Millenium / Artigos e reportagens de games / Counter-Strike: Global Offensive /

CS:GO: Fer projeta volta ao competitivo em 2022, mas não descarta aposentadoria

CS:GO: Fer projeta volta ao competitivo em 2022, mas não descarta aposentadoria
0

Desde a saída da MIBR, brasileiro bicampeão de Major atuou apenas como complete de equipes como Boom e Imperial

CS:GO: Fer projeta volta ao competitivo em 2022, mas não descarta aposentadoria

Bicampeão mundial de Counter-Strike: Global Offensive, o brasileiro Fernando "Fer" Alvarenga não fechou com nenhuma equipe desde que foi dispensado pela MIBR, em setembro de 2020, tendo atuado neste período apenas como complete de equipes como Boom, pela qual foi campeão da FiRe League, e Imperial. O jogador, no entanto, já projeta um retorno ao cenário competitivo em 2022, em um projeto sobre o qual ele fez mistério. Ainda assim, Fer indicou que, caso o plano de defender uma nova org não se concretize no ano que vem, ele deve pendurar o mouse e o teclado.

Aos 30 anos, o brasileiro é um dos mais veteranos do cenário de CS:GO, e demonstrou estar tranquilo a respeito de uma possível aposentadoria, embora o desejo seja dar contiuidade à carreira no competitivo.

"Ano que vem devo estar de volta. Ano que vem, se Deus quiser, vai estar em um ambiente mais bacana, vai ser daora se rolar. E se não rolar, não rolou. Podem acontecer duas coisas: uma, não acontecer nada, literalmente nada e acabou, aposentou, é isso aí e vida que segue. A outra é um bagulho que vocês vão ficar muito animados, muito felizes", declarou.

Um dos jogadores mais vencedores da história do CS:GO mundial, Fer chegou a ser eleito o terceiro melhor do mundo em 2017, ficando atrás, apenas do compatriota Marcelo "Coldzera" David, melhor do mundo naquela temporada, e Nikola "Niko" Kovac.

Em 2016, Fer foi peça fundamental na conquista dos dois Majors conquistados pelo Brasil naquele ano: a MLG Columbus, pela Luminosity, e a ESL One Cologne, pela SK Gaming. Além dos mundiais, Fer tem no currículo os títulos da 3ª e da 6ª temporada da ESL Pro League, da Intel Extreme Masters XII - Sydney, da Esports Championship Series: Season 3, da ESL One Cologne 2017, do EPICENTER 2017 e da BLAST Pro Series: Copenhagen 2017.

esports-csgo

ESL cogita Major de CS:GO no Rio em 2022 após conversas com a Valve

Mundial do FPS seria realzado em 2020, mas foi cancelado em função da pandemia de Covid-19

esports-csgo

CS:GO: Nak sai da aposentadoria e jogará pela MIBR na BLAST Premier Fall Groups

Jogador disputará competição no lugar de Chelo, que ainda se recupera de dores no pescoço e está impossibilitado de jogar

CS:GO: Jogador aplica adesivos avaliados em R$ 815 mil em M4A4 Howl

Colecionadores afirmam que existem apenas quatro armas do tipo com quatro stickers da iBUYPOWER

0

Mais Reportagens

14:42 CS:GO: Skin estimada em R$ 10 mil é vendida por apenas R$ 0,22
11:40 Fallen lança primeira coleção oficial de roupas de CS:GO em parceria com a Valve
15:46 Major de CS:GO: GODSENT, Pain e Sharks têm primeiros confrontos definidos
12:26 Ranking HLTV: Liquid e GODSENT sobem posições, FURIA e Pain caem
15:34 CS:GO: MIBR anuncia contratação de JOTA, ex-Bravos Gaming
13:28 FURIA se torna primeira org brasileira a se classificar para Mundiais de CS:GO, R6 e Valorant
11:00 Os 7 maiores jogadores brasileiros de CS:GO (até agora)
12:06 CS:GO: 00Nation anuncia Fer como novo jogador da equipe
19:02 CS:GO: 00Nation move LUCAS1 e HEN1 para o banco de reservas
13:50 Com nova lineup, MIBR sofre três eliminações no intervalo de três dias

Recomendados

Opinião: Melhor jogador de CS:GO do mundo, S1mple merece coroar carreira com um Major
Quantidade de torneios de CS:GO diminui atratividade de grandes eventos? Veja os números
"O time que eu estiver será o melhor" e outras frases marcantes da história do CS

Descubra guias

CS:GO: Comandos para treinar e como montar sua configuração
Todas as patentes e ranks do CS:GO
Dicionário CS:GO: O glossário completo de termos e gírias