Millenium / Artigos e reportagens de games / Dota 2 /

Dota 2: Com novo formato, Dota Pro Circuit recomeça em 18 de janeiro

Dota 2: Com novo formato, Dota Pro Circuit recomeça em 18 de janeiro
0

Circuito competitivo do MOBA da Valve contará com Minors regionais e Majors reunindo os melhores times de seis diferentes partes do mundo

Dota 2: Com novo formato, Dota Pro Circuit recomeça em 18 de janeiro

No último dia de 2020, a Valve publicou no blog oficial de Dota 2 o calendário competitivo do Dota Pro Circuit 2021, que passou por uma série de modificações e terá um novo formato a partir deste ano. Agora, todas as seis ligas competitivas do MOBA (América do Norte, América do Sul, Europa, Comunidade dos Estados Independentes, Sudeste Asiático e China) terão uma liga regional, que será separada numa divisão superior e uma divisão inferior. As primeiras partidas da nova temporada começam no dia 18 de janeiro.

Neste novo formato, todas as ligas irão competir ao longo de seis semanas, e as melhores garantem vaga no Dota Pro Circuit Major, que contará com 18 vagas, sendo quatro para a Europa, quatro para a China, três para o Sudeste Asiático, três para a Comunidade dos Estados Independentes, duas para a América do Norte e duas para a América do Sul.

Ao todo, serão dois Majors ao longo de 2021, o que significa que, ao fim de cada torneio internacional, as equipes voltam a disputar suas ligas locais. A segunda temporada das ligas regionais começa no dia 13 de abril. Já a primeira edição do Major será realizada a partir de 25 de março, e a segunda, no dia 2 de junho. Cada temporada das divisões superiores terá premiação total US$ 205 mil (R$ 1,09 milhão) por região, e as divisões inferiores, US$ 75 mil (R$ 397 mil). Já os Majors terão premiação de US$ 500 mil (R$ 2,65 milhões) em cada edição.

Ao fim da temporada das ligas regionais e dos Majors, será disputado o evento mais importante do calendário competitivo de Dota 2, o The International, que terá premiação total de US$ 40 milhões (R$ 212 milhões) e está previsto para ser realizado em Estocolmo, na Suécia. Em 2020, em função da pandemia de Covid-19, o evento acabou suspenso.

O sistema de ligas regionais também contará com promoções e rebaixamentos, com os dois piores times da divisão superior sendo rebaixados e os dois melhores das divisões inferiores sendo promovidos à elite. Nesta primeira edição, 18 times convidados pela Valve farão parte da divisão superior, devido ao desempenho esportivo apresentado em competições recentes e histórico no Dota 2. Na divisão sul-americana, a SG E-Sports é a única equipe brasileira convidada, e terá a companhia de três equipes peruanas: Infamous, top 8 no The International 2019, Thunder Predator e Beastcoast.

Na Europa, OG, atual bicampeã mundial, Team Liquid, vencedora do The International 2017, quarta colocada no The International 2019 e dona de sete Majors de Dota 2, e Team Nigma, receberam os convites diretos. Na China, PSG LGD, top 3 nas últimas duas edições do The International e quatro vezes campeã de Majors, terá a companhia de Vici Gaming, vice-campeã mundial em 2014 e dona de cinco Majors, EHOME, vice-campeã mundial no primeiro International, e Elephant.

A Comunidade dos Estados Independentes terá Na'Vi, primeira campeã mundial de Dota 2, vice-campeã do International em 2012 e 2013 e dona de quatro Majors, Virtus Pro, seis vezes campeã de Major, Team Spirit e Live to Win. O Sudeste Asiático será representado por Fnatic, TNC Predator, T1 e Boom. Já a América do Norte terá a Evil Geniuses, campeã mundial em 2015 e cinco vezes campeã de Majors, Quincy Crew, campeã de oito eventos regionais de Dota na América em 2020, 4 Zommers e Sadboys.

esports

Newbee é banida para sempre do competitivo de Dota 2 por manipulação de resultados

Segundo insider Wykrhm Reddy, equipe campeã mundial em 2014 foi punida por combinação de resultados no cenário chinês do MOBA. Jogadores também foram banidos

esports

Os 10 jogos com as maiores premiações nos esports em 2020

Mesmo sem campeonatos mundiais no ano passado, CS:GO e Dota 2, ambos da Valve, ocupam as duas primeiras posições do pódio, à frente de títulos como LoL, Fortnite e Call of Duty

esports

Brasileiros duster, RdO e Sexyfat jogarão ao lado de Dendi na B8

Considerado um dos grandes jogadores de Dota 2 dos últimos tempos, Dendi e sua organização B8 contratam os brasileiros Duster, RdO e Sexyfat

0

Mais Reportagens

15:46 Dota 2: The International 2021 terá três equipes sul-americanas
11:00 Conheça as maiores viradas da história dos esports
11:00 Nove veteranos dos esports que continuam jogando em alto nível
16:57 Dota 2: The International 2021 é anunciado para agosto, na Suécia
11:57 Netflix confirma segunda temporada de Dota: Dragon's Blood
16:00 Jogadores e times que colocaram seus países no mapa dos esports
14:14 Documentário sobre o primeiro The International de Dota chegará à Netflix
19:54 Qual é o futuro das loot boxes no Brasil?
14:57 DOTA foi o jogo mais comentado por usuários do Tinder em março
15:24 Trailer de lançamento do anime de Dota chega ao som de Basshunter

Recomendados

Conheça as maiores viradas da história dos esports
Afrogames e a luta coletiva de jovens negros por mais oportunidades nos games
Exposed nos esports: como denunciar e agir diante de casos de violência sexual

Descubra guias

Os maiores influenciadores de Free Fire, o battle royale da Garena