Millenium / Artigos e reportagens de games / Valorant /

Valorant First Strike: Pain Gaming vence Imperial e encara a Havan Liberty na semifinal

Valorant First Strike: Pain Gaming vence Imperial e encara a Havan Liberty na semifinal
0

Em duelo equilibrado nos dois primeiros mapas, equipe de Veroneze avançou no torneio após partida dominante na Split

Valorant First Strike: Pain Gaming vence Imperial e encara a Havan Liberty na semifinal

A Pain é a quarta semifinalista do Valorant First Strike. Em duelo nesta sexta-feira, a equipe contou com atuações inspiradas da dupla Matheuzin e Veroneze para bater a Imperial por 2 a 1 em mapas: 13 x 10 na Bind, 10 x 13 na Haven e 13 x 4 na Split.

Com o resultado, a Pain enfrentará a Havan Liberty, que avançou à semi após a desclassificação da Vorax Fusion por dois casos de Covid-19 no elenco. O duelo entre as equipes acontece após a partida entre Gamelanders e B4, que se enfrentam às 17h deste sábado (5).

Confira como foi o jogo:

Pain Gaming

Imperial

Murillo "murizzz" Tuchtenhagen

Arthur "tuyz" Andrade

Vinícius "Veroneze" Ribeiro

Kayke "Evilkyk" Arrais

Vitor "kon4n" Hugo

Lucas "rsT" Franco

Matheus "Matheuzin" Brit

João Victor "Biscoit1n" Vieira

André "Txozin" Saidel

Sergio "Txddy" Francisco

Mapa 1 - Bind

No primeiro mapa da noite, a Imperial começou melhor atuando na defesa e parecia que conseguiria fechar a primeira metade com uma boa vantagem após abrir um 6 a 2 e boa atuação de txddy. A partir da nona rodada, porém, a Pain encaixou melhor suas rotações no ataque, levou a melhor em quase todas as trocações e conseguiu fechar a primeira metade com um 6 a 6.

Na troca de lados, a Imperial levou a melhor no pistol round e freou o embalo da Pain e aproveitou a vantagem de armamento na rodada seguinte para abrir 8 a 6. Na sequência, a equipe de murizzz respondeu bem em seu armado completo e contou com um abate triplo de Matheuzin para diminuir para 8 a 7.

Com a vantagem de armamento, a Pain buscou o empate, e a virada após um a equipe de murizzz conseguir desarmar o plant da Spike restando apenas 2 segundos. Com o armado completo, a Imperial levou a melhor nas trocações, conseguiu o plant e chegou ao 9 a 9 sem perder nenhum jogador, forçando a Pain a guardar seu armamento e pedir um pause tático.

A Imperial retomou a dianteira ao conseguir um plant rápido sem perder jogadores e impedir o retake da Pain sem perder jogadores e levar todos os jogadores rivais sofrendo apenas uma baixa.

A partida continuou equilibrada, e Veroneze conseguiu um abate duplo para dar a vantagem numérica à Pain, que conseguiu o defuse da Spike. A virada veio num round praticamente perfeito, com abate duplo de Murizz ainda no começo do 21º round.

Melhor nas rodadas finais, a Pain levou a melhor nas trocações e fechou o mapa em 13 a 10 na Bind graças a um abate duplo quando restavam apenas dois jogadores de cada equipe.

Mapa 2 - Haven

O pistol round começou com ampla vantagem da Imperial, que chegou a abrir 5 x 2, mas Veroneze e Matheuzin fizeram um plant improvável e conseguiram abater todos os jogadores rivais para abrir 1 a 0. Mesmo com desvantagem de armamento, a Imperial conseguiu o empate levando a melhor nas trocações, e aproveitou a vantagem de armamento na terceira rodada para abrir 2 a 1.

A Pain aproveitou bem a volta do armado para empatar com mais uma participação decisiva de Matheuzin, e a virada veio graças a um abate quádruplo de Veroneze. Levando a melhor nas trocações, a a equipe de murizzz aproveitou o embalo e rapidamente abriu 5 a 2.

No oitavo round, a Imperial conseguiu dois abates logo de cara, mas sofreu a virada nas eliminações e precisou de um clutch de Evilkyk, que conseguiu dois abates e o defuse da Spike, para diminuir o placar para 5 a 3, e aproveitou o embalo para encostar para garantir o quarto ponto na rodada seguinte.

Em um round mais lento que os demais, o avanço mais cadenciado da Pain não surpreendeu a Imperial, que garantiu o empate sem sofrer abates. Na décima primeira rodada, o time de murizz freou a reação dos rivais com um avanço seguro pela A e abriu 6 a 5.

No último round antes da troca de lados, o show foi todo de Veroneze, que derrubou todos os jogadores da Imperial para garantir o Ace e o 7 a 5 para a PNG.

No pistol, a Imperial levou a melhor sem grandes dificuldades e e aproveitou bem a vantagem de armamento na rodada seguinte para empatar o jogo. Embalada, a equipe de Biscoit1n levou os dois rounds seguintes e abriu 9 a 7.

