Menu
Millenium / Artigos e reportagens de games / League of Legends /

LoL: Artista brasileira cria boyband com Aphelios, Sett, Ezreal e Kayn

LoL: Artista brasileira cria boyband com Aphelios, Sett, Ezreal e Kayn
0

Riot Games, a comunidade de League of Legends clama por uma boyband composta por Aphelios, Sett, Kayn e Ezreal

LoL: Artista brasileira cria boyband com Aphelios, Sett, Ezreal e Kayn

Os grupos musicais K/DA, Pentakill e True Damage são um sucesso entre a comunidade de League of Legends. Pensando neles, a artista brasileira Yasmin "Mango" criou uma boyband com alguns dos campeões mais queridos do LoL: Aphelios, Sett, Ezreal e Kayn.

A ilustração feita por Mango mostra que os integrantes da "Lethal Tempo" estão tocando e compondo algumas músicas, mas de acordo com ela, eles acabaram se distraindo um pouco:

Foto: Yasmin
Foto: Yasmin "Mango"/Twitter/Reprodução

Na ilustração de Yasmin é possível notas várias referências a outros grupos musicais e personagens de League of Legends.

Sett, por exemplo, está vestindo uma camiseta da banda Pentakill, enquanto é possível ver um boné do grupo K/DA ao fundo. No notebook ao lado da caixa, está a splash art que reúne os campeões que possuem skins Academia de Batalha. Ao fundo, também é possível observar pôsteres do grupo True Damage.

Yasmin costuma fazer diversas ilustrações relacionadas ao universo do LoL. Você pode acompanhar o trabalho da artista no Twitter, Instagram e Tumblr.

Segundo a ilustradora, a ideia de criar essa banda surgiu da admiração pelos grupos musicais que a própria Riot Games desenvolveu, e que refletem no trabalho da ilustradora como mostrado acima.

"Eu sou uma grande fã do trabalho que a Riot fez com as outras bandas, especialmente a K/DA e seu novo EP ano passado. A oportunidade de ver esses campeões que nós amamos tanto se envolverem em nosso universo desse jeito traz um nível de "imersão" que eu adoro ver e sentir, é algo único e diferente de apenas personagens em um jogo de fantasia. Eu criei a Lethal Tempo inspirada nisso, na vontade de ver os campeões que eu mais amo em nosso universo, imaginar como eles iriam interagir com nosso mundo e entre si. É legal fantasiar sobre como eles seriam caso não estivessem sempre brigando pelo Nexus ou lutando em Runeterra, e pudessem viver vidas cotidianas e curtir um som".

Ao MGG Brasil, Yasmin contou que a escolha dos campeões da banda foi baseada em favoritismo e no que a comunidade de LoL espera do amplo universo que é Runeterra e seus diversos personagens. 

"Todos amamos a Pentakill e a True Damage, mas há algo diferente em imaginar a interação e dinâmica entre campeões da mesma faixa etária e com personalidades tão diferentes em uma banda - é um dos motivos das meninas da K/DA serem tão amadas, elas incorporam isso. Da mesma forma, o universo da banda poderia ser uma boa oportunidade de expandir o que já conhecemos sobre os meninos na lore: como a Alune e o Aphelios iriam se encaixar na banda e se ele seria capaz de falar nesse universo, por exemplo".

Yasmin afirma que a ideia inicial da Lethal tempo "foi totalmente voltada e inspirada em um aspecto boyband", mas que hoje, ela tem vontade de fazer o grupo seguir pelo caminho do rock clássico. Ainda assim, segundo ela, cada integrante gosta de um estilo musical diferente.

"O Ezreal é mais chegado a pop e indie, enquanto o Sett curte rock e metal (grande fã da Pentakill). Eles tentam encontrar um meio termo, mas de vez em quando deixam seus favoritismos aparecerem e isso traz uma maior personalidade às suas músicas".

Todas os grupos musicais da Riot possuem seu próprio contexto e lore, com a Lethal Tempo isso não é diferente, confira a história que Yasmin criou para a banda:

"Os primeiros integrantes da banda seriam Ezreal e Kayn, que, nesse universo, são estudantes que decidem entrar no mundo da música seguindo suas inspirações: True Damage e K/DA, respectivamente. Eles começam de maneira casual, e logo se juntam aos seus outros dois integrantes, Aphelios e Sett, formando a pequena banda de garagem que é o fundamento da Lethal Tempo.

