Millenium / Artigos e reportagens de games / League of Legends /

CBLOL: "Nosso planejamento foi feito para começarmos bem", diz Kalec sobre Liberty

CBLOL: "Nosso planejamento foi feito para começarmos bem", diz Kalec sobre Liberty
0

Em entrevista ao MGG Brasil, o head coach Kalec comentou sobre a estreia da Liberty no CBLOL 2022 e elogiou os novos jogadores Disamis e Kiari

Desacreditada e com lema “silêncio e trabalho”, a Liberty iniciou o 1º split do CBLOL 2022 sem muitos holofotes em cima do seu elenco. As saídas de fNb e Yampi, foram vistas como significativas pela comunidade, que enxergou com outros olhos o planejamento da organização para este ano. A subida de Disamis e a chegada de Kiari não tiveram muito alarde, mas a dupla está funcionando muito bem até o momento.

Diferente da maioria dos outros times, a Liberty tem uma filosofia de jogo que foi implementada dentro da organização durante anos. Isso porque a comissão técnica de Kalec, Alocs e Eryon seguiu trabalhando junta mesmo com saídas e chegadas de novos jogadores e é isto que pode ser  a receita do sucesso para o novo elenco.

 

A montagem do elenco

Segundo o Head Coach, o processo para a montagem de um elenco é bem complexo. São feitas avaliações técnicas pelo treinador de cinco ou seis jogadores, que são encaminhados para a direção com uma ordem de prioridade e importância de cada jogador para a equipe. “O Disamis já era um jogador muito talentoso que a gente tinha no Academy e estava entre as nossas principais opções. Eu queria bastante ver em que nível ele poderia chegar e trabalhar com ele’’, conta Kalec. Já Kiari, segundo o treinador, era um nome imprescindível caso a equipe quisesse “lutar por títulos’’.

Toda vez que novos jogadores chegam em em uma equipe acontece um processo de adaptação. Seja para a filosofia de jogo, relações com os novos companheiros e até mesmo se acostumar com um ambiente completamente diferente do anterior. Para Kalec, o processo de adaptação dos jogadores “está bom e a staff tem ciência de que eles vão precisar de um tempo para uma progressão clara’’. Para isso, são feitas baterias de treinos em que mergulham  os novos atletas na filosofia de jogo da Liberty.

“A gente aborda cada fundamento, cada conceito que eles têm que saber numa ordem crescente, que faça sentido. Então, pouco a pouco, alimentamos eles com essas informações, colocando os dois na mesma página com os jogadores antigos e até o momento eles estão progredindo muito bem, em um ritmo que eu considero satisfatório e conforme o tempo vai passando eles estarão mais a par de todos os pontos importantes da nossa filosofia de jogo’’, explica Kalec.

Ótimo início

Antes do campeonato começar, ninguém colocava a Liberty entre as equipes favoritas para uma classificação, muito menos ao título. Porém, tudo mudou com a vitória dominante em cima da Rensga, mas a derrota avassaladora para a paiN Gaming continuou mascarando o verdadeiro potencial desse time. No último final de semana, a equipe teve dois grandes adversários e precisava se provar. De novo. E foi o que fizeram, duas vitórias contundentes e convincentes contra a atual campeã RED Canids e LOUD, um dos times mais badalados do campeonato. Para Kalec, contra os Tradicionais “deu tudo errado’’ e a equipe ficou um pouco perdida no que queria fazer no jogo, além de estar com uma composição mais difícil de executar dentro da partida, o que fez com que não demonstrassem do que realmente são capazes. “Também tivemos um início de jogo ruim, o que somando com essas outras duas coisas, resultou em um jogo apático’’, completa o treinador.

Sobre já esperar que as novas peças fossem desempenhar tão bem em um espaço curto de tempo, Kalec diz que ‘’sim, esperava muito por conta de serem jogadores de qualidade alta’’. Nos últimos dois jogos, contra RED e LOUD, Kiari e Disamis foram os nomes das partidas e desbalancearam os jogos com escolhas bem ofensivas. O topo conseguiu um dos MVP, figurou na seleção das rodadas e também foi eleito o melhor jogador da segunda semana do CBLOL.

“Jogadores bons vão chegar jogando em um certo nível de qualquer maneira e fizemos um planejamento de treinamentos focados em já começar jogando bem, focar em abordar conceitos mais importantes de jogo cedo, que garantam o time com um certo nível de jogo, antes de progredir para conceitos mais complexos. Todo nosso planejamento foi feito para começarmos bem e nossos jogadores tinham nível para isso’’, completa.

fNb e Yampi deixaram a Vorax Liberty em 2021. Reprodução: Vorax Liberty - League of Legends
fNb e Yampi deixaram a Vorax Liberty em 2021. Reprodução: Vorax Liberty

Durante a entrevista, Kalec também elencou as principais diferenças entre este novo elenco e o antigo, que contava com fNb e Yampi, dois jogadores que marcaram época dentro da organização. A mais significativa foi a comunicação e a voz ativa dentro de jogo, agora tendo Krastyel como principal foco para guiar o time nas partidas.

‘’Ele [Krastyel] agora é nosso principal comunicador e líder dentro do jogo e tem uma mentalidade bem diferente do Yampi e do fNb, que eram nossos principais shotcallers na etapa passada. Então, isso influencia bastante o estilo de jogo do time e ele tem uma visão mais parecida com a minha de como jogar o jogo. Ele também consegue dosar melhor o ritmo do time dentro da partida e isso dá uma cara diferente para esse novo elenco’’, explica o treinador.

