Millenium / Artigos e reportagens de games / League of Legends /

Por dentro da LOUD: como é e como funciona a estrutura para os atletas da organização

Por dentro da LOUD: como é e como funciona a estrutura para os atletas da organização
0

Visitamos o gaming office do time em São Paulo e mostramos os bastidores da equipe

As antigas gaming houses foram, em grande parte, substituídas por outro estilo de trabalho no cenário de esports: os offices, ou escritórios. Eles nada mais são que centro de treinamentos em que os jogadores vão, treinam e depois voltam para as suas casas, sem precisarem morar junto com outros atletas e estar a todo momento dentro do mesmo ambiente com a mais variada gama de personalidades. Na época, esse novo estilo de trabalho nos esports visava dar mais privacidade aos jogadores, além de possibilitar um ambiente muito mais profissional do que uma casa proporciona. Afinal, quando você acorda, come e faz tudo dentro de apenas um lugar, sua rotina pode deixar de ser algo profissional para ser apenas algo a mais no dia-a-dia.

No CBLOL, todas as equipes que estão na franquia atuam em formato de gaming office, exceto pela Rensga, que ainda utiliza o formato de gaming house na sua sede em Goiânia. Tive a oportunidade de visitar e conhecer a estrutura de gaming office da LOUD, em São Paulo. A organização entrou no LoL há apenas um ano e já sobe a barra de excelência em todos os pontos no cenário, desde criação de conteúdo, branding e também na estrutura que oferece para os seus atletas.

Logo pela manhã, me arrumei e parti em direção do gaming office da LOUD. Localizado na Vila Madalena, zona oeste de São Paulo, o caminho para o espaço é um tanto quanto tortuoso. Afinal, o bairro é conhecido pelas suas extensas ladeiras e de onde eu estava precisei subir alguns metros até chegar ao meu destino.

Fui recebido por Loreviz, atual manager geral da organização. De primeira impressão, a fachada simples realmente esconde o que há dentro da casa. Um espaço grande, bem arejado e espaçoso, com salas específicas que citarei ao longo do texto. Logo de cara ele me apresentou às salas do andar inferior: os dois banheiros, a sala de alta performance e a sala de estar, que é anexa à cozinha e também à enorme varanda que conta com uma mesa de ping-pong para a recreação. No segundo andar é onde a mágica acontece - duas salas equipadas e climatizadas com tudo de melhor que se possa oferecer, desde computadores e cadeiras ao amplo espaço nas duas salas, separadas para a equipe do CBLOL e para a divisão Academy.

A sala de psicologia fica interligada à de alta performance, com alguns equipamentos básicos de exercício físico e um espaço relativamente grande para as consultas dos jogadores com o psicólogo da equipe, que também é focado nessa parte de aprimoramento físico para o mental. O mais interessante deste assunto é o foco da LOUD em trazer realmente uma rotina para os atletas, algo que Loreviz entrou em detalhe ao falar sobre uma nova parceria para viabilizar esse trabalho de acompanhamento, que com certeza trará um desempenho melhor para os jogadores da equipe.

“Vamos trazê-los para a Kinex (espaço de fisioterapia anexado a Academia Aquasport, na qual a LOUD firmou parceria) que fica na mesma rua do office. Os jogadores virão duas vezes por semana fazer todo trabalho mais de saúde, como prevenção de lesão e RPG (Reeducação Postural Global) e é uma estrutura incrível. Para você ter uma noção, os profissionais daqui trabalham com atletas olímpicos, de vôlei e muitos outros”, detalha o manager. Além disso, os atletas poderão escolher entre natação, musculação e outros exercícios diários para seus exercícios físicos relacionados ao espaço da academia.

O espaço da Kinex dedicado às atividades de fisioterapia dos jogadores. Reprodução: Kinex Fisioterapia - League of Legends
O espaço da Kinex dedicado às atividades de fisioterapia dos jogadores. Reprodução: Kinex Fisioterapia
O espaço da Kinex dedicado às atividades de fisioterapia dos jogadores. Reprodução: Kinex Fisioterapia - League of Legends
O espaço da Kinex dedicado às atividades de fisioterapia dos jogadores. Reprodução: Kinex Fisioterapia

A LOUD também conta com Vitor Kenji, fisioterapeuta especialista em esports que trabalha com a Havan Liberty em paralelo. Segundo Loreviz, apenas ele tem esse trabalho mais conciso com exercícios e rotinas de treino específicas voltados para os jogos. “Por exemplo, algo para melhora de tempo de reação, reflexos, visão periférica, coordenação motora... que outros profissionais no meio com quem eu já trabalhei não tinham essa expertise”, aponta. Durante todo este ano, alguns jogadores da equipe foram positivamente impactados por esse trabalho intenso que a LOUD dedicou aos seus jogadores: Aithusa e DudsTheBoy.

“Ele (Vitor Kenji) foi fazendo esse trabalho com os dois, de elevar as habilidades motoras, com um acompanhamento numérico. Ele tem um gráfico de evolução dos jogadores em cada um desses aspectos e vimos que o Aithusa e o Duds foram os que tiveram maior evolução nesses números da primeira para a segunda etapa. E como prova que esse exercício, esse desenvolvimento funciona e é bom pro atleta, os dois tiveram desempenhos muito bons no segundo split”, explicou o manager

Para Arthur Leon, psicólogo da LOUD focado em saúde mental e performance, “a evolução que o jogador vê ao fazer exercícios o faz estar muito mais motivado para trabalhar essa parte de exercício fisíco”. O meio Aithusa, por exemplo, chegou à organização com um problema de coluna e conseguiu resolver com Kenji o seu problema apenas com os exercícios na pequena sala que existe dentro do gaming office para essas atividades.

