Millenium / Artigos e reportagens de games / League of Legends /

Conheça os Rainbow Rioters, grupo de funcionários LGBTQIA+ da Riot

Conheça os Rainbow Rioters, grupo de funcionários LGBTQIA+ da Riot
0

Dana Luery Shaw, autora da primeira história homoafetiva de League of Legends, contou um pouco sobre o grupo

Já ouviu falar no termo Rainbow Rioters? Após entrevistarmos Dana Luery Shaw, escritora do time de narrativas da Riot Games e autora do conto Ascenda Comigo, para uma matéria especial sobre as campeãs de League of Legends Diana e Leona em apoio ao Dia Nacional da Representatividade Lésbica em 29 de agosto, tomamos conhecimento deste grupo de rioters e agora contamos mais sobre eles

Foto: Riot Games/Reprodução - League of Legends
Foto: Riot Games/Reprodução

De acordo com a própria definição da desenvolvedora os Rainbow Rioters são o grupo de funcionários LGBTQIA + da Riot Games. Eles possuem como missão promover comunidades inclusivas dentro da Riot além de ajudar os jogadores sub-representados a se sentirem seguros, valorizados e celebrados. 

A tradução literal de Rainbow Rioters é Rioters Arco-Íris, nomenclatura que faz alusão com a bandeira representativa do movimento LGBTQIA+.

Foto: Riot Games/Reprodução - League of Legends
Foto: Riot Games/Reprodução

A rioter Dana Luery Shaw, revelou na entrevista para o MGG Brasil que foram os Rainbow Rioters os responsáveis por apresentar a ideia da história que canonizasse Diana e Leona como o primeiro casal homoafetivo de League of Legends.

Fanart de Leona e Diana como um casal feita por Zoe ✦ Crowns — Arte: @crownsforkings/Twitter - League of Legends
Fanart de Leona e Diana como um casal feita por Zoe ✦ Crowns — Arte: @crownsforkings/Twitter

Ela contou que o grupo tem se esforçado para tornar o Orgulho LGBTQIA+ uma experiência mais profundamente significativa para os jogadores. Não apenas, a escritora comentou que eles também estão trabalhando incansavelmente para obter mais representatividade em todos os jogos da Riot.

Riot Games + Projeto It Gets Better

Em 2018 os Rainbow Rioters fizeram uma parceria com o Projeto It Gets Better em apoio ao Dia Nacional de Sair do Armário nos Estados Unidos. Compartilharam em vídeo suas vivências e experiências como pessoas LGBTQIA+. Confira na sequência, em inglês:

Neste ano de 2021 a Riot Games passou a implementar conteúdos gratuitos LGBTQIA+, como ícones do Orgulho no LoL, cards de jogador no Valorant, ícones, emotes e cartas representativas em Legends of Runeterra como Tyari e Shomi (personagens não-binários).

Não apenas, recentemente foi divulgado que Nami, a Conjuradora das Marés de League of Legends, é poliamorosa e bissexual.

Cards do Orgulho em Valorant — Foto: Riot Games/Reprodução - League of Legends
Cards do Orgulho em Valorant — Foto: Riot Games/Reprodução
Tyari e Shomi, personagens não-binários em cartas de LoR — Riot Games

Jogador programa bot para jogar de suporte no LoL e mostra resultado em live

A melhor sintonia entre atirador e suporte é a sua com você mesmo

Veja como seriam os campeões de LoL na vida real

Inteligência artificial transforma os rostos dos personagens do MOBA da Riot Games em algo real

Riot revela mudanças para a skin Thresh Liberto em League of Legends

Anúncio se deu após modificações na aparência in-game do Guardião das Correntes serem divulgadas no Wild Rift

0
Lorena de Araújo
Lorena de Araújo  - Redatora

Apaixonada por músicas emo e livros de terror, mono Senna nas horas vagas.

Mais Reportagens

18:48 Quem os personagens de LoL seriam em Stranger Things?
14:42 CBLOL 2022: "Bootcamp na Coreia salvou minha carreira", revela fNb
16:40 Wild Rift usa os mesmos recursos que o LoL de PC? Rioter explica
14:19 LoL: Os 5 melhores campeões que estão sempre quebrados e quase nenhum jogador usa
12:04 Arcane: Fã recria Piltover e Zaun com LEGO e o resultado é genial
11:04 CBLOL: Ranger ficará na reserva da FURIA por tempo indeterminado; Goot é titular
09:30 LoL: Swain mostra que só precisa de um botão para fazer o roubo de Barão perfeito
09:17 As duas características de Nilah que fazem dela uma das campeãs mais poderosas do LoL
17:46 LoL: Os 11 campeões com habilidades passivas mais OP
16:02 O acordo entre todos os elos: Bel'Veth é a campeã mais odiada do LoL em muitos anos

Recomendados

Guia do 2º split do CBLOL 2022: tabela, times, jogos, ingressos e mais informações
LoL: 4 vezes em que a Riot Games foi acusada de plágio
As maiores novidades do LoL: novas skins, campeões, reworks e mais

Descubra guias

Bel'Veth: Runas, build e guia da campeã de LoL para jogar na jungle
Quais são os campeões mais difíceis de se jogar em LoL?
LoL: Os 11 campeões com habilidades passivas mais OP