Menu
Millenium / Artigos e reportagens de games / Counter-Strike: Global Offensive /

CS:GO: FURIA vence Rebirth e é campeã do Rainhas do Clutch

CS:GO: FURIA vence Rebirth e é campeã do Rainhas do Clutch
0

As furiosas mudaram a line-up recentemente, mas continuam imparáveis na cena feminina brasileira

CS:GO: FURIA vence Rebirth e é campeã do Rainhas do Clutch

A FURIA é a grande campeã do Rainhas do Clutch de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO). A equipe enfrentou a Rebirth na grande final e venceu o confronto por 2 a 0. Este foi o primeiro título da nova line-up.

As escalações

FURIA

Rebirth

Gabriela "gabs" Freindorfer

Gabriela ''tofer'' Torres

Gabriela "GaBi" Maldonato

Aída ''Churra'' Bravo

Gabriela "GABEE" Lopes

Mariana ''LyttleZ'' Sabia

Izabella "izaa" Galle

Romina "romi" Álvarez

Karina "kaah" Takahashi

Mayara ''may'' Prado

Fernando "nandinnn" Serikawa (treinador)

Fabio "kNf" Augusto

O confronto

Overpass

O início do primeiro mapa se mostrou equilibrado com a Rebirth de contra-terrorista e a FURIA de terrorista e ambas empatadas em 3 a 3. Depois disso a FURIA disparou no placar e ficou na frente em 9 a 4. Nas duas últimas rodadas as equipes repartiram as honras e o placar parcial ficou em 10 a 5.

Na troca de lados a FURIA que já estava com boa vantagem cresceu ainda mais no jogo. O time não deu qualquer chance para as adversárias e fez uma metade perfeita com direito a bela jogada de GABEE no último round para garantir o 16 a 5.

Vertigo

Embaladas pela vitória anterior, as furiosas começaram bem a Vertigo de CT ao encaixar 4 a 0 no placar. Na sequência a Rebirth conseguiu diminuir com dois pontos, mas a FURIA logo voltou com tudo e capitalizou sete vitórias seguidas até o 11 a 2 e em seguida no 12 a 3.

Na segunda metade a FURIA emplacou mais um forte início e, com agressividade, chegou ao 15 a 3. A Rebirth ainda respirou em três rodadas, mas a FURIA logo fechou a conta em 16 a 7, além do 2 a 0 na série.

O campeonato

O torneio feminino de CS:GO Rainhas do Clutch aconteceu online, entre 6 e 9 de novembro. Por lá 16 equipes disputaram o título da competição e também a maior parte de premiação de R$ 2,5 mil. A iniciativa do projeto aconteceu mediante a uma parceria entre Federação do Estado do Rio de Janeiro de Esportes Eletrônicos (FERJEE), Sakuras Esports, You Go Girls e o Garam Ops.

esports-csgo

Severe vence Black Dragons e conquista Liga Feminina Gamers Club de CS:GO

Após dois placares apertados as campeãs garantiram o título, R$ 3,5 mil e também vaga na Gamers Club Masters Feminina

esports

Sete jogadoras para ficar de olho no cenário feminino de CS:GO e Valorant

As competições femininas seguem em constante ascensão no Brasil e novas estrelas não param de surgir - confira aqui as pro players que você não pode deixar de acompanhar para ver jogadas incríveis

0

Mais Reportagens

19:47 CS:GO: Nova operação Broken Fang é revelada; veja detalhes da atualização
16:56 MIBR é multada por deixar transmissão ligada durante duelo contra a OG pela Flashpoint 2
16:21 MIBR perde para Fnatic, mas segue viva nos playoffs da FLASHPOINT 2
11:48 "Nosso projeto é jogar junto", diz fer sobre FalleN
15:55 arT e kscerato dedicam vitória da FURIA ao aniversariante Gaules
14:44 FURIA vence G2 e está nos playoffs da DreamHack Masters Winter Europa 2020
18:06 Vsm responde provocação de NBK e diz que jogou deitado a série contra OG
17:40 MIBR vence OG e está na semifinal upper da FLASHPOINT 2
16:32 Canal de Gaules foi o mais visto da Twitch na última semana de novembro
11:00 "Bom ritmo de jogo desde o início", destaca guerri na vitória da FURIA sobre a North

Recomendados

Sete jogadoras para ficar de olho no cenário feminino de CS:GO e Valorant
Vsm pode ter uma carreira internacional no CS:GO?
Com MIBR, FLASHPOINT 2 vai até dezembro; veja guia do torneio

Descubra guias

Quando a MIBR joga?
MIBR e FURIA disputam BLAST Premier Fall 2020 Showdown; veja guia do torneio
FURIA disputa o DreamHack Masters Winter 2020 de CSGO; veja guia do torneio