Millenium / Artigos e reportagens de games / League of Legends /

Worlds 2022: Tinowns diz que com bons drafts, LOUD "tem chance contra todo mundo" no Grupo A

Worlds 2022: Tinowns diz que com bons drafts, LOUD "tem chance contra todo mundo" no Grupo A
0

Meio da LOUD conversou com o MGG Brasil em entrevista após a partida contra a DFM que acabou em vitória para o time brasileiro. Tinowns disse que a equipe só precisa focar em fazer bons drafts

A LOUD finalizou seu primeiro dia na Fase de Entrada do Worlds 2022, o Mundial de League of Legends, com uma derrota para a Beyond Gaming e uma vitória contra a DetonatioN FocusMe, times das regiões do Pacífico e Japão, respectivamente. O resultado animou a comunidade brasileira, que havia ficado abalada após a estreia com derrota. Ao MGG Brasil em entrevista após as partidas do dia, o meio da LOUD, Tinowns, afirmou que o time precisa se concentrar em fazer bons drafts e afirmou: "Temos chance contra todo mundo nesse grupo".

A importância de um bom draft

A composição de um time dentro de uma partida competitiva é bastante importante e no primeiro jogo do dia, contra a BYG, a LOUD fez um draft bastante passivo, como o próprio Tinowns disse em entrevista ao ex-pro player e caster Takeshi durante a transmissão da Riot Games Brasil. Com Jax nas mãos de Robo, e Seraphine e Nautilus na rota inferior, a LOUD não conseguiu o poder que precisava para dominar o jogo. No entanto, tudo mudou na segunda partida, quando o time jogou com Sejuani, Viego, Zoe, Miss Fortune e Amumu.

"O que mudou bastante do primeiro jogo para o segundo foi o draft. A gente estava com um draft, não confortável, porque ficamos confortáveis com bastante coisa, mas um draft que tem mais ferramentas pra criar dentro de jogo. Tendo essas ferramentas, a gente sabe o que fazer no mapa, como acelerar o jogo, como jogar em objetivos, e foi o que a gente fez. Pegamos todos os objetivos do jogo, estávamos sempre forçando eles a responder a gente", disse o meio da LOUD.

Vale ressaltar que ambos os jogos começaram com bastante tempo de atraso, mas a demora teve seu lado bom segundo Tinowns. "A gente não esperava esse atraso, acho que a Riot também não. Acaba atrapalhando um pouco, mas especificamente hoje foi bom porque deu tempo da gente conversar. Surgiram dúvidas de draft nesse meio tempo, um pouco de perda de confiança, então nesse meio tempo a gente conseguiu conversar bastante, resgatar isso e entrar preparados contra a DFM".

League of Legends

Expectativas para LOUD x Evil Geniuses

Nesta sexta-feira (30), a LOUD joga contra a equipe norte-americana Evil Geniuses, que tem como técnico assistente o ex-pro player brasileiro Turtle. Ao MGG, Tinowns disse acreditar que tanto a LOUD, quanto a EG, entrarão na partida de forma diferente como a de quinta-feira.

"A EG não conseguiu mostrar um bom jogo hoje por também não ter feito um bom draft. Mas a expectativa é que se a gente conseguir uma boa composição, sabendo como a gente quer jogar, temos chance contra todo mundo nesse grupo. Nos adaptamos muito rápido, esse era um problema que nossa região tinha quando vinha para fora, a gente demorava para pegar o meta. Nesse time, isso foi diferente, então estamos bem confortáveis. É só entrar mais focado na hora do draft que vamos fazer um bom jogo".

League of Legends

O treinos da LOUD no México

Com o Worlds acontecendo em dois países da América do Norte, México e Estados Unidos, a Riot retornou com a Champions Queue, espécie de inhouse para todos os times classificados para este mundial. Conseguir bons treinos e se adaptar ao meta diante de um torneio internacional sempre foram questões para os times do CBLOL, mas parece que a LOUD vem superando essas dificuldades - e que Brance e seu time vem se tornando bastante famosos lá fora.

"A gente se adaptou muito rápido, conseguimos pegar as mudanças, até senti que em alguns treinos algumas equipes de lá de fora estavam copiando as coisas que estávamos fazendo. Então acho que nossa adaptação foi boa. No primeiro jogo, acho que tivemos mais um problema de stage, de ter batido nervosismo.

