Millenium / Artigos e reportagens de games / League of Legends /

CBLOL: Sem perspectiva, Kuri vira incerteza no Flamengo para a próxima etapa

CBLOL: Sem perspectiva, Kuri vira incerteza no Flamengo para a próxima etapa
1

Sul-coreano busca melhoria salarial e um time competitivo para retornar ao Brasil

O sul-coreano Kuri não deseja continuar jogando League of Legends profissionalmente no Brasil pelo Flamengo. O atleta ingressou na equipe na metade da primeira etapa do CBLOL 2022 e foi o responsável por aumentar a competitividade rubro-negra na competição. Sem ele, o Mais Querido amargurou a última colocação por várias rodadas, algo que nunca havia acontecido em toda sua história nos esportes eletrônicos. O imbróglio entre ambas as partes está nos salários e também na chegada de novos reforços para a equipe.

Kuri, que segundo fontes próximas ao MGG Brasil recebia entre U$ 3 mil a U$ 4,5 mil dólares mensais (R$ 14.200 a 21.400 mil na cotação atual), pleiteou um aumento salarial. Desse valor, o montante subiria para U$ 6 mil (R$ 28,5 mil na cotação atual), algo fora da realidade do clube neste momento. Para efeito de comparação, o Flamengo abriu conversas com o também sul-coreano Bugi, para a função de caçador, durante o meio da primeira etapa, mas os valores oferecidos foram considerados abaixo da média e as negociações não avançaram pelo salário de U$ 3 mil dólares mensais.

Outro ponto interessante a se falar é a questão de reforços. Kuri deseja um time competitivo para a próxima etapa do CBLOL, mas hoje não consegue enxergar condições viáveis para isso. Ainda segundo fontes da reportagem, os rubros-negros não consideram compras de atletas e nem uma provável aposta em jogadores do Academy, seja do Flamengo ou de outros times, como uma opção neste atual momento.

É válido ressaltar que Kuri tem vínculo contratual com o Flamengo até o final de setembro deste ano.

Entramos em contato com o Flamengo que se posicionou dizendo que as informações obtidas pela reportagem são ''apenas boatos''.

1
Luis Santana
Showtana  - Redator

Estudante de jornalismo com paixão em contar histórias. Amante do cenário competitivo de League of Legends e assíduo comentarista de coisas que não sou pago para fazer.

Jose fernando De Melo Cruz há 8 meses

se ele quiser continuar no brasil ele teria no maximo 2 opcoes viaveis, fla e intz, ele seria bom na miners tbm se ele tiverem dispostos a abrir mao do top coreano. de resto acho que os suportes tao bem estabelecidos e sao bons, kbm tem um dos suportes com menos distaque eu diria mas eles ja tem 2 coreanos fundamentais pro time

Mais Reportagens

17:52 Ranqueadas do LoL serão divididas em etapas, com fim das Md5 e duas skins Vitoriosas por ano
16:56 CBLOL 2023: Escalações das equipes do Split 1 até o momento
16:25 Novas skins do Ano Novo Lunar são reveladas para Ashe, Garen, Irelia, Kha'Zix e mais no LoL
14:39 LoL: A campeã que mais se beneficiou da pré-temporada e que receberá nerfs por isso
13:32 Riot inaugura lounge de LoL e VALORANT em aeroporto na Coreia do Sul; veja imagens
11:52 Após sucesso de Arcane, Riot pode estar preparando filme de League of Legends
14:30 Project L ganha novo vídeo de gameplay que mostra detalhes de Illaoi no jogo
09:45 LoL: O dia em que Faker foi reserva na SKT por não saber jogar de Azir
16:12 Riot revela grandes mudanças para Jax no LoL; nova ult, ícones refeitos e mais
19:25 LoL: Rioter explica nerf "paradoxal" de Yuumi que chegará no próximo patch

Recomendados

Tier list 12.22 e guia dos melhores campeões de LoL
7 curiosidades sobre League of Legends que você não conhecia
LoL: 4 vezes em que a Riot Games foi acusada de plágio

Descubra guias

Tier list 12.22 e guia dos melhores campeões de LoL
Dicionário e glossário completo de termos e gírias de League of Legends
Tudo sobre o passe do Mundial 2020 e suas missões