Millenium / Artigos e reportagens de games / Fortnite Battle Royale /

Após caso contra Epic, Apple será forçada a permitir pagamentos em outros sistemas

Após caso contra Epic, Apple será forçada a permitir pagamentos em outros sistemas
0

A desenvolvedora de Fortnite promoveu uma mudança na plataforma, mas afirmou que "não é uma vitória"

Na última sexta-feira (10), um novo marco foi alcançado pelo caso Epic Games vs. Apple, com a decisão tomada por um tribunal do EUA de forçar a Apple a permitir que os desenvolvedores usem outros serviços de pagamento enviando os usuários a outras janelas, não como um sistema nativo.

A juíza Yvonne Gonzalez Rogers foi responsável pela decisão, que não atendeu ao apelo feito pela Epic Games cuja sugestão era de que a fabricante do iPhone "monopolizava" o mercado com a cobrança de 30% em cima do valor do produto oferecido ao consumidor.

Mesmo assim, Rogers acabou exigindo uma mudança nas regras da Apple que aumenta as possibilidades dos desenvolvedores, com a permissão de enviar usuários a outros serviços além App Store para pagamentos de transações referentes a aplicativos instalados em dispositivos iOS.

Muito sobre os próximos passos da Epic Games podem tomar corpo após as declarações de Tim Sweeney, presidente-executivo da empresa, que publicou em seu Twitter pessoal que "não foi uma vitória para os desenvolvedores nem para os consumidores":

Segundo ele, "A Epic está lutando por competição justa contra os métodos de pagamentos nativos para bilhões de consumidores", e "Fortnite voltará para a App Store apenas quando a Epic puder oferecer um método de pagamento nativo justo e competitivo, ajudando os clientes a pouparem".

Entenda o caso Epic vs. Apple

O embate entre as empresas começou em 13 de agosto de 2020, quando a Apple removeu Fortnite do catálogo de sua loja de aplicativos depois do enfrentamento da Epic, que disponibilizou uma segunda maneira de lidar com microtransações no jogo, que não incluía a taxa de 30% da App Store.

Pouco depois, a Apple retirou também o acesso dos desenvolvedores às ferramentas relacionadas a criações com a Unreal Engine, já que o motor gráfico também é propriedade da Epic Games, o que foi retaliado até por gigantes como a Microsoft.

Assim sendo, o o auge do desentendimento entre as empresas foi a falta de atualização de Fortnite em plataformas Apple, no caso iOS e macOS, que deixaram de receber qualquer conteúdo novo desde a Temporada 4 do battle royale.

Fortnite recebeu sua útima grande atualização nesta segunda-feira (13), com a chegada da Temporada 8 do Capítulo 2. Veja aqui todas as novidades e saiba o que está disponível no Passe de Batalha.

personalidades

9 influenciadores que poderiam receber uma skin da série Ícones em Fortnite

Depois de Ninja, Loserfruit e outras personalidades, pensamos em alguns nomes que também merecem um traje no battle royale da Epic Games

Fortnite receberá skin de Naruto na Temporada 8

A chegada de um traje do anime foi confirmada por Donald Mustard, executivo da Epic Games

0

Mais Reportagens

15:32 ESL e FACEIT passam por fusão e são adquiridas por R$ 8,2 bilhões
13:58 PogChamp, LUL, Kappa: O significado e origem dos memes dos esports
00:23 Torres Tortas retornam ao mapa de Fortnite
10:48 Rumores indicam Vi em Fortnite em novo crossover com League of Legends
12:11 Comunidade de Fortnite compara novos tornados com antigos do Salve o Mundo e cria memes
17:38 Fortnite pode receber Torres Tortas de volta no mapa do Capítulo 3
12:00 Overwatch e Fortnite estão entre os jogos mais procurados no Pornhub em 2021
10:54 Como pegar a picareta Cogumelo Crescente de graça no Fortnite
16:00 Jogador recria Ascent, mapa de Valorant, em Fortnite
17:16 Onde está o último presente de Natal de Fortnite? Epic Games está resolvendo

Recomendados

Loja de Itens de Fortnite hoje, todas as skins e mais
9 influenciadores que poderiam receber uma skin da série Ícones em Fortnite
As skins mais raras de Fortnite

Descubra guias

Lista de Celulares que rodam Fortnite [2021]; Requisitos mobile
Loja de Itens de Fortnite hoje, todas as skins e mais