Millenium / Artigos e reportagens de games /

Twitch: Streamer estima o salário de uma pessoa comum e demonstra total desconexão com a realidade

Twitch: Streamer estima o salário de uma pessoa comum e demonstra total desconexão com a realidade
0

Às vezes, a realidade é dura de aceitar... e este streamer infelizmente entendeu isso tarde demais... Depois de fazer uma declaração infeliz ele irritou os espectadores e explicamos o porquê...

Twitch: Streamer estima o salário de uma pessoa comum e demonstra total desconexão com a realidade

Há determinados assuntos que exigem uma certa noção de como o mundo funciona, especialmente para o público geral. Criadores de conteúdo e influenciadores, por vezes, acabam demonstrando uma desconexão com a realidade quando decidem abordar alguns destes temas. Foi o caso de Adin Ross, famoso streamer da Twitch, que tentou estimar o salário médio de uma pessoa comum e falhou miseravelmente.

Adin Ross, desconectado da realidade?

Adin Ross é um dos maiores streamers da plataforma Twitch tendo nada menos que 7,2 milhões de seguidores. Com tanta influência, ele recebe celebridades em suas lives, que por sua vez são seguidas por milhões de telespectadores. Foi durante uma transmissão recente na companhia de outro streamer para jogar NBA 2K21 que ele fez uma declaração bastante alucinante.

Enquanto os dois conversavam sobre economia, Adin Ross disse que o salário médio de um americano que vive nos Estados Unidos é de US$ 100 mil por ano. Claro, seu amigo ficou mais do que surpreso com sua resposta, demonstrando incredulidade.

Em seguida, Adin Ross mostra não entender bem a reação do amigo, e então pergunta qual é o problema, e ouve o convidado explicar a ele que o salário médio na verdade é "provavelmente cerca de US$ 20 a $ 30 mil por ano", algo que nosso streamer não queria acreditar respondendo "não pode ser verdade, cale a boca".

Os espectadores ficaram sem palavras

Os espectadores naturalmente ficaram estupefatos com a resposta de Adin Ross, que se mostrou estar realmente desconectado da realidade. Como lembrete, o streamer em questão tem apenas 22 anos, não que isso justifique. Após suas falas, as reações foram diversas, principalmente nas redes sociais, e pudemos ter alguns detalhes sobre a atual economia dos EUA.

De acordo com Roberto Blake, autor e palestrante sobre economia, "o americano médio ganha US$ 55 mil ao ano". Além disso, ele deu detalhes interessantes sobre a sociedade dos EUA. "Apenas 18% ganham US$ 100 mil ao ano. No entanto, existem 30 milhões de pequenos empresários e cerca de 22 milhões de milionários. 8.8% dos americanos têm um patrimônio líquido superior a US$ 1 milhão, a maior parte em imóveis. 63% dos americanos adultos são proprietários de casas".

Segundo dados disponíveis no site do Bureau of Labor, em 2021 o salário médio para todas as ocupações do país ficou um pouco acima de US$ 58.260 ao ano, então estamos bem longe dos US$ 100 mil.

Junto com esses esclarecimentos, outros internautas não hesitaram em dizer que obviamente, se todos ganhassem US$ 100 mil/ano, a vida seria um pouco melhor para um grande número de pessoas.

E no Brasil?

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em pesquisa do último trimestre de 2022, o rendimento médio do brasileiro seria de R$ 2.754 por mês, o que daria aproximadamente R$ 33 mil ao ano. Números também bem distantes não só da estimativa de Adin Ross, como do próprio americano médio, independente da conversão de moeda.

influenciadores
Twitch: Streamer é banida por 14 dias após receber mensagem de ódio durante live

Como em qualquer plataforma de conteúdo, há regras na Twitch que precisam ser seguidas. Recentemente a streamer norte-americana Nadia Amine, que está se tornando uma referência entre o público de CoD, pagou o pato por conta de um viewer no meio de uma transmissão ao vivo

influenciadores
Apesar de serem banidos da Twitch, esses dois streamers dominam o YouTube

Mesmo que a Twitch seja a plataforma de streaming número 1, existem outras maneiras de viver de lives, incluindo o YouTube. Apesar do banimento na Twitch, dois streamers americanos estão explodindo na concorrência

influenciadores
Twitch: Streamer banida por mais de dois anos por causa de Beyoncé agora volta à plataforma

Depois de ser banida por um período muito longo, a streamer está voltando à plataforma. Ela afirma que teria sido banida por transmitir uma música da Beyoncé, mas alguns de seus telespectadores não concordam

0
Matheus de Lucca
Zelsh  - Editor-chefe

Jornalista atuando no cenário de games e esports desde 2015. Sempre escolhe a protagonista menina porque as roupas são mais bonitas.

Mais Reportagens

11:48 Esports World Cup 2024: tudo sobre as competições de Dota 2, League of Legends, Call of Duty: Warzone e Mobile Legends: Bang Bang
18:30 Esports World Cup anuncia Call of Duty Modern Warfare III como modalidade
10:33 Esports World Cup inclui Call of Duty Warzone como modalidade
14:43 Esports World Cup anuncia parceria de três anos com Esports Awards
11:44 Ubisoft Foward 2024: Assassin's Creed Shadows, Star Wars Outlaws e remake de Prince of Persia: The Sands of Time! Confira tudo o que rolou na conferência
12:02 MMORPG League of Angels: Pact já está disponível no Brasil
18:38 O guia definitivo da Esports World Cup: de 3 de julho a 25 de agosto
18:15 Times brasileiros entram em programa de apoio financeiro da Esports World Cup; confira lista completa.
18:15 Esports World Cup 2024 terá Mobile Legends: Bang Bang, Counter-Strike 2, Dota 2, Honor of Kings e StarCraft II
18:14 Mobile Legends: Bang Bang, MOBA de sucesso nos celulares, é o primeiro título anunciado da Esports World Cup 2024

Recomendados

Mudando de vida: como Free Fire e LoL trouxeram novas perspectivas para a favela
PogChamp, LUL, Kappa: O significado e origem dos memes dos esports

Descubra guias

Códigos de GTA San Andreas PC: Dinheiro infinito, armas, veículos e lista completa
Guia TFT: Melhores composições e sinergias do Conjunto 9.0 de Teamfight Tactics
Quais são os melhores personagens de Genshin Impact?