Millenium / Artigos e reportagens de games / Counter-Strike: Global Offensive /

CS:GO: Nak anuncia aposentadoria como jogador

CS:GO: Nak anuncia aposentadoria como jogador
0

Nak teve uma carreira recheada de passagens por grandes times e títulos. Inclusive, foi como campeão que ele deu seu último click como profissional e pendurou o mouse.

CS:GO: Nak anuncia aposentadoria como jogador

Renato "nak" Nakano encerrou oficialmente nesta quarta-feira (13), aquela que foi uma das carreiras mais longas e respeitadas do Counter-Strike. Em um TwitLonger, o agora ex-jogador afirmou que está se aposentando e não atuará mais como jogador profissional de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO).

O texto de nak começou com ele admitindo o quão difícil era fazer este comunicado, além do fato de não saber se o faria em vídeo, texto ou qualquer outro tipo de formato. "Faz alguns dias que venho pensando no assunto e isso tem tirado meu sono, é um impasse gigantesco".

O motivo da aposentadoria é o que atinge a maioria dos jogadores mais antigos. Chega um momento da vida do pro player que ele está esgotado com a rotina da profissão e quer utilizar o seu tempo em outras vertentes, mesmo que ainda tenham a ver com o mercado. Este é o caso do próprio nak, que não vai simplesmente abandonar os esports.

"A verdade é que o meu momento na vida agora é outro. Já não tenho a mesma motivação no jogo que tinha há anos atrás, as rotinas de treinos me deixam muito estressado pelo esforço e vontade de fazer tudo perfeito - e esse desgaste, para mim não está mais compensando. Eu sempre almejei competir a nível mundial e enxergo que hoje em dia isso não vai mais acontecer. Por diversos fatores, mas principalmente porque não gostaria e não vou mais morar fora do Brasil, longe da minha família. E isso já é o suficiente para não estar nos principais torneios."

"Obviamente isso não significa que deixarei o CS. Tenho feito streams e encontrei uma maneira de continuar em contato com o que eu amo. Criando conteúdo, ajudando novos jogadores e times a evoluírem para alcançarem o sonho de serem profissionais, ao mesmo tempo me divertindo. Não descarto a possibilidade de estar no competitivo em outra função como coach, manager, o que for - afinal é o que eu faço de melhor e é o que faz meu olho brilhar. Já deixei o universo das competições para ser publicitário e voltei. Hoje em dia sei que não consigo viver sem isso."

A saída de nak significa mais um desfalque na DETONA, que é a última equipe que ele vestiu a camisa como profissional. A organização também teve diversos players sondados por outros clubes e terá que realizar uma reestruturação quase completa no elenco. Apesar disso, a última participação dos jogadores foi extremamente positiva, já que eles foram campeões da GC Masters VI, fato que também contribuiu para um fechamento de ciclo com chave de ouro para nak, que pendura o mouse como campeão - como foi tantas vezes desde o CS 1.6.

Veja tudo o que foi falado por nak, em sua nota no Twitter:

"Galera,

Está sendo muito difícil escrever esse texto. Já pensei em várias maneiras de contar isso pra vocês; vídeo, stream, stories, etc. Faz alguns dias que venho pensando no assunto e isso tem tirado meu sono, é um impasse gigantesco.

Sempre me perguntavam quando eu pararia de jogar e eu nunca soube responder. Dizia "quando eu perder o reflexo" ou "quando eu não conseguir mais ganhar", diversos motivos, mas essa decisão e vontade surgiram quando eu menos esperava.

Indo mais direto ao ponto: Vou parar de jogar.

A final da GC Masters no ano passado foi o meu último jogo oficial como player e encerrar a carreira como CAMPEÃO é algo especial.

