Millenium / Artigos e reportagens de games /

Streamer britânico anuncia aposentadoria para servir na Guerra da Ucrânia

Streamer britânico anuncia aposentadoria para servir na Guerra da Ucrânia
0

Criador de conteúdo fez anúncio nas redes sociais e pegou fãs de surpresa. Ele embarca em setembro para a Ucrânia e disse que irá ajudar na luta contra a invasão russa

Streamer britânico anuncia aposentadoria para servir na Guerra da Ucrânia

A Guerra da Ucrânia, que recentemente completou 6 meses, também teve impacto no cenário de games e Esports, e o streamer britânico Luke "ThumblessCudi" comunicou nas redes sociais que está se aposentado da carreira de criador da conteúdo para servir junto às tropas ucranianas para combater a invasão russa. A decisão pegou os fãs do streamer de surpresa, ThumblessCudi recebeu apoio majoritário dos seguidores.

"É com o coração pesado que anuncio o fim de minha carreira como streamer. No início do mês que vem, parto para a Ucrânia para ajudar na luta contra a invasão russa. A todos aqueles que me apoiaram, obrigado, e espero que gostem das últimas transmissões", disse o criador de conteúdo.

Em uma outra publicação, ThumbLess Cudi iniciou ainda uma campanha para arrecadar fundos para custear a viagem e pagar algumas contas, uma vez que não terá mais um trabalho remunerado enquanto atuar como voluntário na guerra. A meta é arrecadar uma quantia de 1 mil euros, cerca de R$ 5,11 mil na cotação atual

De acordo com o caster de Esports Jake Lucky, ThumbLessCudi se juntará a um amigo que já serviu às Forças Armadas do Reino Unido. O apresentador diz ainda que o streamer deverá atuar na região de Donbas.

ThumbLessCudi tem 24 mil seguidores na Twitch e ficou conhecido principalmente pelas lives de jogos como FIFA 22, PUBG, Formula 1 e Fall Guys.

guerra-ucrania

Jogador da Fnatic é afastado do time de Valorant após suposto apoio da invasão russa à Ucrânia

Em prints de conversas, atleta russo teria manifestado apoio às ações militares ordenadas pelo presidente Vladimir Putin

Jogador filma bairro sendo bombardeado na Ucrânia enquanto joga CS:GO

Mostrando como o mundo não para nem mesmo em meio a uma guerra, este jogador estava mais preocupado com sua partida do que com os bombardeios

Fortnite arrecada mais de US$ 100 milhões em campanha de ajuda humanitária à Ucrânia

Arrecadação beneficente foi iniciada em 20 de março e continuará até o dia 3 de abril. Valor será integralmente doado para ONGs de defesa humanitária

0
Gabriel SALES
Gabriel Sales

Jornalista apaixonado por games desde o jardim de infância e fã de quase todo tipo de RPG, especialmente os da série Chrono. Nos esports, shooters e jogos de luta são minhas maiores paixões, mas abraço qualquer jogo com uma cena competitiva pulsante.

Mais Reportagens

18:00 Pokémon GO Estrelas em Evolução: guia para completar todos os desafios de coleção
17:15 Minecraft: Saiba como votar no próximo mob do jogo
16:57 LoL: O pequeno ajuste da Pré-Temporada 13 que mudará a vida de um grupo esquecido pela Riot
16:30 Códigos Red Dead Redemption 2: Munição e dinheiro infinitos, todas as armas e mais
16:13 Jogador pode perder save de 6 mil horas em Red Dead Redemption 2 com fim do Stadia
16:00 Overwatch 2 sofre ataque DDoS que derruba servidores; entenda o caso
15:48 O que fazer na BGS 2022? Confira atrações e tudo o que vai rolar no evento
14:52 Quais são os maiores streamers do mundo? Veja a lista com o top 7 mais influentes
14:50 Drops da Twitch oferecem skin de Kiriko de graça no Overwatch 2; veja como conseguir
14:00 BONOXS entra com tudo no mercado

Recomendados

Amassando dentro e fora do CS:GO: como Olga cresceu e se tornou a referência LGBTQIAP+ que não teve
Mudando de vida: como Free Fire e LoL trouxeram novas perspectivas para a favela
PogChamp, LUL, Kappa: O significado e origem dos memes dos esports

Descubra guias

Genshin Impact Cyno: build, armas, recursos e artefatos
Os 16 jogadores de FIFA 23 com maior potencial para o Modo Carreira
Quais são os melhores personagens de Omega Strikers? Veja a tier list