Menu
Millenium / Artigos e reportagens de games / Valorant /

Valorant: Ole anuncia saída da Pain Gaming e busca nova organização

Valorant: Ole anuncia saída da Pain Gaming e busca nova organização
0

Jogador ficou afastado do competitivo do FPS da Riot em função de uma lesão e estava no banco de reservas da PNG

O jogador Pedro "Ole" Orlandini anunciou nesta quinta-feira (18) que não faz mais parte do time da Pain Gaming de Valorant e está livre no mercado para receber propostas de outras organizações. Ex-jogador profissional de Overwatch, onde foi tricampeão da Overwatch Contenders: South America, Ole estava no banco de reservas da Pain desde pouco antes do First Strike Brasil, em função de uma lesão, e não vinha jogando pela organização.

"Oficialmente Free Agent! Experiência como Controlador, Iniciador e Sentinela mas disposto a treinar e masterizar qualquer função. Mais motivado do que nunca e 100% recuperado. Estou aberto para propostas/projetos de organizações", escreveu em seu Twitter.

Ao lado de Murillo "murizzz" Tuchtenhagen, com quem também jogou no cenário competitivo de Valorant, Ole tem como principais conquistas no cenário competitivo de Valorant da Gamers Club Ultimate 2 e o vice-campeonato da Copa Rakin 2, ambos ainda pela tag NOORG 2.0.

No fim de outubro de 2020, Ole assinou com a Pain Gaming, e disputou duas competições na formação titular da organização: o First Strike Brasil: Open Qualifier 2, com a equipe sendo eliminada na segunda fase do qualificatório, e o Esportsmaker Spike Series, onde a Pain caiu nas quartas de final.

Antes da disputa do terceiro qualificatório aberto para First Strike Brasil, Ole acabou substituído por Vinicius "Veroneze" Ribeiro em função de uma lesão. A PNG conseguiu a vaga para fase final da competição e acabou com vice-campeonato, sendo derrotada pela Gamelanders na grande decisão. Desde então, Ole permanecia vinculado à organização, mas sem jogar pela equipe.

No dia 14 de janeiro, Ole anunciou que foi dispensado pela Pain por decisão da organização, mas ainda faltava o encerramento formal de seu contrato na organização, que aconteceu nesta quinta-feira. Agora, o controlador está livre para fechar com outras equipes sem necessidade de pagamento de multa rescisória ou qualquer tipo de outra negociação com a Pain.

Próximo controlador de Valorant mudará "cosmicamente os padrões de jogo", diz produtor

Em postagem no site oficial do FPS, John Goscicki também disse que Viper não receberá mudanças no próximo patch e que desenvolvedores já estão pensando em buffs para Yoru

Atualização 2.03 Valorant traz nerfs para Reyna e novo modo Disparada

Além disso, Stinger e Guardian também receberam mudanças e Yoru ganhou buffs

esports-valorant

Vikings feminina de Valorant completa line-up com Consu e Nanaz

A escalação feminina de Valorant da VKS está completa com a entrada da jogadora chilena e da analista brasileira

0

Mais Reportagens

17:06 Notas da atualização 2.04 de Valorant incluem Ato 2, dublagem tática e mais
15:50 Trailer do Ato 2 de Valorant mostra Astra e novo Passe de Batalha
12:39 Comunidade pede para Gaules transmitir jogos dos brasileiros no Mundial de Valorant
17:47 Valorant: Ethan deixa cenário de CS:GO e fecha com a 100 Thieves
14:36 MSI de LoL e Valorant Masters serão disputados em maio na Islândia
12:16 Valorant Challengers Brasil 3: Pain e Slick se mantêm vivas na competição
11:30 Novo pacote Sublime 2.0 (pew pew) é anunciado em Valorant
18:00 Saiba tudo sobre Astra, a nova agente de Valorant
12:00 Cosplay de Raze está pronta para disparar um Bumba a qualquer momento
17:30 Quantas skins tem no Valorant e quanto custaria para comprar todas elas

Recomendados

Por que Valorant conquistou jogadores de diversas comunidades diferentes
Um manifesto contra discriminação de gênero em Valorant

Descubra guias

Saiba tudo sobre Astra, a nova agente de Valorant
4 jogos viciantes que os pro players usam para treinar
Tudo sobre elos e o sistema de partidas ranqueadas