Millenium / Artigos e reportagens de games /

Conheça a Kick, plataforma que almeja "roubar" o lugar da Twitch

Conheça a Kick, plataforma que almeja "roubar" o lugar da Twitch
0

Plataforma atrai criadores de conteúdo que discordam das novas políticas do serviço da Amazon

Conheça a Kick, plataforma que almeja 'roubar' o lugar da Twitch

A plataforma Kick é a mais nova polêmica da comunidade de jogos eletrônicos. Isso porque o novo serviço de streaming, que ainda está em fase beta de testes, vem sendo uma alternativa para streamers pequenos, médios e até os já consolidados que buscam sair da Twitch ou do YouTube por diversos motivos. 

Sabemos que não é a primeira vez que um novo serviço de streaming ao vivo busca rivalizar com as gigantes do mercado, prometendo solucionar os contratempos que os criadores de conteúdo encontram em outras plataformas. 

Após a Twitch anunciar mudanças em suas diretrizes de serviço, muitos criadores de conteúdo que discordaram da nova política começaram um movimento para migrar para outras plataformas. E foi a partir desse cenário que a Kick voltou a dar o que falar e a atrair streamers consolidados. 

Sobre a Kick

Millenium

A plataforma foi oficialmente lançada para o público no dia 1º de dezembro de 2022 e, desde então, observa seu público aumentar de forma gradual. Com a promessa inicial de reter apenas 5% dos lucros do criador de conteúdo e ter menos regras, a Kick rapidamente se destacou como uma plataforma mais "liberal" do que a Twitch. 

Além das regras de banimento menos severas, a Kick também se porta de forma mais branda com os requerimentos para se tornar um "afiliado". A plataforma pretende implementar os seguintes requisitos para os streamers se tornarem parceiros:

  • Alcançar 75 seguidores 
  • Transmitir por um total de 6 horas

Monetização

A plataforma promete entregar 95% do que o streamer produziu por mês - ou seja, um acordo de 95/5. Sendo assim, a divisão de ganho/retenção é maior do que a do YouTube, de 70/30, e a da Twitch, de 50/50. 

A Kick também estará implementando as seguintes regras para que o criador esteja apto a receber retorno financeiro pelo conteúdo produzido:

  • Estar acordado e interagindo com o chat;
  • Transmitir por um total de 4 horas e 30 dias ao mês;
  • Sempre mostrar o seu rosto na transmissão.

Lembre-se que a Kick ainda não implementou as regras de transmissão ao vivo e monetização citadas acima: a plataforma, porém, já está permitindo a retirada diária de dinheiro caso você já tenha acumulado no mínimo $ 10. 

O que eu posso streamar na Kick?

Assim como na Twitch, é possível transmitir diversos jogos ou apenas realizar transmissões ao vivo conversando com o chat. Sendo assim, é possível criar conteúdo ao vivo em cima das seguintes categorias:

  • Jogos
  • Vida Real
  • Apostas (+18)
  • Criatividade 
  • Conteúdo Alternativo

Streamers que já migraram 

No meio de centenas de criadores de conteúdo que já começaram suas trajetórias na Kick, os streamers Félix "xQc" Lengyel e Kaitlyn "Amouranth" Siragusa, gigantes da Twitch, foram os que mais fizeram barulho para o novo serviço até o momento.

Os dois influenciadores assinaram contratos milionários com a plataforma e devem atuar como "a cara" da Kick pelos próximos meses, mesmo que não haja pedidos de exclusividade nas transmissões. Sendo assim, é provável que o público produtor e consumidor do serviço aumente rapidamente, comc ada vez mais usuários se sentindo confortáveis e seguros para migrar de plataforma.

Ao todo, a Kick já conta com mais de 1 milhão de usuários ativos. 

Quem são os donos da Kick?

A plataforma foi representada publicamente pelo influenciador Tyler "Trainwreck" Niknam, que tinha sua imagem atrelada com a plataforma de apostas online Stake. Ele foi um dos primeiros a estrear na Kick como criador de conteúdo após a Stake ser banida da Twitch e, por isso,, rumores surgiram de que o cassino australiano estaria por trás da Kick. 