A Pain freou a sequência de quatro rounds dos rivais com um retake, e logo na sequência buscou o empate, e a virada veio após um novo defuse da Spike plantada pela Imperial, que pediu o pause tático.

Na volta, a PNG começou melhor com um abate de Murizz, mas a Imperial conseguiu o Plant da Spike e impediu o retake dos rivais, e conseguiu a virada com um round seguro e forçando a Pain a guardar três armas após não conseguir impedir o plant. Na sequência, o time de Evilkyk, principal destaque destaque da Imperial no mapa, levou a melhor nas trocações e chegou ao map point.

Com um avanço rápido no Spike site C, a Imperial eliminou os jogadores da Pain um a um fechou a Haven também por 13 a 10, devolvendo o placar da Bind.

Evilkyk foi o grande destaque da Imperial no segundo mapa (Foto: Bruno Alvares/Divulgação Riot Games) - Valorant
Evilkyk foi o grande destaque da Imperial no segundo mapa (Foto: Bruno Alvares/Divulgação Riot Games)

Mapa 3 - Split

O terceiro e decisivo mapa começou melhor para a Pain, que levou a melhor nas trocações do pistol round, garantiu o plant na B e abriu 1 a 0. Na sequência, a equipe aproveitou o round 100% econômico da Imperial para ampliar a vantagem.

Na terceira rodada, a Pain abriu 4 x 1, mas garantiu o 3 a 0 no placar por pouco, pois rsT quase garantiu o clutch. No forçado da Imperial, a equipe de Murizzz levou a melhor no forçado dos rivais e rapidamente abriu 4 a 0.

Com o armamento completo na quinta rodada, a Imperial conquistou seu primeiro ponto na Split, mas a Pain respondeu logo em seguida, com um plant limpo no Spike site A e eliminando todos os jogadores rivais, forçando o pause tático adversário. Na volta, a PNG continuou melhor no ataque e abriu 6 a 1.

Conseguindo avanços seguros nos bomb sites e sempre levando a vantagem nas trocações, a Pain seguiu dominante no ataque e fechou a primeira com um sólido 10 a 2, com direito a um belo clutch de Veroneze em cima de Biscoit1n antes da troca de lados.

No pistol, a PNG ganhou mais um clutch, dessa vez com Murizz, que garantiu o defuse da Spike e abriu 11 a 2. A Imperial se manteve viva no jogo ao ganhar no round forçado, diminuindo para 11 a 3 e aproveitou a quebra econômica imposta sobre os rivais para chegar ao quarto ponto e se manter viva no jogo.

A Pain chegou ao match point com um show de Kon4n. Após a Imperial garantir o plant sem perder nenhum jogador, o jogador da PNG garantiu um abate quádruplo e o defuse da Spike para sua equipe. Na sequência, o time de murizz aproveitou o primeiro match point para fechar o jogo e garantir a vaga na semifinal do First Strike.

O campeonato

A etapa presencial do First Strike chegou e acontece de 3 a 6 de dezembro. O campeonato é considerado o mais importante do ano, já que é o primeiro oficial da Riot Games na história do jogo. Por lá sete equipes - Gamelanders, Fusion, paiN Gaming, B4 eSports, Havan Liberty, Imperial, INGAMING e Nimo oNe - disputam o título e a maior parte da premiação de R$ 200 mil.

Assista ao vivo em:

esports-valorant

Gamelanders vence INGAMING e vai à semifinal do Valorant First Strike Brasil

A Gamelanders é a primeira semifinalista do Valorant First Strike Brasil

esports-valorant

Valorant First Strike: B4 atropela Nimo One e avança à semifinal

Com show de xand, equipe confirmou favoritismo sobre rivais, com direito a um 13 a 0 no mapa Ascent

0

Mais Reportagens

10:00 Streamer de nível Radiante é banido ao vivo de Valorant pelo Riot Vanguard
19:34 Organização britânica anuncia line-up feminina brasileira de Valorant
17:22 Aim Lab: Como usar para treinar mira no Valorant, CS:GO e outros jogos de tiro
12:21 Valorant: Atualização 2.07 traz buff em Astra e mudanças em Viper e Raze
12:00 Valorant: Sentinels negocia com Cloud9 extensão do empréstimo de TenZ
14:00 Valkyrae e CouRageJD se tornam coproprietários da 100 Thieves
18:01 Valorant: Bug permite que jogadores ativem câmera de Cypher no ar
19:54 Qual é o futuro das loot boxes no Brasil?
11:44 Com INTZ, Gamelanders e mais, participantes do Girl Pwr Valorant são definidos
19:04 Valorant: Gamelanders, Havan, Ingaming e SEMORGAINDA garantem vaga no VCT Challengers

Recomendados

Aim Lab: Como usar para treinar mira no Valorant, CS:GO e outros jogos de tiro
Por que Valorant conquistou jogadores de diversas comunidades diferentes

Descubra guias

Aim Lab: Como usar para treinar mira no Valorant, CS:GO e outros jogos de tiro
4 jogos viciantes que os pro players usam para treinar
Tudo sobre elos e o sistema de partidas ranqueadas