Millenium / Artigos e reportagens de games / League of Legends /

CBLOL: Pain consegue virada heroica sobre a LOUD e avança às semifinais

CBLOL: Pain consegue virada heroica sobre a LOUD e avança às semifinais
0

Em série emocionante e decidida somente no quinto jogo, atual vice-campeã brasileira reverteu desvantagem de 2 a 0 na série MD5 e encara o Flamengo na próxima fase

Em uma virada heroica, a Pain Gaming superou a LOUD e garantiu neste sábado (27) sua classificação para as semifinais do 1º Split do CBLOL 2021. Em uma série emocionante, a atual vice-campeã brasileira de League of Legends venceu a MD5 contra a LLL após perder os dois primeiros jogos da série MD5 e sacramentou e protagonizou o primeiro reverse sweep da história do CBLOL

A LLL começou domnante na partida e venceu os dois primeiros jogos sem dificuldades, mas viu a Pain reagir nas duas partidas seguintes e empatar a série em 2 a 2. No jogo decisivo, a Pain impôs um ritmo forte no early game, e mesmo com a LOUD tentando uma reação, concretizou a virada para 3 a 2. No próximo sábado, a Pain encara o Flamengo, time de melhor campanha da fase regular, por uma vaga na grande decisão.

O jogo

No primeiro jogo da série, a LOUD se mostrou mais sólida desde o começo da partida, levando a melhor tanto nas team fights quando na conquista de objetivos. Aos 23 minutos de jogo, a equipe de Rodrigo "Tay" Panisa e Matheus "Dynquedo" Rossini já tinha quase 9 mil em vantagem de ouro, 15 a 4 em abates, três dos quatro dragões e um abate de Barão a seu favor.

Na team fight seguinte, porém, a Pain levou a melhor sobre a LOUD, vencendo por 3 abates a 2, e deu a impressão de que reagiria na partida. Contudo, Felipe "brTT" Gonçalves e companhia investiram seus esforços para impedir que a LLL pegasse a alma do Dragão Infernal, mas deixaram a própria base exposta. O topo Leonardo "Robo" Souza ainda tentou evitar a destruição das últimas torres que protegiam o Nexus, mas a LOUD levou a melhor e abriu 1 a 0 na série MD5.

Na segunda partida, o duelo foi equilibrado até os 24 minutos, quando na batalha pelo Barão a LOUD conseguiu eliminar quatro jogadores da Pain e utilizou a vitória na team fight para abrir cada vez mais vantagem.

A atual vice-campeã brasileira ainda conseguiu segurar o ímpeto dos rivais por muito tempo e alongou a partida, mas a vantagem de ouro e abates da LLL continuou crescendo até que, aos 42 minutos de jogo, Igor "DudsTheBoy" Lima e seus companheiros ganharam mais uma team fight, partiram para a destruição do Nexus da Pain e abriram 2 a 0 na série.

No terceiro jogo da série, a Pain finalmente reagiu. Com uma atuação inspirada de Thiago "Tinowns" Sartori E e brTT, a equipe teve um early game superior e levou a melhor na maioria das team fights. No mid game, a LOUD reagiu e deu a impressão de que arrancaria para fechar a série em 3 a 0. Contudo, a PNG contou com um flanco fundamental de Marcos "CarioK" Santos em cima de DudsTheBoy para sua equipe ganhar uma team fight fundamental e finalmente arrancar para a vitória e diminuir a desvantagem na série para 2 a 1.

O quarto jogo foi dominado pela Pain do início ao fim. Levando a melhor na maioria das lutas e sempre conquistando os principais objetivos, como os Dragões e o Barão, Robo e seus companheiros sacramentaram a vitória aos 24 minutos de jogo, quando venceram mais uma team fight, conquistaram a alma Infernal, o Barão e partiram para vitória, empatando a série em 2 a 2.

O confronto decisivo da série foi também o mais emocionante. Após a Pain ter um early game melhor e abrir grande vantagem de ouro, a LOUD passou o restante da partida tentando equlibrar a partida. A equipe de Tay e Dynquedo chegou esboçar uma reação e empatou o placar de abates, mas a PNG retomou o controle da partida, concretizou o "reverse sweep" e sacramentou sua vaga nas semifinais.

Jogador transforma LoL em jogo de ritmo e deixa Ambition sem palavras

Imagine como seria o LoL se ao invés do Nexus para derrubar, você precisasse sincronizar as habilidades dos campeões com o ritmo de alguma música

Hecarim, Rell, Udyr e mais campeões serão nerfados na atualização 11.7 de LoL

No lado dos buffs, Kindred, Yasuo e Yorick estão nos holofotes para mudanças positivas, enquanto o item Quimiotanque Turbo receberá ajustes

Versão original da passiva do Ekko no LoL era extremamente forte

O Rioter August publicou em seu Twitter a versão original da passiva do Ekko, que nunca chegou ao jogo, o que é ótimo, porque ela era roubadíssima

0
Gabriel SALES
Gabriel Sales

Jornalista apaixonado por games desde o jardim de infância e fã de quase todo tipo de RPG, especialmente os da série Chrono. Nos esports, shooters e jogos de luta são minhas maiores paixões, mas abraço qualquer jogo com uma cena competitiva pulsante.

Mais Reportagens

19:06 Ekko: Runas, builds e guia do campeão do LoL para jogar no meio
17:15 Este duo de campeãs do LoL está destruindo a SoloQ
15:18 CBLOL: "Vocês estão muito em choque", diz Dynquedo sobre reações da torcida da paiN
11:54 ChatGPT saudosista: Para IA, brTT ainda é o melhor ADC do Brasil
11:43 Pro players de LoL ignoram proibição da Riot Games e causam polêmica no competitivo
09:11 Solução LoLdle 2 de fevereiro: "Anyone got a match?", classic, skill, splash, emoji e mais
19:06 Rammus: Runas, builds e guia do campeão do LoL para jogar como caçador
17:06 Prévia do patch 13.3 do LoL revela buffs para suportes tanques, nerf para K'Sante e mais
16:54 Darius: Runas, builds e guia do campeão do LoL para jogar no topo
13:25 Shen: Runas, build e guia do campeão de LoL para jogar no top

Recomendados

Guia do 1º split do CBLOL 2023: tabela, times, jogos, ingressos e mais informações
Tier list 13.1b e guia dos melhores campeões de LoL
7 curiosidades sobre League of Legends que você não conhecia

Descubra guias

Tier list 13.1b e guia dos melhores campeões de LoL
Mordekaiser: Runas, builds e guia do campeão de LoL para jogar no topo
Darius: Runas, builds e guia do campeão do LoL para jogar no topo