A verdade é que o meu momento na vida agora é outro. Já não tenho a mesma motivação no jogo que tinha há anos atrás, as rotinas de treinos me deixam muito estressado pelo esforço e vontade de fazer tudo perfeito - e esse desgaste, para mim não está mais compensando. Eu sempre almejei competir a nível mundial e enxergo que hoje em dia isso não vai mais acontecer. Por diversos fatores, mas principalmente porque não gostaria e não vou mais morar fora do Brasil, longe da minha família. E isso já é o suficiente para não estar nos principais torneios.

Juntando tudo isso, vejo que o melhor a se fazer é deixar o time da DETONA, que tem uma line com players novos, talentosos e muito motivados. Apesar da passagem curta, foi um dos times que mais fui feliz e só tenho a agradecer a todos os envolvidos nisso, principalmente rikz e Dudu que confiaram em mim desde o início.

Obviamente isso não significa que deixarei o CS. Tenho feito streams e encontrei uma maneira de continuar em contato com o que eu amo. Criando conteúdo, ajudando novos jogadores e times a evoluírem para alcançarem o sonho de serem profissionais, ao mesmo tempo me divertindo. Não descarto a possibilidade de estar no competitivo em outra função como coach, manager, o que for - afinal é o que eu faço de melhor e é o que faz meu olho brilhar. Já deixei o universo das competições para ser publicitário e voltei. Hoje em dia sei que não consigo viver sem isso.

Não vou conseguir agradecer todos que fizeram parte dessa minha caminhada, já joguei e trabalhei com muita gente e com certeza aprendi muito com cada um - sou imensamente grato e me tornei quem sou por conta desse jogo e dessas pessoas. Muito obrigado!! E principalmente, quero agradecer o carinho e apoio que recebi durante 20 anos por vocês torcedores. Eu tenho certeza absoluta que o povo brasileiro é o mais apaixonado pelo CS do mundo inteiro, e se um dia o nosso nome se tornou temido e respeitado lá fora, é por conta dessa paixão e grandeza que é a comunidade brasileira. Agora estarei do lado de vocês, fora dos campos e na torcida.

Vamos continuar sonhando.

Amo vocês e muito obrigado por tudo!

<3"

esports-csgo

Ex-MIBR no Flamengo, BOOM na MIBR e mais: os rumores do CS:GO brasileiro

A temporada internacional 2021 de CS:GO está prestes a começar e os rumores sobre o destino dos jogadores brasileiro crescem.

esports-csgo

FURIA anuncia o norte-americano Junior no lugar de hen1

Pela primeira vez a line-up de CS:GO da FURIA não será 100% brasileira

esports-csgo

Akkari promete anúncio de sexto player da FURIA de CS:GO ainda nesta semana

Co-ceo da FURIA, Akkari disse que Junior não é a única novidade do CS:GO masculino nesta semana

0

Mais Reportagens

15:47 FURIA vence MIBR, mas jogadores lamentam estreia contra brasileiros
15:10 FURIA elimina MIBR e avança na BLAST Premier Spring Showdown 2021
17:47 "Derrota decepcionante", diz EliGE após eliminação da Liquid
17:22 Aim Lab: Como usar para treinar mira no Valorant, CS:GO e outros jogos de tiro
16:23 Liquid perde para Dignitas e é eliminada da BLAST Showdown 2021
16:06 Exit jogará BLAST e próximo RMR pela MIBR, no lugar de danoco
10:57 Agenda completa de quando o FalleN joga pela Team Liquid
14:31 FURIA e paiN sobem, MIBR volta ao top 30 e Gambit é top 1 no ranking da HLTV
13:27 CS:GO: Pain conquista título da ESEA Cash Cup North America
13:22 Flusha deixa Fnatic e anuncia nova line-up com suNny, sergej e mais

Recomendados

Aim Lab: Como usar para treinar mira no Valorant, CS:GO e outros jogos de tiro
Sete jogadoras para ficar de olho no cenário feminino de CS:GO e Valorant
Vsm pode ter uma carreira internacional no CS:GO?

Descubra guias

Quando a MIBR joga?
Agenda completa de quando o FalleN joga pela Team Liquid
Quando a FURIA joga?