[...] A última vez em que fui para um torneio internacional, foi o MSI, e lá é só um time de cada região. Aqui é completamente diferente. Não se se das outras vezes foi assim, mas a gente conseguiu treinar contra LCS e LEC, só com time asiático que não, é mais difícil mesmo, mas vamos tentar mudar isso".

League of Legends

União e apoio da torcida brasileira

Vale lembrar que esta é a primeira vez de Croc, Brance e Ceos em um torneio internacional. De acordo com Tinowns, o time teve uma conversa sobre o tema. "Bem antes de viajarmos, tentamos [Robo, Von e ele] passar toda a experiência para eles em questão de treinos, SoloQ, como funcionaria nossa rotina aqui fora, então acho que eles vieram bem preparados, com a mentalidade muito boa. E assim, eles não tremeram no CBLOL, na final, nem aqui, não tremeram para jogar contra ninguém, isso foi muito legal!".

Por fim, Tinowns também falou sobre o sentimento de representar o Brasil internacionalmente e receber o carinho da torcida por isso. "Queremos mudar o jeito como enxergam nossa região, então acho importante a comunidade apoiar qualquer time que vier para o Mundial. Isso sempre deixa a gente no hype, muito animados, é muito bom se sentir abraçado por todo mundo".

O Worlds 2022 de League of Legends acontece entre 29 de setembro e 5 de novembro, no México e nos Estados Unidos, reunindo as melhores equipes de cada região competitiva do LoL em um torneio internacional.

A LOUD está no Grupo A da competição, ao lado de Beyond Gaming, DetonatioN FocusMe, Fnatic, Evil Geniuses e Chiefs. A equipe brasileira volta a jogar na sexta-feira (30), contra a Evil Geniuses, por volta das 18h; confira abaixo o calendário completo do campeonato:

worlds-lol
Bolão do Worlds 2022 ganha novo formato com Bola de Cristal e mais recompensas; veja novidades

O Mundial de LoL se aproxima e o famoso Pick'Ems já está disponível para os torcedores fazerem suas previsões, mas desta vez há muito mais no que apostar do que antes

worlds-lol
Worlds 2022: Lahgolas analisa LOUD e adversários da equipe brasileira no Grupo A do Mundial de LoL

A caster do CBLOL Lahgolas conversou com o MGG sobre cada um dos times que está no Grupo A da Fase de Entrada do Mundial 2022 de LoL, o mesmo grupo da equipe brasileira LOUD

worlds-lol
Guia Worlds 2022: Tabela, times, calendário e tudo o que você precisa sobre o Mundial de LoL

O Mundial 2022 de League of Legends acontece entre 29 de setembro e 5 de novembro, e neste guia você confere todas as informações sobre o torneio e a representante brasileira LOUD

0
Beatriz Coutinho
Bia  - Repórter

Garota mágica formada em jornalismo que ama a sensação de assistir campeonatos e escrever sobre as histórias dos fãs de esports.

Mais Reportagens

11:53 Solução LoLdle 27 de janeiro: "Nightfall", classic, skill, emoji e splash
17:26 LoL: Hackers exigiram US$ 10 milhões como resgate do código-fonte e sistemas roubados da Riot Games
12:38 Hogwarts Legacy: Jogo permite que você use as três Maldições Imperdoáveis sem julgamentos
12:05 Rework de Yuumi revelado? Veja novas habilidades e gameplay da campeã do LoL
09:12 Solução LoLdle 26 de janeiro: "Trample them", classic, skill, emoji e splash
10:00 A revolução da 13ª temporada do LoL? Possíveis impactos das mudanças nos ADCs
18:58 LoL Patch 13.1b massacra Yuumi, traz nerfs para Kassadin, Maokai, melhorias para itens de ADC e mais
14:43 Novas skins de LoL Coração Apaixonado são reveladas para Amumu, Caitlyn e Vi
13:13 Com line-up formada por players ex-CBLOL, Rise Gaming busca disputar em alto nível
13:00 LoL tem código fonte roubado por hackers; rework de Ahri é adiado para o patch 13.3

Recomendados

Tier list 13.1 e guia dos melhores campeões de LoL
7 curiosidades sobre League of Legends que você não conhecia
LoL: 4 vezes em que a Riot Games foi acusada de plágio

Descubra guias

Tier list 13.1 e guia dos melhores campeões de LoL
Guia de como jogar de Fiora na rota do topo da 13ª Temporada de League of Legends
Dicionário e glossário completo de termos e gírias de League of Legends