metade vencendo por 10 a 5.

Após a troca de lados, NEXA, Hunter e companhia continuaram melhor e chegaram a abrir 14 a 7, mas a partir daí o cenário do jogo virou de cabeça para baixo. A NaVi venceu três rodadas em sequência e diminuiu a desvantagem para 14 a 10, mas a G2 chegou ao 15º na sequência. Quando a vitória dos Samurais no segundo mapa parecia próxima, S1mple e companhia salvaram cinco map points, inclusive um com direito a uma "pinada" de NiKo na 2ª rodada, e empatou o jogo em 15 a 15, forçando a prorrogação.

Nas rodadas de desempate, a G2 saiu na frente ao conseguir o plant da C4 e forçar a NaVi a guardar seus armamentos, mas a equipe de S1mple venceu as duas rodadas seguintes e foi para a troca de lados vencendo por 17 a 16. A Natus Vincere chegou ao match point ao conseguir plantar a C4 e eliminar todos os jogadores da NaVi, mas a G2 respondeu na sequência e cortou a desvantagem para 18 a 17. Na 36ª rodada, NiKo garantiu um triple kill fundamental e a G2 empatou o jogo, forçando uma nova prorrogação.

Amanek garantiu o 19 a 18 para a G2, mas NaVi venceu as duas rodadas seguintes no lado TR e virou a partida. Após a troca de lados, a NaVi continuou melhor, fechou o jogo em 22 a 19 e garantiu o primeiro título de Major de sua história.

S1mple MVP da final e do Major

Com 72 eliminações em 2 mapas, ADR de 95.2 e rating de 1.51, Simple foi o MVP da final (Foto: STEPHANIE LINDGREN/PGL Major Stockholm) - Counter-Strike: Global Offensive
Com 72 eliminações em 2 mapas, ADR de 95.2 e rating de 1.51, Simple foi o MVP da final (Foto: STEPHANIE LINDGREN/PGL Major Stockholm)

Grande destaque da NaVi, S1mple foi eleito o MVP da final. Em apenas dois mapas, o jogador ucraniano somou 72 eliminações, teve um dano médio por rodada (ADR) de 95.2, K/D (média de eliminações por morte) de 1.76, rating de 1.51 e KAST 77,9%, liderando a série em todas essas estatísticas.

Além de ser o melhor jogador da final, S1mple também foi eleito o melhor jogador do Major de Estocolmo pela HLTV, principal portal de estatísticas de CS:GO do mundo. O jogador apresentou um rating médio de 1.47 ao longo de todo Major e teve e o maior saldo positivo de eliminações da competição: 106.

S1mple também teve impacto de 1.50, dano médio por rodada de 93.8 e média de apenas 0.55 morte por rodada. O prêmio foi o 17º da carreira de S1mple, que fica atrás apenas do dinamarquês Dev1ce, tetracampeão de Major pela Astralis e atualmente jogador da Ninjas in Pyjamas, que soma 19 prêmios na carreira.

esports-csgo

Quais são as piores armas do CS:GO? Pro players opinam

Jogadores como Shox, Elige, JKaem, NBK e GuardiaN falaram sobre o tema e não pouparam críticas a algumas armas

personalidades

Mose: O streamer da FURIA que almeja mais diversidade no universo das lives gamers

Criador de conteúdo cresceu em números durante a pandemia e hoje deseja ver mais streamers negros e de outras minorias representativas em posições de destaque

PGL Major Stockholm: KSCERATO e Yuurih lideram estatísticas da FURIA no Mundial de CS:GO

Dupla se destaca em quesitos como eliminações por rodada, dano médio por round, eliminações por morte e rating 2.0

0

Mais Reportagens

20:18 IEM Winter 2021: GODSENT vence BIG e garante vaga nos playoffs
18:14 CS:GO: S1mple diz que AWP "poderia ter apenas cinco balas"
10:00 S1mple vira personagem jogável em RAID: Shadow Legends
12:53 CS:GO: BLAST Rising LATAM tem grupos e calendário definidos
19:58 GODSENT vence Sprout e se classifica para a ESL Pro League Season 15 de CS:GO
14:00 BLAST Rising LATAM revela 16 times participantes e terá Sharks, Imperial e mais
18:39 CS:GO: FURIA move VINI para a reserva e busca AWPer; Saffee é o favorito para a vaga
12:00 22 pro players negros de destaque nos esports no Brasil e no mundo
14:02 BLAST Rising LATAM é anunciada com 16 times e premiação de US$ 15 mil
12:26 CS:GO: VINI, da FURIA, é cogitado pela Team Liquid para 2022

Recomendados

Os 7 maiores jogadores brasileiros de CS:GO (até agora)
Quais são as piores armas do CS:GO? Pro players opinam
"O time que eu estiver será o melhor" e outras frases marcantes da história do CS

Descubra guias

CS:GO: Comandos para treinar e como montar sua configuração
Todas as patentes e ranks do CS:GO
Dicionário CS:GO: O glossário completo de termos e gírias