A jornada deles em direção à fama é similar à do sonho de muitos que já se imaginaram no ramo da música, e algo que eu gostaria de ver mais nas bandas do LoL, um crescimento ao estrelato como grupo – apesar de já termos tido jornadas individuais, como o Ekko e a Seraphine. Adoro imaginá-los ganhando popularidade aos poucos, conhecendo seus ídolos, e até mesmo fazendo collabs com alguns rostos novos e familiares (digamos que o Yasuo resolveu dar um passeio da True Damage para ajudar uns colegas com umas músicas, e trouxe Yone, produtor musical solo e seu irmão nas horas vagas, junto)".

Na última sexta-feira (8), a Riot Games confirmou Viego, o Rei Destruído como um novo personagem do LoL e a comunidade foi à loucura com o visual do campeão, considerado por muitos como "emo" e "gótico".

Ao ser questionada sobre uma possível adição de Viego ao seu universo alternativo da Lethal Tempo, Yasmin se mostrou animada com esta já tão amada parceria musical.

"Estou de olhos abertos para o lindíssimo do Viego há muito tempo! Apesar de sentir que ele poderia encaixar melhor com a Pentakill, um collab com a Lethal Tempo seria algo que eu adoraria explorar. O ar emo dele pode trazer um toque diferente às músicas, vai que ele escreve uma em especial para o amor perdido dele? Só espero que ele não cause rixa entre a Lethal Tempo e a True Damage, com os probleminhas que ele tem com a Senna".

Seguida por mais de 3 mil pessoas no Twitter, é principalmente por lá que a Yasmin compartilha suas ilustrações. Para ela, unir as paixões pelo LoL e pela arte é uma maneira incrível de se expressar.

"Eu desenho desde que me entendo por gente, sempre foi uma paixão minha e um jeito de me expressar. Comecei a jogar LoL por volta de 2012 e me apaixonei pelos campeões e suas histórias. Eu adoro universos de fantasia, e Runeterra é um universo tão rico e diverso, exatamente do tipo que me instiga a imaginar e querer conhecer mais. A paixão pelo desenho e a paixão por esse mundo se juntarem era algo natural de acontecer mais cedo ou mais tarde. Hoje em dia, fico feliz e orgulhosa de ter conseguido criar uma plataforma onde posso postar e expressar minha imaginação e paixão por esse universo, e dividi-las com outras pessoas".

Cosplayers brasileiras do grupo K/DA são as próprias patroas do LoL

O cosplayer e cosmaker Leon Martins deu vida à Evelynn, Kai'Sa, Ahri, Akali e Seraphine brasileiras

Cosplay de Seraphine K/DA All Out choca pela semelhança com a campeã do LoL

Parece que a Seraphine cansou de Summoner's Rift e resolveu vir para o mundo real. Confira como a cosplayer é parecida com a campeão de League of Legends

0

Mais Reportagens

19:15 CBLOL 2021: "O LoL que ele mostra é diferente", diz Titan sobre técnico da RED
18:40 CBLOL 2021: "Nos treinos já vimos que não estávamos tão preparados", diz Tinowns sobre paiN
17:41 CBLOL 2021: "Meu trabalho é me manter no auge", diz RedBert sobre FLA
15:49 CBLOL 2021: "Esse time foi escolhido a dedo para ser o melhor do Brasil", diz Duds sobre LOUD
15:04 CBLOL 2021: "5 pessoas estão jogando individualmente, não temos um time", diz Maestro
14:27 Djoko é o novo coordenador da Peneira Preparando Campeões da CNB
18:29 CBLOL 2021: "Estamos conflitantes sobre como fazer as coisas", diz Maestro após derrota da INTZ
16:14 CBLOL 2021: "Jogar pela LOUD é uma sensação única", diz Dynquedo
16:00 Este conceito de skin Rainha de Batalha para Miss Fortune é perfeito
15:33 CBLOL 2021: Pain teve que cancelar parte de treino porque brTT está doente

Recomendados

Tabela, times, calendário, transmissão e mais sobre o CBLOL 2021
Retrospectiva do LoL em 2020: Franquia no CBLoL, superação e aposentadorias
LoL: Tudo sobre o passe Rainhas de Batalha e suas missões

Descubra guias

Escalações do 1º split do CBLoL 2021 e Academy
Tabela, times, calendário, transmissão e mais sobre o CBLOL 2021
Hecarim: Runas, build e guia do campeão de LoL