Uma das principais mudanças e também uma grande surpresa, a jovem promessa Disamis é um dos destaques da Liberty neste ótimo início da equipe nas primeiras rodadas do CBLOL. O jogador esteve nas categorias de base da organização e foi muito bem, com números surpreendentes, embora a equipe nunca tenha conseguido chegar às finais do Academy, sendo eliminada precocemente nos playoffs em duas oportunidades.

‘’Trabalhar com o Disamis está sendo muito legal, porque é óbvio que ele tem muito a aprender, mas ele é um jogador extremamente habilidoso. Então, mesmo em situações que ele não tem tanta certeza do que tem que fazer, às vezes o individual dele compensa e conseguimos sair com um bom resultado. Mas ele também é um cara extremamente solícito, esforçado, mente aberta. É um prazer trabalhar e fazer ele crescer e se desenvolver como atleta e ser humano’’, conta. 

Reprodução: CBLOL - League of Legends
Reprodução: CBLOL

Entre todos os times do CBLOL, é notório que somente a Liberty até o momento segue com um mesmo padrão de jogo, uma filosofia da comissão técnica que não muda, mesmo com a chegada e saída de jogadores, e para a qual a a RED está caminhando nos mesmos passos. Os maiores exemplos disso são as recentes saídas e chegadas de jogadores, como Aloned, dyNquedo e hoje Krastyel na rota do meio. Como atirador, tivemos a saída de Garo e chegada de Matsukaze, mas o estilo de jogo nunca mudou, e mais importante que isso, o processo segue o mesmo. Isso ficou claro nesta temporada, com as saídas dos chamados ‘’pilares’’ da equipe, fNb e Yampi. O nível alto seguiu o mesmo.

‘’Eu sempre tento respeitar o que é importante no League of Legends. Jogamos baseado em muito estudo, principalmente nos melhores times do mundo da LPL e da LCK, como eles se portam nas situações, como eles se movimentam no mapa, o que eles priorizam, controle de wave e lutas em objetivo. O LoL tem coisas importantes, que acho que são claras para todos: fase de rotas, teamfight, movimentação pelo mapa. Então a gente se atenta bastante nessas coisas, tentamos não perder tempo com coisas que talvez geram muita discussão, sejam mais supérfluas e não sejam tão importantes. Nós colocamos muita atenção no que é importante e nos atemos a isso no nosso trabalho’’, explica o treinador que finaliza a entrevista dizendo sua visão sobre a importância dos treinadores no Brasil conseguirem implantar a sua filosofia de jogo nos times em que trabalham.

‘’É claro que quando você tem jogadores mais experientes é válido você tentar algo novo , talvez seja benéfico.É difícil para mim falar sobre isso porque eu ainda não tive experiência suficiente com tantos perfis de jogadores diferentes e eu ainda tenho bastante a aprender. Mas eu acho que no mínimo é importante para a equipe ter uma visão unificada de filosofia de jogo. E isso tem que ser construído de alguma maneira, você perder muito tempo decidindo como o time quer jogar, eu não acho que é legal. Você pode perder algum tempo, mas precisa chegar em uma conclusão sólida e eu acredito que é importante que o técnico dê um direcionamento pelo menos mínimo nesse sentido, para que o time possa começar se mover e trabalhar na mesma direção’’, finaliza.

esports-lol

"É muito fácil ser jungler num time desse", diz Tay sobre estreia da LOUD no CBLOL 2022

Antigo em casa, mas com uma nova função, Tay falou mais sobre sua reestreia na selva pelo CBLOL 2022

esports-lol

CBLOL 2022: "Não entendo a falta de confiança no nosso trabalho", diz Matsukaze

Atirador da Liberty considera que equipe foi subestimada após saídas de FNB e Yampi

esports-lol

CBLOL 2022: "Ainda não está alarmante", diz JUC sobre campanha do Flamengo

Técnico assistente do Flamengo reconhece começo de campanha ruim do CBLOL, mas acredita em recuperação da equipe nas próximas rodadas

0
Luis Santana
Showtana  - Redator

Estudante de jornalismo com paixão em contar histórias. Amante do cenário competitivo de League of Legends e assíduo comentarista de coisas que não sou pago para fazer.

Mais Reportagens

16:00 LoL: Quantos tipos de dano existem em League of Legends? A resposta pode surpreender
14:00 Brasileira é a Seraphine perfeita neste cosplay da skin Canção do Oceano do LoL
10:00 CS:GO, Valorant, Free Fire e mais: Todas as vezes em que o Brasil foi campeão mundial nos esports
19:34 Bolão do Worlds 2022 ganha novo formato com Bola de Cristal e mais recompensas; veja novidades
18:00 Final brasileira do Red Bull Solo Q de LoL: como e onde assistir, formato e informações
16:10 Worlds 2022: Todas as referências do clipe de Star Walkin', música tema do Mundial de LoL
16:00 Nova skin de Sett no LoL tem menção a ship com Aphelios; Rioter fala sobre sexualidade do campeão
17:00 O melhor campeão do LoL quando o ultimate é ativado
12:36 Worlds 2022: Saiba quem são os jogadores de Star Walkin', música tema do Mundial
10:50 Jogador tenta instalar LoL com seu CD original e desbloqueia memória nostálgica

Recomendados

Riot Games: Lista completa de todos os jogos lançados e em desenvolvimento pela criadora do LoL
7 curiosidades sobre League of Legends que você não conhecia
LoL: 4 vezes em que a Riot Games foi acusada de plágio

Descubra guias

Riot Games: Lista completa de todos os jogos lançados e em desenvolvimento pela criadora do LoL
Tier list 12.18 e guia dos melhores campeões de LoL
Dicionário e glossário completo de termos e gírias de League of Legends