Millenium / Artigos e reportagens de games / Rainbow Six Siege /

Brasileirão Rainbow Six: Guille, técnico da MIBR, enaltece evolução da equipe em momentos decisivos

Brasileirão Rainbow Six: Guille, técnico da MIBR, enaltece evolução da equipe em momentos decisivos
0

"A chegada do Cameram4n agregou muito ao time, e viemos para o jogo concentrados em nós mesmos", explica o treinador do primeiro finalista do BR6

Brasileirão Rainbow Six: Guille, técnico da MIBR, enaltece evolução da equipe em momentos decisivos

Após a vitória da MIBR sobre a Team One e classificação do time à grande final do Brasileirão Rainbow Six, o técnico Guilerme "Guille" Scalfi analisou os principais méritos da equipe para o triunfo sobre o time de melhor campanha na fase regular da competição.

Em entrevista ao MGG após a partida, Guille disse que a concentração do time no próprio jogo e a maior frieza em momentos decisivos foram fundamentais para o resultado que garantiu a MIBR em sua primeira grande final na história do BR6.

"Durante muito tempo, ficávamos preocupados em estudar demais as outras equipes e cometíamos erros bobos no meio dos rounds, e nas últimas semanas nos preocupamos em eliminar esses pequenos vacilos. A gente mostrou um jogo muito sólido hoje e isso foi resultado dessa boa preparação", explicou.

Contratado em março deste ano para assumir o posto de capitão da MIBR, Gabriel "Cameram4n" Hespanhol foi uma peça fundamental na vitória sobre os Golden Boys, mas para Guile o principal ganho para a equipe vai muito além das estatísticas de abate.

"Com o Câmera, que já é um jogador extremamente acostumado a esses jogos decisivos, tivemos esse ganho de experiência que em momentos importantes às vezes faltava ao time, e não só hoje. A chegada dele agregou, e não só na parte técnica."

Sobre o adversário da final, que sairá do duelo entre Ninjas in Pyjamas e Team Liquid, Guille revela não ter qualquer tipo de preferência, pois considera os dois times igualmente fortes.

"NiP e Liquid são os dois times mais experientes do nosso cenário e ambos estão acostumados a decisões, por isso não tem como escolher adversário. Quem quer que venha, será um jogo difícil, mas vamos estudar muito o vencedor de amanhã ao longo da semana", disse.

Embora tenha pintado nas semis como equipe menos cotada ao título, por ser o time que mais oscilou na fase regular do Brasileirão, a MIBR mostrou um jogo sólido contra a Team One, e Guille entende que o resultado reflete a evolução da equipe nas últimas semanas.

"Depois da eliminação no Major de novembro, onde perdemos para a própria Team One na estreia e depois para a NiP, focamos inteiramente no nosso jogo, e conseguimos nos impor hoje, principalmente no Consulado. Também estávamos controlando o jogo no Litoral, mas mesmo depois do empate da Team One, soubemos responder bem. O Câmera pagou o Ace do FelipoX com um Ace logo em seguida, e isso deu um gás extra pro nosso time, além de ser o tipo de lance que sempre abala o adversário", analisou.

Budega fala em foco para o Six Invitational

Do outro lado, o técnico da Team One, Matheus "Budega" Figueiredo, lamentou a derrota, especialmente no mapa Litoral. Ele elogiou a performance da MIBR, principalmente no Consulado, mas destaca que alguns rounds no segundo mapa poderiam ter forçado o jogo de desempate.

"No Consulado eles realmente responderam todas as nossas táticas e mostraram que estudaram muito bem o nosso jogo. No Litoral, nós já tínhamos nos enfrentado no Major de novembro e sabíamos que o jogo seria equilibrado. No Major, vencemos por 7 a 5, e hoje perdemos pelo mesmo placar. Alguns rounds que foram para o lado deles poderiam ter sido nossos, mas hoje esses detalhes pesaram a favor da MIBR", lamentou.

Apesar da eliminação na semi e do sonho do primeiro título mais uma vez adiado, Budega faz um balanço positivo da temporada, e enaltece a constante evolução da equipe em 2020.

"Mesmo sem título, nosso jogo evoluiu muito, e hoje conseguimos bater de frente e vencer qualquer time daqui. Ainda falta um detalhe ou outro para ajustar nesses jogos decisivos, mas o saldo de 2020 é muito positivo, e vamos voltar ainda mais fortes em 2021", promete.

Falando em 2021, Budega já tem traçado o primeiro grande objetivo para o começo da próxima temporada: o Six Invitational, programado para fevereiro do ano que vem, em Montreal.

"Em dezembro já vamos começar a trabalhar firme para o Invitational, onde já temos vaga garantida e é o maior evento do Rainbow Six. Com o fim do Brasileirão hoje, nosso foco agora será totalmente voltado para o mundial, que é o grande objetivo de qualquer equipe", explicou o treinador dos Golden Boys.

Rainbow Six: "É uma experiência incrível", diz Tonello sobre nova fase com R6

Narrador deixou a carreira no Overwatch para se dedicar a nova fase do circuito competitivo de R6

esports-csgo

MIBR perde novamente para BIG na FLASHPOINT 2 de CS:GO pelas finais do Grupo B

Não houve vingança para os brasileiros desta vez, mas a MIBR segue viva no campeonato

0

Mais Reportagens

17:23 MIBR Day arrecada mais de R$ 60 mil em doações para combate ao Covid-19
14:22 Yudi Tamashiro é o novo apresentador do Rainbow Six Esports Brasil
13:32 Rainbow Six: SuperNova bate Team Singularity e conquista a Copa do Brasil
16:00 Six Invitational 2021: Renascida após quase cair no BR6 2020, FURIA espera surpreender
14:00 Six Invitational 2021: Líder do Brasileirão, FaZe Clan vai em busca de título inédito
16:00 Six Invitational 2021 terá distribuição de Twitch Drops durante transmissões
13:28 Virtus Pro é desclassificada do Six Invitational 2021 após casos de Covid19 na equipe
10:00 Six Invitational 2021: Confira o guia completo do campeonato mundial de R6
10:25 Black Dragons é campeã da 2ª etapa do Circuito Feminino de Rainbow Six Siege
18:35 Equipes brasileiras poderão participar do Six Invitational 2021

Recomendados

Qual é o futuro das loot boxes no Brasil?
Afrogames e a luta coletiva de jovens negros por mais oportunidades nos games
Exposed nos esports: como denunciar e agir diante de casos de violência sexual

Descubra guias

Aim Lab: Como usar para treinar mira no Valorant, CS:GO e outros jogos de tiro
Brasileirão Rainbow Six 2020: Tabela, calendário, horário e mais sobre o BR6
Conheça os operadores mais banidos no competitivo de Rainbow Six