O boato cresceu após usuários terem descoberto que um dos principais investidores da Kick é o próprio Ed Craven, co-fundador da Stake ao lado de Bijan Tehrani. No entanto, ainda não é possível afirmar se os dois são apenas investidores-anjo ou fundadores da plataforma dada a falta de veracidade ao redor das informações compartilhadas sobre a Kick. 

A Kick é confiável?

Toda e qualquer informação oficial disponível virtualmente sobre a plataforma está concentrada nas regras de serviço e comunidade publicadas pela empresa em seu site oficial. Ainda que muitas informações sobre monetização e parceiros tenham sido divulgadas como planos futuros, detalhes como quem está por trás da plataforma e como será o programa de criadores ainda estão em aberto. 

Sendo assim, não é possível afirmar que a Kick é mais ou menos confiável do que as outras plataformas de transmissões ao vivo disponíveis na internet. O serviço ainda está em seus estágios iniciais e, por isso, é provável que muitas características dele ainda sejam tratadas de forma pessoal e um tanto amadora - cenário que pode ser revertido caso a empresa passe a "abrigar" cada vez mais criadores de conteúdo. 

Evercore Heroes: Beta fechado do PvE para PC está disponível; saiba tudo sobre o jogo

Vela Games libera beta fechado de Evercore Heroes, seu PvE de estreia, mediante compra de um dos Pacotes do game

FURIA tem retorno positivo de FalleN, mas teria oferecido valor baixo à Imperial; diz site

De acordo com apurações, a reunião entre a organização e o atleta teria apresentado bons resultados, e o bicampeão mundial parece interessado em jogar pelo novo time. Negociações seguem em andamento

Jogador cria desafio muito específico para zerar Pokémon e pode durar até 2025

Completar o Pokédex às vezes pode ser muito difícil, mas há formas de complicar ainda mais a tarefa. Um fã do game tem jogado por longas horas em busca de finalizá-lo sob suas próprias regras

0
Maria Eduarda Cury
Maria Eduarda Cury  - Redatora

Jornalista, apaixonada pelo estudo da cultura digital, jogos competitivos e filmes de terror. 

Mais Reportagens

11:44 Ubisoft Foward 2024: Assassin's Creed Shadows, Star Wars Outlaws e remake de Prince of Persia: The Sands of Time! Confira tudo o que rolou na conferência
12:02 MMORPG League of Angels: Pact já está disponível no Brasil
18:38 O guia definitivo da Esports World Cup: de 3 de julho a 25 de agosto
18:15 Times brasileiros entram em programa de apoio financeiro da Esports World Cup; confira lista completa.
18:15 Esports World Cup 2024 terá Mobile Legends: Bang Bang, Counter-Strike 2, Dota 2, Honor of Kings e StarCraft II
18:14 Mobile Legends: Bang Bang, MOBA de sucesso nos celulares, é o primeiro título anunciado da Esports World Cup 2024
18:14 Esports World Cup terá primeira edição disputada Riad, em 2024
16:03 Esports World Cup terá premiação total marcante de US$ 60 milhões
12:23 Lançamento de Eternal Fury 3 Brasil traz eventos temáticos do BARÇA e recompensas gratuitas
10:43 2023 foi um ano e tanto para a indústria dos games, confira os melhores do ano

Recomendados

Amassando dentro e fora do CS:GO: como Olga cresceu e se tornou a referência LGBTQIAP+ que não teve
Mudando de vida: como Free Fire e LoL trouxeram novas perspectivas para a favela
PogChamp, LUL, Kappa: O significado e origem dos memes dos esports

Descubra guias

Códigos de GTA San Andreas PC: Dinheiro infinito, armas, veículos e lista completa
Guia TFT: Melhores composições e sinergias do Conjunto 9.0 de Teamfight Tactics
Quais são os melhores personagens de Genshin Impact?