Millenium / Artigos e reportagens de games / Wild Rift /

Netshoes Miners surpreende e vence Wild Circuit: Game Changers por 4x1

Netshoes Miners surpreende e vence Wild Circuit: Game Changers por 4x1
0

Equipe feminina de Wild Rift da Netshoes Miners atropela TBK e recebe o primeiro título do Wild Circuit Brasil: Game Changers

Netshoes Miners surpreende e vence Wild Circuit: Game Changers por 4x1

Nesta sexta-feira (11), aconteceu, nos estúdios da Riot Games, em São Paulo, a primeira final presencial de um torneio feminino de Wild Rift.

A etapa final do Wild Circuit: Game Changers apresentou um duelo entre as equipes TBK e Netshoes Miners para definir qual é o melhor time da temporada. 

A Netshoes Miners, que venceu a etapa final sem perder uma única partida desde as quartas de final, dominou completamente a TBK, que havia se destacado pela liderança durante todo o campeonato - incluindo as etapas qualificatórias. 

Confira, a seguir, como foi o confronto: 

Jogo 1

Picks

TBK

  • Noelle: Sett
  • Maestra: Shyvana
  • myuk: Kayle
  • foxy: Morgana
  • kally: Gragas

Netshoes Miners

  • zAmora: Wukong
  • Leeh: Gwen
  • Anbicion: Zed
  • Lilichan: Ziggs
  • Ju: Rakan

No primeiro jogo, ambas as equipes decidiram, inicialmente, fortalecer a sua rota do meio, de forma que as duas suportes da partida focaram em rotacionar com frequência.

Um dos intuitos da TBK com isso era, principalmente, facilitar para que a Kayle, uma potencial carry, conseguisse domínio de rota e recursos mais cedo do que a outra midlaner. 

O jogo, porém, se encaminhou rapidamente para uma luta em torno do primeiro arauto, que ficou nas mãos da Netshoes Miners - com bastante auxílio da ultimate do Ziggs - e facilitou para que a equipe conseguisse um pouco mais de espaço no mapa. 

A Miners decide, então, focar em conquistar o território dos objetivos. Após roubarem o segundo arauto, a TBK consegue reaparecer no jogo, com quatro kills em cima da equipe rival.

Mesmo com a aparente vantagem que as campeãs Shyvana e Kayle conseguem adquirir ao longo do jogo, não é o suficiente para parar a corrida da Miners para a base, de modo que as rotas já estavam livres para o Nexus inimigo. 

Dessa forma, a Netshoes Miners abre o placar de uma série MD7. 

Jogo 2

TBK

  • Noelle: Fiora
  • Maestra: Zed
  • myuk: Ezreal
  • foxy: Morgana
  • kally: Rakan

Netshoes Miners

  • zAmora: Renekton
  • Leeh: Gwen
  • Anbicion: Akali
  • Lilichan: Ziggs
  • Ju: Alistar 

Para o segundo jogo, o time da TBK optou por uma composição que funciona melhor se tiver espaço para crescer, especialmente por conta da escolha do campeão Zed como caçador 

Embora as equipes tenham começado a partids de igual para igual, a Netshoes Miners conseguiu abusar do domínio da Akali e da Gwen para cima das rivais e, aos 17 minutos de jogo, a equipe já tinha 4 mil de ouro de diferença e dois dragões na mochila. 

Com bastante domínio de todas as rotas, a Netshoes Miners decide avançar pela rota inferior e abrir a base para derrubar o Nexus novamente, de modo que a TBK não consegue segurar e perde mais uma partida. 

Jogo 3

TBK

  • Noelle: Fiora
  • Maestra: Morgana
  • myuk: Yasuo
  • foxy: Nasus
  • kally: Nami

Netshoes Miners

  • zAmora: Wukong
  • Leeh: Riven
  • Anbicion: Kassadin
  • Lilichan: Gragas
  • Ju: Senna

Assim como na primeira partida, as suportes Ju e kally optaram por uma rotação fortificada, fornecendo bastante recurso para todas as demais jogadoras de suas equipes. 

A TBK, que escolheu uma composição com bastante controle de grupo, a Morgana e o Yasuo de suas equipes não foram capazes de segurar o avanço da Netshoes Miners, que vem surpreendendo a cada partida. 

Com a terceira vitória seguida, a equipe de Leeh mostrou que consegue ser versátil em relação a escolhas de campeões e seguiu com bastante dominância, estando a apenas um jogo da vitória da série. 