“A LOUD tem uma rotina geral, se o jogador não quiser e não estiver engajado, ele tem que se manter dentro das diretrizes que a organização passa, uma delas o bem-estar. Caso o jogador esteja muito interessado nessa parte, eu posso preparar uma rotina especial e criar algo mais personalizado também às atividades que ele faz por fora”, completa o psicólogo.

O trabalho de Kenji vai muito além de só fisioterapia para os jogadores. Segundo Loreviz e Arthur, o profissional também gerencia a parte de postura dos atletas, ensinando como se sentar em uma cadeira, qual a postura certa e onde precisa ficar o teclado. Tudo isso para que o jogador tenha a melhor estabilidade possível durante os treinos e ao longo de toda a carreira profissional dentro da organização.

Já na parte psicológica são feitas dinâmicas de grupo, nas quais todos os jogadores passam por sessões em conjunto, cuja frequência maior ocorre durante a temporada, visando melhora e um relacionamento agradável entre todos os jogadores, além buscar soluções e resolver possíveis problemas ou entraves que apareçam no caminho. Na parte individual, Arthur atua principalmente na parte de confiança, autoestima e a comunicação de cada um dos atletas.

Loreviz finaliza dizendo que o objetivo da LOUD é a excelência no bem-estar dos atletas para que eles tenham alto desempenho durante toda a temporada. Muito por conta disso, a parceria com a parte da academia e também com a parte de fisioterapia do espaço são essenciais para esse avanço.

“A nossa ideia é ter o melhor fisioterapeuta de esports, focando realmente na performance do atleta dentro do jogo e lá na academia ter a melhor estrutura possível com equipamentos, aparelhos e tudo mais para trabalhar a saúde como um todo dos jogadores.”

Diretor da Kinex já trabalhou com as seleções de basquete e vôlei olímpicos do Brasil. Reprodução: Kinex Fisioterapia - League of Legends
Diretor da Kinex já trabalhou com as seleções de basquete e vôlei olímpicos do Brasil. Reprodução: Kinex Fisioterapia

A LOUD para 2022

Em seu primeiro ano de LoL, a LOUD teve um desempenho bom para uma estreia no sistema de franquias. Foram duas chegadas aos playoffs, com eliminações nas quartas de finais da competição. Na primeira etapa a organização sofreu com turbulências internas devido à não vinda do Head Coach Crowe, que seria a ponte para ligar o alemão Don Arts com o restante da equipe.

Já na segunda a inconstância, o fato de o time não encaixar e a mudança repentina de Mewkyo por Enel em cima da hora foram as principais causas do elenco não ter tido sucesso, mesmo após vencerem sete partidas consecutivas, entrando em um declínio na reta final.

Para 2022 a LOUD terá grandes mudanças. Com as chegadas de Tinowns, que deixou a paiN Gaming, e Robo, que também anunciou sua saída dos Tradicionais, a organização busca ter uma base forte para conseguir disputar o título do próximo CBLOL. Além da dupla, Tay retornará para a jungle e a parte inferior do mapa será a mesma, com a dupla Ceos e DudsTheBoy. Na comissão técnica, Von será o novo head coach da LOUD, após ser bicampeão em 2021 da Liga Latinoamericana de LoL (LLA) com a Infinity e figurar nos dois eventos internacionais mais importantes do ano.

personalidades

LOUD anuncia cantora Ananda como nova influenciadora

A cantora e atriz foi anunciada como nova contratada da organização e já com um clipe oficial anunciado para 12 de novembro

LOUD foi a quinta org mais assistida do mundo na Twitch em outubro

Criadores de conteúdo da equipe somaram mais de 10,3 milhões de horas assistidas

personalidades

LOUD anuncia Burger King como novo patrocinador com itens promocionais

A organização conta com embaixadores Burger King e combos promocionais do time já podem ser comprados em lojas e aplicativos

0

Mais Reportagens

14:06 "Temida pelos pro", Caitlyn é a campeã mais banida no começo da Temporada 12 de LoL
13:56 CBLOL 2022 deve voltar ao formato online após aumento de casos de Covid-19
13:14 Amumu já é o maior counter pick de Zeri no LoL graças a uma habilidade única
12:20 O que esperar da Liberty para o CBLOL 2022?
12:00 Bug do ARAM diminui em 25% todo dano a tropas; Riot pensa em manter efeito no League of Legends
10:48 Rumores indicam Vi em Fortnite em novo crossover com League of Legends
09:41 Riot revela qual é a relação entre Zeri do LoL e Neon do Valorant
17:47 Os 23 recordes mundiais do LoL que qualquer jogador pode bater
17:27 Turtle é novo Head Coach de LoL da Evil Geniuses e estreia com vitória na LCS
16:37 Client novo ou antigo no LoL? Comunidade discute sobre qual é melhor

Recomendados

As escalações da primeira etapa do CBLOL e Academy 2022
Tudo o que você precisa sobre a segunda temporada do ULT, o reality show de LoL
Por dentro da LOUD: como é e como funciona a estrutura para os atletas da organização

Descubra guias

Quanto gastei no LoL? Site oficial mostra dinheiro investido no game
Tudo sobre o passe Galante e suas missões no League of Legends
Tudo sobre o passe do Mundial 2020 e suas missões