Millenium / Artigos e reportagens de games / VALORANT /

Vianna1 deixa competitivo de Valorant e anuncia retorno ao Crossfire

Vianna1 deixa competitivo de Valorant e anuncia retorno ao Crossfire
0

Campeão mundial em 2018 e vice em 2019 falou em comunicado sobre dificuldade de se adaptar ao FPS da Riot

Vianna1 deixa competitivo de Valorant e anuncia retorno ao Crossfire

Campeão mundial de Crossfire em 2018 e vice-campeão mundial em 2019 pela Black Dragons, o jogador Thadeu "Vianna1" Vianna anunciou que está deixando o cenário competitivo de Valorant para retornar ao FPS da desenvolvedora Smilegate. Em comunicado publicado no TwitLonger, Vianna1 ressalta que teve dificuldades de se adaptar a alguns aspectos relacionados ao game da Riot, como os poderes dos agentes.

" Minha evolução estava acontecendo, mas eu estava percebendo que estava sendo super lenta (aprender as magias etc) porque além de eu aprender sobre o meu, ainda tinha que aprender a parte tática no geral e ajudar meus companheiros, pois não queria abrir mão de ser igl, sinto que essa função eu gosto muito de fazer", ressaltou o jogador.

Considerado um dos melhores jogadores de Crossfire da história e um dos principais embaixadores do jogo no país, Vianna1 disse que estava infeliz no competitivo de Valorant e frustrado com o seu próprio nível de jogo, e por isso decidiu retornar ao jogo onde se consagrou como um dos melhores do mundo.

"Passei 7 meses tentando fazer dar certo e sendo extremamente infeliz e desanimado até mesmo para fazer lives, me peguei chorando até em treinos pois eu não estava acostumado com o nível de jogo que estava apresentando e as coisas não estavam indo pra frente, daí pra frente comecei a refletir que passar por tudo isso sozinho dnv (sic) talvez não seria o melhor caminho."

Vianna1 destaca ainda que vinha recebendo mensagens constantes de fãs da comunidade de Crossfire pedindo sua volta ao competitivo. Ele revela ainda que foi contactado pela própria Smilegate e pela Z8Games, distribuidora do FPS no Brasil, para retornar ao Crossfire, e acabou decidindo recomeçar sua carreira no game.

"Um cenário inteiro mesmo que não tão gigante quanto o Valorant tem um carinho gigante por mim. Todas minhas redes sociais só tem mensagem pedindo minha volta e, além desse carinho todo, agradeço também a z8 games e a smilegate por terem feito contato e também terem solicitado a minha volta", conclui o jogador.

Nos últimos anos, o Brasil se consolidou como uma das maiores potências do Crossfire mundialmente. Em 2018, a Black Dragons de sagrou campeã mundial ao bater os russos da RuLegends na grande final do Crossfire Starts daquele ano. Na edição de 2019 do CFS, houve uma inédita final brasileira entre Vincit Gaming e Black Dragons, com a Vincit levando a melhor. Em 2020, o país mais uma vez chegou à final do Crossfire Stars, mas desta vez a Vincit acabou derrotada por 3 a 2 pela Q9, da China.

No Valorant, Vianna1 foi contratado em março pela Extenzy Gaming, mas não conseguiu nenhum título pela organização. Jogando ao lado de nomes como rsT, Gustt1nha Biscoit1n e Brinks, o jogador teve como melhores resultados o vice-campeonato da Chroma Cup 5, em maio deste ano.

esports
Crossfire Stars 2020: Vincit Gaming perde para Q9 e fica com vice-campeonato mundial

Equipe brasileira empatou MD5 após perder nos dois primeiros mapas, mas foi derrotada no quinto jogo da série

Crossfire: Atualização Nova Era traz nova interface, eventos e itens cosméticos inéditos

Entre outras melhorias que o game FPS recebeu estão as novas opções de resolução de imagem, com suporte até 4K

0
Gabriel SALES
Gabriel Sales

Jornalista apaixonado por games desde o jardim de infância e fã de quase todo tipo de RPG, especialmente os da série Chrono. Nos esports, shooters e jogos de luta são minhas maiores paixões, mas abraço qualquer jogo com uma cena competitiva pulsante.

Mais Reportagens

16:48 Quando vem o Mercado Noturno no VALORANT? Datas, funcionamento e detalhes da loja
11:05 VALORANT: Riot confirma estar trabalhando em sistema de replay
11:37 VALORANT: Team Liquid oficializa chegada de isaa, joojina e bizerra para line inclusiva
11:50 VALORANT: Patch 6.01 traz mudanças para Lotus; mapa está disponível para filas ranqueadas
11:25 VALORANT Challengers Brasil começa nesta quarta-feira; veja formato, calendário e mais
17:40 VALORANT: Riot Games divulga formato do LOCK//IN e divide opiniões
17:26 Challengers 2023 de VALORANT terá interpretação em Libras durante transmissões
18:35 Split VALORANT: Os melhores pixels para jogar no mapa
15:40 VALORANT: Riot e Gamers Club anunciam torneio que dará acesso para Split 2 do Challengers
15:56 VCT Game Changers: Escalações das equipes em 2023 até agora

Recomendados

Mudando de vida: como Free Fire e LoL trouxeram novas perspectivas para a favela
PogChamp, LUL, Kappa: O significado e origem dos memes dos esports

Descubra guias

4 jogos viciantes que os pro players usam para treinar
Aim Lab: Como usar para treinar mira no Valorant, CS:GO e outros jogos de tiro
Tudo sobre elos e o sistema de partidas ranqueadas