Jogo 4

TBK

  • Noelle: Gwen
  • Maestra: Rengar
  • myuk: Orianna
  • foxy: Ezreal
  • kally: Rakan

Netshoes Miners

  • zAmora: Jayce
  • Leeh: Kha'Zix
  • Anbicion: Yone
  • Lilichan: Kai'sa
  • Ju: Alistar

Para o quarto e último jogo da série, a TBK optou por alterar um pouco o estilo do seu começo de jogo e as jogadoras se movimentaram para forçar a rota do topo, conseguindo o primeiro abate em cima da toplaner inimiga. 

Conseguindo bastante vantagem dessa forma, a TBK conseguiu se m anter viva durantr as team fights iniciais e cresceu rapidamente dentro do jogo, de forma que a Netshoes Miners acabou se embaralhando e dando espaço para que a equipe finalizasse pela rota do meio com o Barão, que foi facilmente conquistado.

A TBK impediu que a Netshoes Miners vencesse a série por 4x0 e permaneceu viva na disputa. 

Jogo 5

TBK

  • Noelle: Gwen
  • Maestra: Rengar
  • myuk: Annie
  • foxy: Samira
  • kally: Rakan

Netshoes Miners

  • zAmora: Wukong
  • Leeh: Shyvanna
  • Anbicion: Jayce
  • Lilichan: Varus
  • Ju: Yuumi

Com poucas mudanças na composição da TBK, o quinto jogo começa de forma bastante calma, somando com o fato de que a Netshoes Miners optou por selecionar Yuumi como suporte - uma campeã que faz pouca ou quase nenhuma rotação no início do jogo. 

No entanto, aos cinco minutos de game, a luta pelo primeiro arauto inicia e o objetivo ficou nas mãos da Netshoes Miners, com ótimo timing da Samira de foxy. 

Aproveitando o objetivo, a TBK tenta abrir a rota do meio, mas não consegue ir muito além. Neste momento, a equipe da Miners já está acumulando recursos e consegue segurar as lutas iniciadas pela TBK - facilitando para que a Shyvanna limpe completamente as torres da rota do meio. 

Mantendo o ritmo, a Netshoes Miners não deixa a TBK avançar e finaliza o jogo, vencendo a série e se consagrando como a primeira campeã do torneio. 

esports
Guia Wild Circuit Game Changers: Times, calendário e mais do torneio feminino de Wild Rift

O primeiro torneio feminino oficial de Wild Rift acontece entre 27 de outubro e 11 de novembro com R$ 80 mil de premiação e oito times na disputa pelo título

esports
Netshoes Miners e TBK estrelam final do Wild Circuit: Game Changers

Equipes, que disputam a final nesta sexta-feira (11), comentam sobre trajetória e desejos para o futuro do competitivo do cenário feminino

esports-csgo
IEM Major Rio: Fãs de Harry Styles acampam na Jeunesse Arena esperando show em dezembro

O MGG Brasil entrevistou quatro mulheres que se revezam no acampamento para ver o cantor britânico desde junho: "bem humilhada por um calvo"

0
Maria Eduarda Cury
Maria Eduarda Cury  - Redatora

Jornalista, apaixonada pelo estudo da cultura digital, jogos competitivos e filmes de terror. 

Mais Reportagens

12:30 Wild Rift: Pro players detonam Riot por fim do cenário competitivo
19:24 "Larguei a faculdade para dar um tiro no escuro", diz myük sobre o fim do competitivo de Wild Rift
13:47 Riot confirma fim do cenário competitivo de Wild Rift no Brasil, mas estuda manter ligas femininas
13:51 "Eu estava muito na fossa", diz Lilichan após vencer o primeiro Wild Circuit Game Changers
16:32 Netshoes Miners surpreende e vence Wild Circuit: Game Changers por 4x1
18:23 Netshoes Miners e TBK estrelam final do Wild Circuit: Game Changers
10:29 Guia Wild Circuit Game Changers: Times, calendário e mais do torneio feminino de Wild Rift
17:37 Conheça a Flamingo Winx, time que disputará os playoffs do Wild Circuit Game Changers de Wild Rift
16:50 Wild Rift: Conheça a Pink Venom, equipe que disputará os playoffs do Wild Circuit Game Changers
16:41 Wild Rift: Conheça a Intense Game, equipe que disputará os playoffs do Wild Circuit Game Changers

Recomendados

Amassando dentro e fora do CS:GO: como Olga cresceu e se tornou a referência LGBTQIAP+ que não teve
Mudando de vida: como Free Fire e LoL trouxeram novas perspectivas para a favela
PogChamp, LUL, Kappa: O significado e origem dos memes dos esports

Descubra guias

Tier List de melhores campeões de Wild Rift no patch 3.5b
Tudo sobre os Elos e ranqueadas de Wild Rift
Build, runas e guia para jogar como atirador de Ashe em Wild Rift