Millenium / Artigos e reportagens de games / Valorant /

"Já recebi proposta em dólar para jogar Valorant", revela AMD

"Já recebi proposta em dólar para jogar Valorant", revela AMD
0

A jogadora comentou sobre a chance que teve de migrar do CS:GO para o Valorant e também sobre a diferença de quanto ganha uma jogadora profissional e uma influenciadora no cenário de esports

Amanda "AMD" Abreu foi mais uma jogadora que o mercado tentou promover uma migração de cenário. Neste caso, do Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) para o Valorant. Em entrevista ao MGG Brasil, ela revelou que recebeu até mesmo proposta em dólar para competir no FPS da Riot Games.

Além de AMD, outros profissionais do meio também já falaram sobre o assunto e dividiram histórias semelhantes com o público. Um deles foi o treinador da Triumph, Marcos "tacitus" Castilho. "Eu nem baixei o jogo direito e recebi proposta para ser coach de um time norte-americano ganhando três ou quatro vezes mais do que eu ganho mensalmente no CS. Então é absurdo o dinheiro que está rolando lá", contou em entrevista ao site Draft5.

A fala de AMD e de outros profissionais dos esports escancara parte do êxodo que é possível observar em direção ao Valorant. Quando falamos da América do Norte, as maiores equipes de CS:GO de lá precisaram ir à Europa para se manterem competitivas, pois o cenário foi desmantelado com a ida de diversos pro players ao jogo rival.

No entanto, apesar da tentação das altas propostas, ainda há quem resista. A própria AMD é um bom exemplo disso, já que optou por permanecer no FPS da Valve. De acordo com ela, apesar do dinheiro - que faz diferença - não valeria a pena mudar de game por outros motivos.

Se você não conseguiu assistir ao clipe acima, clique AQUI.

"Eu faço o que eu amo e CS eu jogo por amor. Se eu for jogar Valorant, eu serei o tipo de pessoa que critico no CS, que é quem não faz o 110% porque não é algo que ela ama e enxerga como sacrifício, podendo até enjoar. No CS eu sempre vou dar meu máximo porque nunca para mim será encheção de saco ou sacrifício."

Outra atividade na qual AMD tinha uma vida financeira mais tranquila era a de influenciadora e criadora de conteúdo, período no qual ela ficou afastada do cenário competitivo como atleta. Ela admitiu que neste tempo conquistou muitos bens materiais que sonhava em ter, mas que ao mesmo tempo não se sentia completamente realizada, pois sentia saudade de jogar competitivamente.

"Eu não tinha aquele gás [criando conteúdo] que o CS me dá. Eu amo trabalhar com conteúdo, amo comentar, mas aquele foguinho no coração só o CS faz em mim e por isso voltei a jogar."

Clique AQUI e AQUI se você não conseguiu assistir aos clipes acima.

Atualmente AMD joga pela Havan Liberty, organização que está no cenário feminino de CS desde janeiro de 2021. Com o projeto ainda no início, ela e suas companheiras não conseguiram alcançar grandes resultados, mas a jogadora acredita que conquistas são uma questão de tempo até acontecerem.

Ela até mesmo brincou sobre a má fase: "Para nós é questão de tempo, mas espero que não muito, porque não estou aguentando mais...", disse aos risos. "Quero ganhar logo para poder voltar a ter a marra que eu tinha, pois por enquanto só abaixo a cabeça", completou ainda em tom bem humorado.

Clique AQUI se não conseguiu assistir ao clipe acima.

As próximas competições que a Havan tem pela frente são o segundo split da Grrrls League e a Girl Gamer, campeonato que da última vez deu vaga para um mundial em Dubai. Como comentarista, ela ainda é aguardada no Valorant para transmitir competições do VCT Game Changers.

Além dos assuntos financeiros envolvendo a trajetória de jogadores de CS:GO, Valorant e influenciadores, AMD também falou sobre o início da sua carreira, rivalidade que existe no cenário feminino e mais. Confira a entrevista completa em nosso canal da Twitch ou Youtube.

esports-csgo

"Errar é humano", diz shz após lance de faca contra s1mple

Shz foi criticado nas redes sociais pela tentativa de eliminar s1mple de faca, em clutch que no final rendeu ponto importantíssimo para a Na'Vi; ele se desculpou pelo "péssimo game", mas também se defendeu e foi defendido

esports-csgo

FURIA é dominada pela Cloud9 e conhece 1ª derrota na ESL Pro League S13

Apesar do resultado negativo, a FURIA ainda está bem colocada no Grupo C da ESL Pro League Season 13

esports-csgo

TACO classifica saída da Liquid como pior erro de sua carreira

No Instagram, TACO também deixou a entender que não gostou de ter jogado pela MIBR, sem especificar o motivo.

0

Mais Reportagens

19:34 Organização britânica anuncia line-up feminina brasileira de Valorant
17:22 Aim Lab: Como usar para treinar mira no Valorant, CS:GO e outros jogos de tiro
12:21 Valorant: Atualização 2.07 traz buff em Astra e mudanças em Viper e Raze
12:00 Valorant: Sentinels negocia com Cloud9 extensão do empréstimo de TenZ
14:00 Valkyrae e CouRageJD se tornam coproprietários da 100 Thieves
18:01 Valorant: Bug permite que jogadores ativem câmera de Cypher no ar
19:54 Qual é o futuro das loot boxes no Brasil?
11:44 Com INTZ, Gamelanders e mais, participantes do Girl Pwr Valorant são definidos
19:04 Valorant: Gamelanders, Havan, Ingaming e SEMORGAINDA garantem vaga no VCT Challengers
16:23 isa1, ex-Vikings, é a nova jogadora da Havan Liberty de Valorant

Recomendados

Aim Lab: Como usar para treinar mira no Valorant, CS:GO e outros jogos de tiro
Por que Valorant conquistou jogadores de diversas comunidades diferentes
Sete jogadoras para ficar de olho no cenário feminino de CS:GO e Valorant

Descubra guias

Aim Lab: Como usar para treinar mira no Valorant, CS:GO e outros jogos de tiro
4 jogos viciantes que os pro players usam para treinar
Tudo sobre elos e o sistema de partidas ranqueadas